29 de out de 2010

O que o papa acha de alcoviteiros,amantes e filhos fora do casamento ?

O papa Bento XVI colocou novamente a polêmica sobre o aborto e a união homossexual no centro da disputa presidencial, e recomendou que a Igreja Católica oriente politicamente seus fiéis no país sobre o tema. Gostaria de saber se o papa também recomendou a seus Bispos tomar posição sobre os pecados de membros ilustres do seu rebanho que,  além de amantes, ainda possuem filhos bastardos fora do casamento.

Pois bem, apresento Tomás Dutra Schmidt, filho de FHC e Míriam Dutra , que nasceu em Brasília no dia 26 de setembro de 1991 e foi registrado somente no nome da mãe. Miriam Dutra era jornalista da Rede Globo e foi despachada secretamente para a Europa com o silêncio do PIG paranão prejudicar a reeleição de FHC.


O alcoviteiro José Serra emprestava seu apartamento em Brasília para os encontros de Fernando Henrique e Míriam. Quem apresentou Míriam a FHC foi sua irmã Maggi Dutra, ex-assessora do governador cassado e preso do DEM de Brasília, José Roberto Arruda, que na época senador.

FHC e o segundo filho fora do casamento O CASO PÉ NA COZINHA

Depois do filho com a Miriam Dutra, foi descoberto um segundo caso de adultério do ex-presidente FHC. Uma ex-empregada afirma ter um filho com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em Brasília. O rapaz, hoje com 22 anos de idade, é Leonardo dos Santos Pereira (o filho pobre), que trabalha como carregador (auxiliar de serviços gerais) em um órgão público, na Esplanada dos Ministérios. Ele nasceu da relação do então senador FHC com sua empregada Maria Helena Pereira (copeira), uma negra que, segundo relatos impressionava pela formosura. Leonardo é considerado muito parecido com o pai. Maria Helena mora em uma casa modesta no entorno do Distrito Federal.
 
SERRA, O PEGADOR 


 Acima, Serra, antes de conceder entrevista ao jornalista José Luiz Datena, passa uma cantada em outra jornalista  da Band (confira no final). Não gosto da hipocrisisa da Igreja Católica e gostaria de saber o que os bispos vão falar sobre esses papa-hostias de meia tigela, que de dia fazem culto e à noite se refestelam nas alcovas de suas amantes e ainda abandonam seus filhos, como é o caso de FHC com a empregada.

José Serra, também manteve uma estreita relação de amizade com Daniela Ferraz Saad, filha de João Carlos Saad, proprietário da Rede Bandeirantes. Daniela foi nomeada para um cargo comissionado na Secretaria de Comunicação do governo de Serra e  foram juntos em Copenhague, na Dinamarca, para participar da Conferência do Clima (que assessoria ahahahah).



21 de out de 2010

SBT Brasil - Serra é acertado por bola de papel , recebe ligação e faz que era pedra

A bolinha de papel bate na cabeça de Serra e ele continua normalmente a caminhada, depois recebe um telefonema e, a partir disso, começa a coçar a cabeça. Pelo visto o goleiro Rojas fez escola no Brasil (ahahahaha).IMAGINA ESSE SAFADO NA PRESIDÊNCIA. Confiram no vídeo


20 de out de 2010

Mano Brown vota Dilma



O rapper Mano Brown, dos Racionais MC´s, gravou depoimento de apoio à petista Dilma Rousseff, candidata à Presidência da República. Segundo Brown a vitória de Lula significou “o marco de ver um operário, um nordestino, um homem do povo ser ser aquilo que a gente quis que ele fosse”. Para o rapper, agora é preciso votar em Dilma para ela continuar as mudanças promovidas em seu governo.

De acordo com Brown, o segundo mandato de Lula visto das ruas marca o momento em que as coisas começaram a acontecer, se transformar: “parecia até um sonho, um milagre”. “Tudo que eu acreditei desde a minha adolescência e tal, ele honrou, ele vingou. Eu acompanhei”, comenta.
Ele defende que Dilma é quem tem condições de dar continuidade ao projeto de desenvolvimento do Brasil, onde as pessoas sejam tratadas como gente e não como “gado”, como “número”.

“Eu vou votar na Dilma, certo? Fechou”, diz em vídeo produzido pelo PT. O rapper acredita que o melhor caminho para o “trabalhador” e para “povo sofrido” é dar continuidade ao que o Lula fez e a melhor alternativa é Dilma. “A massa, a maioria necessita de alguém que tenha sentimento por eles, que os veja não como número, como gados”.

