13 de mar de 2009

Chamem Paiani na CPI dos Grampos em Brasília

Imaginem se o ouvidor da Segurança Pública, Adão Paiani, fosse da época do governo Olívio Dutra e tivesse denunciado o uso do Guardião — sistema eletrônico capaz de gravar simultaneamente 600 telefones — para fazer espionagem política dentro e fora do governo. Alguém acredita que se foram capazes de grampear gente do governo também não o fizeram do lado de fora. Se fosse na época do PT, a turma da avenida ipiranga já estaria com um caminhão na frente do Palácio Piratini (com seus links a toda) e um batalhão de repórteres transmitindo ininterruptamente o lançamento da CPI dos grampos na Assembleia Legislativa. O Guardião, no governo Olívio foi um dos sistemas mais bem protegidos dos arapongas guascas e da banda podre da polícia. Um sistema tripartite, com polciais, oficiais da BM, delegados e servidores do Ministério Público. Faziam o monitoramento e a gestão do máquina. Agora, como se vê, o poderoso meio de investigação está nas mãos de bandidos. Caso tudo isso seja confirmado seria ideal que Paiani também prestasse depoimento na CPI dos Grampos em Brasília para esclarecer a arampogagem tucana guasca. Cabe também perguntar quem fez e sob a responsabilidade de que servidor estava o aparelho na época das gravações. É tanta lama neste governo que nem mesmo a turma da grande mídia consegue segurar a onda da governadora. Enquanto isso a base , tendo com seu principal escudeiro o PMDB, só espera o momento oportuno para abandonar a embarcação de Yeda para se lançar em um novo, límpido e imaculado navio, com um maravilhoso e ético candidato da mudança (ahahaha). Justiça seja feita no caso Detran, o esquemão todo já era operado no governo Rigotto e teve continuidade no de Yeda, e é claro, com conflitos de interessesss (ahahaha). A singela ave acima é uma aramponga

Um estranho artigo antes da bomba ?


Hoje, em Zé H (13/03) um estranho artigo do jornalista David Coimbra com o nome "O grande PT" a ataca o partido, os movimentos sociais e um deputado que defende a Via campesina no Rio Grande do Sul (Marcon - PT ?). .."A diferença entre uma ação e outra foi o respaldo que a Via Campesina recebeu de um deputado. Quer dizer: um ato contra a lei foi, de certa forma, apoiado por um legislador." Em determinado momento ele fala que os corruptos do PT não roubam para si, mas para o partido ou para alcançar uma meta política. Esse artigo tem endereço certo e deve ter algum objetivo "embaçado". vamos ver no até o final do dia o que a denuncia de Adão Paiani contra yeda tem a ver com esse artigo de David Coimbra. Por enquanto nada

Yeda Gate ? Vamos ver o que o MP vai fazer

O ex-ouvidor-surdo e cego da Segurança Pública do Estado, Adão Paiani diz que vai divulgar uma bomba contra o governo Yeda. Segundo ele há um esquema de espionagem a mando do Palácio Piratini, um Yeda Gate Guasca . Adão Paiani foi demitido pelo Diário Oficial por Yeda após ter sido convidado a continuar a prestar seu "serviço" no cargo. Vamos ver o que nosso "respeitado" Ministério Público vai fazer com essa denuncia de Paiani, caso esta tenha a ver com espionagem de deputados ou movimentos sociais.