Fonte: http://www.rapnacional.com.br

15 de out de 2010

26 de março 2010, São Paulo: Massacre de professores by Serra com a PM



Em 26 de março de 2010, o então governador de São Paulo José Serra mandou a Polícia Militar reprimir violentamente manifestação dos professores do estado que reivindicavam melhores salários e condições de trabalho.

14 de out de 2010

Olha a Massa: Plenária Dilma Presidente em Porto Alegre

Foto da Cintia Barenho da plenária de mobilização Dilma PRESIDENTE em Porto Alegre.

Serra mente sobre Paulo Preto e se irrita com a imprensa em Porto Alegre

 Serra se irritou com a imprensa  ao ser questionado sobre as suspeitas em torno do engenheiro Paulo Vieira de Souza, vulgo Paulo Preto. No debate da Band, Dilma citou o engenheiro ligado ao PSDB como o homem que “fugiu” com R$ 4 milhões de um suposto caixa 2 tucano.

– Isto é pauta petista – disse Serra ontem, mostrando desconforto.

Serra disse que o assunto incomoda porque estaria sendo “distorcido” pela imprensa (ahahahah) , referindo-se às diferentes respostas que tem oferecido sobre sua relação com Preto.

Na segunda-feira, Serra afirmou desconhecer o engenheiro. No dia seguinte, em entrevista a Folha de S.Paulo, Preto fez uma ameaça:

– Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro.

Na mesma terça-feira, Serra saiu em defesa do engenheiro. Ontem, ele afirmou que não houve contradição entre suas declarações:

– Eu disse (na segunda-feira) que não o conhecia por aquele apelido preconceituoso (Paulo Preto).

Tucanalhas: Classe média não pode viajar no dia 31

O candidato a vice na chapa de José Serra (PSDB), Indio da Costa (DEM), apelou para a tal da classe média brasileira para salvar Serra da derrota, e implorou que não viajem no dia 31. Segundo ele, as pessoas desse seguimento que querem eleger Serra devem ficar nas cidades e votar. Segundo ele, é um final de semana em troca de quatro anos de governo 

Pois bem ! coitada dessa classe média e do resto dos trabalhadores nas mãos dessa turma  que nunca deu bola pro povão e muito menos pra classe média. Essa mesma classe média que o DEMO-TUCANO pede o apoio no dia 31, é a mesma que FHC/Serra dizimaram durante a gestão tucana a frente do governo federal. 

Carro novo ? nem pensar, tinha que pegar um usadinho meia boca e pagar os olhos da cara; viajar de avião (ahahahha), coisa de rico, vai de busão mesmo e não reclama; casa própria ? Tá brincando ! o negócio era pagar aluguel e pedir fiança para aquele tio que a gente não via  há anos, mas tinha dois imóveis ou pagar a bagatela de tres meses de seguro fiança; ampliação da Universidade Pública ? 600 mil vagas no Prouni ? Pra quê ? classe media tem que pagar a PUC e nem chiar.

Desculpe a linguagem, mas às vezes, como diz a minha colega Denise, alguns seguimentos não sabem ainda identificar àqueles que o defendem, e ainda são enganados por gente que nunca fez nada por ele. Para nossa classe média sitei esses esses pequenos exemplos de agonia que faziam parte do dia-a-dia do povo brasileiro e quem deixou esse caos foi essa mesma turma  que pede que a classe média não viaje.

Foi no governo do PT que tiramos milhões de pessoas da pobreza, colocamos outro tanto na classe média, e temos milhões de famílias que hoje tem a oportunidade de ascender socialmente, estudar  em universidade pública, viajar de avião, comprar um carrinho zero e conquistar a sagrada casa própria, sem os puxadinhos de Serra.

Agora, se a classe média (será que eles gostam de ser chamados assim ? ) não tem memória, então abraçem o programa de índio.

13 de out de 2010

Os amigos dos gaúchos: uma reflexão

José Serra afirmou que será um presidente amigo do Rio Grande do Sul (ahahahha). Desculpe, mas de amigos como você o inferno está cheio.

Na presidência, os tucanos sempre alijaram o Rio Grande do Sul das ações de governo, tanto é que além de sucatear nosso portos, a educação, e deixar nossos agricultores na mingua, ainda colocavam a polícia e os cachorros contra os prefeitos em Brasília. Aliás, nossos prefeitos e o proprio governo Olívio passaram a pão e água durante a gestão tucana, e agora Serra vem dizer que é amigo dos gaúchos. É muita cara de pau 
Os gaúchos experimentaram o governo do PSDB com Yeda e sabem o quanto os tucanos foram amigos do nosso povo durante quatro anos de sua gestão, que governou para os  ricos e poderosos.

 Dilma e Lula sim foram os verdadeiros e fieis amigos do povo gaúcho. Em oito anos Lula  veio 28 vezes ao Rio grande do Sul para  anunciar obras e investimentos para nosso povo (universidades, hospitais regionais, estradas, portos e investimentos para nossa agricultura. FHC veio  apenas duas vezes ao RS e sempre tratou nosso povo como se ele não existisse.

Serra governa para uma elite, governa para 10 % da população, ou seja, um Brasil  de apenas 20 de brasileiros. O povo gaúcho tem memória e vai fazer essa reflexão e lembrar  que essa turma que se diz do bem,  no fundo só fez mal aos brasileiros, principalmente aos mais pobres.

Para mim a foto acima diz tudo

O puxadinho de Serra

Dois pesos: A pedofilia na igreja católica e o PNDH

Acertei na mosca quando na semana passada afirmei que a campanha suja feita contra Dilma tem o apoio escancarado do movimento ultraconservador de direita da igreja católica, a Opus Dei, que vê em Dilma, no PT e no Plano Nacional de Direitos Humanos os enviados de satã.  A Opus Dei apoia escancaradamente Serra, pois são da mesma laia, cumprem o mesmo papel nesse mundão de meus Deus, levar escuridão onde há luz.

Esse movimento é o mesmo que tentou acobertar durante décadas os casos de pedofilia de padres católicos dentro da igreja católica. Ou seja, essa turma faz uma cruzada contra descriminalizar o  aborto, que tem o objetivo de salvar a vida de milhares de mulheres, anualmente, na maioria pobres.  Essa mesma Opus Dei que condena o PNHD e persegue Dilma, é a mesma que faz vista grossa para as famosas clinicas de aborto  localizadas nos bairros nobres das grandes cidades, satisfazendo  as necessidades do seu rebanho, principalmente nos redutos da classe média e alta.

 Esssa turma que ataca Dilma é a mesma que acoberta a ação criminosa de padres que estupram crianças em orfanatos, a mesma  que esconde o homossexualismo escancarado na igreja católica.  Desafio a vocês internautas a pesquisarem no google a palavra PADRES PEDÓFILOS E HOMOSSEXUAIS pra ver o que que vai aparecer. Tem pra todo o gosto e em todos os continentes, de Arapiraca, passando por Nova York, cruzando Santa Catarina,e aterrisando na Belgica.

Essa turma da Opus Dei deveria criar vergonha na cara e se recolher. Mas se querem um cruzada, terão uma cruzada, mas não esqueçam: somos mouros.

12 de out de 2010

Operador de caixa 2 de Serra faz ameaças e tucano agora se lembra de Paulo Preto

Ontem Serra disse: Eu não sei quem é o Paulo Preto. Nunca ouvi falar. Ele foi um factóide criado para que vocês (imprensa) fiquem perguntando". Serra disse ainda que não iria gastar horas de um debate nacional discutindo "bobagens". (Portal Terra)

Para a Folha Paulo Preto disse: "Não somos amigos, mas ele [Serra] me conhece muito bem."Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro", afirma ele a dirigentes do PSDB (aqui)

Agora a noite, Serra...O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, saiu nesta terça-feira em defesa do ex-diretor de engenharia da Dersa (estatal paulista responsável por obras viárias) Paulo Vieira de Souza.

"Acho curioso dar ao fato uma importância que de fato ele não tem", disse Serra. "A acusação contra ele é injusta. Não houve desvio de dinheiro de campanha por parte de ninguém, nem do Paulo Souza."

Não foi isso que disse para a Revista IstoÉ, o ex-ministro Eduardo Jorge, vice-presidente nacional do PSDB: “Não podemos calcular exatamente quanto o Paulo Preto conseguiu arrecadar. Sabemos que foi no mínimo R$ 4 milhões, obtidos principalmente com grandes empreiteiras, e que esse dinheiro está fazendo falta nas campanhas regionais”,.... confirma um ex-secretário do governo paulista que ocupa lugar estratégico na campanha de José Serra à Presidência. Veja aqui

Quem tem caixa 2, tem medo: Serra defende Paulo Preto menos de 40 horas após dizer que não o conhecia. Pode um mentiroso ser presidente?
Fonte: http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com

Serra deveria pedir desculpas para a metade sul do RS, pelo males que fez com o governo FHC

José Serra vem ao RS e vai visitar Rio Grande e Pelotas, dois municípios que ele fez uma baixa votação. Na realidade ele deveria era receber uma bela vai da população. A turma de Serra quase levou a falência esse dois grande municípios.Lembro muito bem da estagnação econômica e social daquela região e das falsas promessas para o povo que nunca saíram do papel no seu governo quando era ministro do  Planejamento. Com Lula e Dilma revitalizamos o pólo naval, geramos milhares de empregos na região, trazendo crescimento econômicoe social, e um novo horizonte para a região.

Quero ver qual o político que tem a coragem de subir ao lado de Serra em Pelotas e Rio Grande depois de todo os males que o governo tucano fez para nossos irmãos da metade Sul. Ele deveria é pedir desculpas por quase deixar fechar o porto de Rio Grande e deixar na estagnação econômica toda uma região do Estado. Aliás, Rio Grande e Pelotas são belos exemplos de cidades que se orgulham de crescer junto com o Brasil ao lado de Lula e de Dilma.

Dilma dá surra política em Serra e PIG acusa o golpe

 Quem assistiu o debate da Band sabe que Serra levou uma surra política no que diz respeito ao  conhecimento de assuntos do Brasil. Todos viram o despreparo do tucano, que apenas tangenciava ou mancheteava de forma genérica os assuntos. Quando o tema foi privatizações e venda de patrimônio público o tucano se borrou todo, assim como no quesito segurança pública e drogadição.

Por isso, o PIG que pichar a marca de agressividade em Dilma porque sabem que ela foi ela mesma no debate, foi tecnicamente perfeita, (ahahahah). 

No debate, Serra abandonou até a sua mulher, quando Dilma acusou-a de fazer campanha suja contra sua candidatura (matadora de criancinhas). Aliás, os blogueiros poderiam aprofundar na relação estreita de Serra com a bela  Daniela Ferraz Saad, herdeira do grupo Band, nomeada para um cargo comissionado na Secretaria de Comunicação do governo Serra. Daniela foi "acompanhante" oficial de Serra (ahahaha) em Copenhague, na Dinamarca, a pretexto de participar da Conferência do Clima. (o clima deve ter sido bem quente por lá)

Aliás, eu não ouvi o PIG condenar a agressividade de Marcelo Madureira, integrante do Casseta & Planeta chama o presidente Lula de picareta e vagabundo no programa Manhattan Connection,  e quando um dos seus âncoras, Diogo Mainardi, ergue o braço de Madureira num claro sinal de aprovação do que aquele pulha havia dito. Tenho a convicção de que estamos diante da mais suja e agressiva campanha dos últimos anos para presidente da república. Isso tinha que ser usado no programa político e mostrar pro povão o que é a verdadeira agressividade.

9 de out de 2010

Eu entendi bem o que Marina disse ?

Corrente do bem: eu voto Dilma, para o Brasil não voltar às trevas

Já que essa campanha virou uma disputa maniqueísta entre o bem e o mal, entre anjos e demônios, eu proponho uma corrente do bem, uma corrente por Dilma Rousseff. Essa mulher foi uma das poucas luzes que tínhamos na escuridão da ditadura. Lutou pelo seu povo, foi perseguida, presa e torturada. Enquanto isso, vorazes vampiros de dinheiro público sugavam nosso povo, sempre passando a idéia de que o bolo tinha que crescer para depois distribuir. Enquanto isso, o bolo era devorado por essa mesma escória política que hoje apoia Serra. Serra e sua turma são os vampiros do Estado brasileiro, sanguessugas dos pequenos agricultores que produziam o alimento do nosso trabalhador sem nada receber em troca, dos operários que construíam palácios e moravam  no meio do esgoto, do lixo e eram tratados como porcos, onde seus filhos se perpetuavam na pobreza e na miséria.


 Milhares de homens como Lula e de mulheres como a Dilma sonharam e lutaram para que hoje o Brasileiro tenha orgulho da sua pátria, de um país que cresce e distribua renda. Ainda temos muito a fazer, mas hoje temos a nossa alto-estima em alta novamente, traduzido na volta da educação pública de qualidade, da comida farta na mesa do trabalhador, da habitação, do emprego e do desenvolvimento econômico para todos, não apenas para os poderosos. Infelizmente, milhares de lutadores e lutadoras sociais não puderam assistir a concretização desse sonho, foram silenciados nos porões da ditadura, com o apoio dos grandes veículos de comunicação e das forças que sempre oprimiram o nosso povo e que hoje carregam Serra nos Braços.


A campanha demo-tucana de Serra contra Dilma é de uma maldade , uma sujeira só, tão nojenta que chega causar asco. Sujeira igual eu presenciei apenas na campanha em que Lula foi derrotado por  Collor, com o apoio das mesmas forças que hoje apoiam Serra.  Serão as forças do bem que elegerão Dilma presidente, para que o Brasil não volte para as trevas.

8 de out de 2010

Cansei... Basta!!

Cansei de ir ao supermercado e encontrá-lo cheio. O alimento está barato demais.
O salário dos pobres aumentou, e qualquer um agora se mete a comprar, carne, queijo, presunto, hambúrguer e iogurte. Cansei dos bares e restaurantes lotados nos fins de semana. Se sobra algum, a gentalha toda vai para a noite. Cansei dessa demagogia.   Cansei de ir em Shopping e ver a pobreza comprando e desfilando com seus celulares. O governo reduziu os impostos para os computadores. A Internet virou coisa de qualquer um. Pode?

Até o filho da manicure, pedreiro, catador de papel, agora navega...
 Cansei dos estacionamentos sem vaga. Com essa coisa de juro  baixo, todo mundo tem carro, até a minha empregada. "É uma vergonha!", como dizia o Boris Casoy. Com o Serra os congestionamentos vão acabar, porque como em São Paulo, vai instalar postos de pedágio nas estradas brasileiras a cada 35 km e cobrar caro.   Quero aumento da gasolina na calada da noite.  
 
 Cansei da moda banalizada. Agora, qualquer um pode botar uma confecção. Tem até crédito oferecido pelo governo. O que era exclusivo da Oscar Freire, agora, se vende até no camelô da 25 de Março e no Braz. Vergonha, vergonha,
 vergonha...
 Cansei dessa coisa de biodiesel, de agricultura familiar. O caseiro do meu sítio agora irou "empreendedor" no Nordeste. Pode?  
 Cansei dessa coisa assistencialista de Bolsa Família. Esse dinheiro poderia ser utilizado para abater a dívida dos empresários de comunicação (Globo, SBT, Band, RedeTV, CNT, Folha SP, Estadão etc.). A coitada da "Veja" passando dificuldade e esse governo alimentando gabiru em Pernambuco.

 É o fim do mundo.  
 Cansei dessa história de PROUNI, que botou esses tipinhos, sem berço, na universidade. Até índio, agora, vira médico e advogado. É um desrespeito... Meus filhos, que foram bem criados, precisam conviver e competir com essa raça.  
 
 Cansei dessa história de aeroportos lotados. Hoje qualquer Zé Mane está viajando. Parece rodoviária. No tempo bom de viajar de avião só tinha pessoal bem arrumado e não existia fila pra nada. Estou até pensando em comprar um avião. O problema é que o imposto do governo Lula é muito   alto para este tipo de operação.  

 Cansei dessa história de Luz para Todos. Os capiaus, agora, vão assistir TV até tarde. E, lógico, vão acordar ao meio-dia. Quem vai cuidar da lavoura do Brasil? Diga aí, seu Lula...
 
 Cansei dessa história de facilitar a construção e a compra da casa própria (73% da população, hoje, tem casa própria, segundo pesquisas recentes do IBGE). E os coitados que vivem de cobrar aluguéis? O que será deles?  
 
 Cansei dessa palhaçada da desvalorização do dólar. Agora, qualquer um tem MP3, celular e câmera digital. Qualquer umazinha, aqui do prédio, vai passar férias no Exterior. É o fim...  
 
 Vou votar no Serra.
 
 Cansei, vou votar no Serra, porque quero de volta   as emoções fortes do governo de FHC, quero investir no dólar em disparada e aproveitar a inflação. Investir em ações de Estatais quase de graça e vender com altos lucros.   Chega dessa baboseira politicamente correta, dessa hipocrisia de cooperação.
 
 O motor da vida é a disputa, o risco...   Quem pode, pode, quem não pode, se sacode. Tenho culpa eu, se meu pai era mais esperto que os outros para ganhar dinheiro comprando ações de Estatais quase de graça? Eles que vão trabalhar, vagabundos, porque no capitalismo vence quem tem mais competência. É o único jeito de organizar a sociedade, de mostrar quem é superior e quem é inferior.   
 
Eu ia anular, mas cansei. Basta! Vou votar no Serra. Quero ver essa gentalha no lugar que lhe é devido.   
 
Quero minha felicidade de volta !!! 
Jussara Botelho Franco

Tiririca elegeu o delegado Protógens Queiroz e mais dois da base de Lula

Não tenham dúvida que se o palhaço Tiririca  (PR) fosse candidatado eleito pelo partido do Serra , com mais de 1,35 milhão de votos nesta eleição, ninguém do PIG ia querer cassá-lo. Ocorre que além dele, o candidato ajudou a eleger mais três candidatos da base do governo Lula: Otoniel Lima (PRB), Vanderlei Siraque (PT) e Protógenes Queiroz, do PC do B. Este último, o algóz do banqueiro Daniel Dantas e sua turma. Portanto, essa história de cassarem o Tiririca é jogo de cena. Tem muito letrado e doutor na Câmara que faz estragos no erário público e o PIG fica bem quietinho.

Por tanto, Tiriricajá ganhou o mandato antes mesmo de tomar posse.

A Opus Dei e o grande satã : Plano Nacional de Direitos Humanos

Antes das eleições do primeiro turno fui visitar um amigo.. Observei seu discurso, que  ano após ano, fica cada vez mais conservador (ele não era santo, aliás éra um dos mais danados quando mais jovem ahahha). Mas o que  me chamou a atenção foi o cunho ultrareligioso e conservador dos seus argumentos políticos. Papo vai, papo vem, e o cara batia sempre na mesma tecla: Plano Nacional de Direitos Humanos - PNDH -3.

Quem é descolado na política nota de cara que aquele discurso cristão conservador não é a de um cidadão de classe média, mas de alguém que foi lavado durante horas e horas de pregação, haja vista,que esse amigo frequenta um seguimento da igreja católica bemmm de direita, pelo que pude notar. De cara esse meu amigo apontou o  PNDH como o grande satã, disse que  o documento defende o casamento gay, o aborto e outros temas que são discutidos pela sociedade. No inicio eu achei o papo meio fora de contexto dos dias atuais, mas mesmo assim fiz a defesa daquilo que acredito e fui embora. EU IA PERGUNTAR PARA ELE O QUE FARIA CASO A SUA FILHA (UMA JOVEM ADVOGADA), FOSSE ESTUPRADA E FICASSE GRÁVIDA. ELE IMPEDIRIA O ABORTO ? RESOLVI NÃO PERDER O AMIGO.

Só que no finalzinho do primeiro turno assisti o Lula na propaganda falando sobre possíveis ataques contra a figura de Dilma e tocou no tema religião (não tinha entendido a fala de liberdade religiosa). Logo depois vieram os ataques sobre a questão do aborto e aí caiu a ficha: ESSA ELEIÇÃO DO SEGUNDO TURNO TEM CARA DE OPUS DEI e o PNDH - 3 SERÁ O FOCO.

7 de out de 2010

Sun Tzu V

Se as tropas inimigas se acham bem preparadas após uma reorganização, tenta desordená-las. Se estão unidas, semeia a dissensão entre suas filas. Ataca o inimigo quando não está preparado, e aparece quando não te espera. Estas são as chaves da vitória pela estratégia.

Agora, se as estimações realizadas antes da batalha indicam vitória, é porque os cálculos cuidadosamente realizados mostram que tuas condições são mais favoráveis que as condições do inimigo; se indicam derrota, é porque mostram que as condições favoráveis para a batalha são menores. 

Com uma avaliação cuidadosa, podes vencer; sem ela, não pode. Menos oportunidades de vitória terá aquele que não realiza cálculos em absoluto.Graças a este método, se pode examinar a situação, e o resultado aparece claramente.

Uso eleitoral da "fé cristã" é lamentável, critica CNBB

Nota da Comissão Brasileira Justiça e Paz
O MOMENTO POLÍTICO E A RELIGIÃO
"Amor e Verdade se encontrarão. Justiça e Paz se abraçarão" (Salmo 85)
 

"A Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP) está preocupada com o momento político na sua relação com a religião. Muitos grupos, em nome da fé cristã, têm criado dificuldades para o voto livre e consciente. Desconsideram a manifestação da presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil de 16 de setembro, "Na proximidade das eleições", quando reiterou a posição da 48ª Assembléia Geral da entidade, realizada neste ano em Brasília. Esses grupos continuaram, inclusive, usando o nome da CNBB, induzindo erroneamente os fiéis a acreditarem que ela tivesse imposto veto a candidatos nestas eleições. 

Continua sendo instrumentalizada eleitoralmente a nota da presidência do Regional Sul 1 da CNBB, fato que consideramos lamentável, porque tem levado muitos católicos a se afastarem de nossas comunidades e paróquias.

Constrangem nossa conciência cidadã, como cristãos, atos, gestos e discursos que ferem a maturidade da democracia, desrespeitam o direito de livre decisão, confundindo os cristãos e comprometendo a comunhão eclesial. 

Os eleitores têm o direito de optar pela candidatura à Presidência da República que sua consciência lhe indicar, como livre escolha, tendo como referencial valores éticos e os princípios da Doutrina Social da Igreja, como promoção e defesa da dignidade da pessoa humana, com a inclusão social de todos os cidadãos e cidadãs, principalmente dos empobrecidos. 

Nesse sentido, a CBJP, em parceria com outras entidades, realizou debate, transmitido por emissoras de inspiração cristã, entre as candidaturas à Presidência da Republica no intento de refletir os desafios postos ao Brasil na perspectiva de favorecer o voto consciente e livre. Igualmente, co-patrocinou um subsídio para formação da cidadania, sob o título: "Eleições 2010: chão e horizonte". 

A Comissão Brasileira Justiça e Paz, nesse tempo de inquietudes, reafirma os valores e princípios que norteiam seus passos e a herança de pessoas como Dom Helder Câmara, Dom Luciano Mendes, Margarida Alves, Madre Cristina, Tristão de Athayde, Ir. Dorothy, entre tantos outros. Estes, motivados pela fé, defenderam a liberdade, quando vigorava o arbítrio; a defesa e o anúncio da liberdade de expressão, em tempos de censura; a anistia, ampla, geral e irrestrita, quando havia exílios; a defesa da dignidade da pessoa humana, quando se trucidavam e aviltavam pessoas.
Compartilhamos a alegria da luz, em meio a sombras, com os frutos da Lei da Ficha Limpa como aprimoraramento da democracia. Esta Lei de Iniciativa Popular uniu a sociedade e sintonizou toda a igreja com os reclamos de uma política a serviço do bem comum e o zelo pela justiça e paz.


Brasília, 06 de Outubro de 2010.
Comissão Brasileira Justiça e Paz,
Organismo da CNBB" 




Comissão Brasileira Justiça e Paz criticou a nota da Regional Sul 1, que não recomendou o voto em Dilma. A CNBB nacional condenou o texto e afirmou que não representa o pensamento da entidade. "Continua sendo instrumentalizada eleitoralmente a nota da presidência do Regional Sul 1 da CNBB, fato que consideramos lamentável, porque tem levado muitos católicos a se afastarem de nossas comunidades e paróquias", denuncia a comissão.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4721437-EI15315,00-Uso+eleitoral+da+fe+crista+e+lamentavel+critica+CNBB.html

FHC Vs Serra para crianças by http://somosandando.wordpress.com

Ciro Gomes: Serra Boy, arrasador, vale assistir

FHC / SERRA Vs LULA / DILMA

Nos tempos de FHC / SERRA
Nos tempos de LULA / DILMA


Risco Brasil
2,700 pontos
200 pontos

Salário Mínimo
78 dólares
210 dólares

Dólar
R $ 3,00
R $ 1,78

Dívida FMI
Não mexeu
Pagou

Indústria naval
Não mexeu
Reconstruiu

Novas Universidades Federais
Nenhuma
10

Extensões Universitárias
Nenhuma
45

Escolas Técnicas
Nenhuma
214

Valores e Reservas do Tesouro Nacional
- 185 Bilhões de Dólares Negativos
160 Bilhões de Dólares Positivos

Créditos para o povo / PIB
14%
34%
Publicar postagem


Estradas de Ferro
Nenhuma
3 em andamento

Estradas Rodoviárias
Danificadas 90%
Recuperadas 70%

Industria Automobilística
Em baixa, 20%
Em alta, 30%

Crises Internacionais
4, arrasando o país
Nenhuma, pelas reservas acumuladas

Cambio
Fixo, estourando o Tesouro Nacional
Flutuante: Intervenções com ligeiras do Banco Central

Taxas de Juros Selic
27%
11%

Mobilidade Social
2 milhões de pessoas saíram da linha de pobreza
23 milhões de pessoas saíram da linha de pobreza

Empregos
780 mil
11 milhões

Investimentos em infraestrutura
Nenhum
504 Bilhões de reais até 2010 PREVISTOS

MERCADO INTERNACIONAL
Sem crédito Brasil
Brasil Reconhecido como grau de investimento

Marina,... você se pintou?


 Artigo do filósofo Mauricio Abdalla Derlan

“Marina, morena Marina, você se pintou” – diz a canção de Caymmi. Mas é provável, Marina, que pintaram você. Era a candidata ideal: mulher, militante, ecológica e socialmente comprometida com o “grito da Terra e o grito dos pobres”, como diz Leonardo.

Dizem que escolheu o partido errado. Pode ser. Mas, por outro lado, o que é certo neste confuso tempo de partidos gelatinosos, de alianças surreais e de pragmatismo hiperbólico? Quem pode atirar a primeira pedra no que diz respeito a escolhas partidárias?

Mas ainda assim, Marina, sua candidatura estava fadada a não decolar. Não pela causa que defende, não pela grandeza de sua figura. Mas pelo fato de que as verdadeiras causas que afetam a população do Brasil não interessam aos financiadores de campanha, às elites e aos seus meios de comunicação. A batalha não era para ser sua. Era de Dilma contra Serra. Do governo Lula contra o governo do PSDB/DEM. Assim decidiram as “famiglias” que controlam a informação no país. E elas não só decidiram quem iria duelar, mas também quiseram definir o vencedor. O Estadão dixit: Serra deve ser eleito.

Mas a estratégia de reconduzir ao poder a velha aliança PSDB/DEM estava fazendo água. O povo insistia em confirmar não a sua preferência por Dilma, mas seu apreço pelo Lula. O que, é claro, se revertia em intenção de voto em sua candidata. Mas “os filhos das trevas são mais espertos do que os filhos da luz”. Sacaram da manga um ás escondido. Usar a Marina como trampolim para levar
o tucano para o segundo turno e ganhar tempo para a guerra suja.

Marina, você, cujo coração é vermelho e verde, foi pintada de azul. “Azul tucano”. Deram-lhe o espaço que sua causa nunca teve, que sua luta junto aos seringueiros e contra as elites rurais jamais alcançaria nos grandes meios de comunicação. A Globo nunca esteve ao seu lado. A Veja, a FSP, o Estadão jamais se preocuparam com a ecologia profunda. Eles sempre foram, e ainda são, seus e
nossos inimigos viscerais.

Mas a estratégia deu certo. Serra foi para o segundo turno, e a mídia não cansa de propagar a “vitória da Marina”. Não aceite esse presente de grego. Hão de descartá-la assim que você falar qual é exatamente a sua luta e contra quem ela se dirige.

“Marina, você faça tudo, mas faça o favor”: não deixe que a pintem de azul tucano. Sua história não permite isso. E não deixe que seus eleitores se iludam acreditando que você está mais perto de Serra do que de Dilma. Que não pensem que sua luta pode torná-la neutra ou que pensem que para você “tanto faz”. Que os percalços e dificuldades que você teve no Governo Lula não a façam esquecer
os 8 anos de FHC e os 500 anos de domínio absoluto da Casagrande no país cuja maioria vive na senzala. Não deixe q ue pintem “esse rosto que o povo gosta, que gosta e é só dele”.

Dilma, admitamos, não é a candidata de nossos sonhos. Mas Serra o é de nossos mais terríveis pesadelos. Ajude-nos a enfrentá-lo. Você não precisa dos paparicos da elite brasileira e de seus meios de comunicação. “Marina, você já é bonita com o que Deus lhe deu”.

PIG: Marcelo Madureira chama LULA de vagabundo e picareta

EDUCAÇÃO: O TRISTE LEGADO DE FHC


por Newton Lima*

Se é verdadeiro que – sob o governo Lula – o Brasil voltou a crescer de forma vigorosa, igualmente forçoso é reconhecer que o problema da falta de mão-de-obra qualificada é um dos temas mais sensíveis para garantir esse crescimento de forma sustentada.

Você sabe por que isso ocorre? Porque o então ministro da Educação de FHC, Paulo Renato, por intermédio da Lei 9.649/98, engessou a expansão das universidades e escolas técnicas federais, resultando na carência de profissionais que hoje assistimos.

Afora essa ação irresponsável, as sérias deficiências recentemente demonstradas pelos professores da rede estadual em São Paulo, em exame feito pelo próprio Paulo Renato (hoje, secretário de Educação em São Paulo), deixa patente a triste maneira como foram formados em larga escala, em desqualificadas faculdades privadas, que proliferaram durante sua gestão no MEC. Parece ironia do destino, mas a sabedoria popular nos ensina que quem planta, colhe!

Ainda bem que o presidente Lula corrigiu também aí os graves erros cometidos por FHC. Por meio da Lei 11.195/05, a União retomou a iniciativa de formar profissionais qualificados.

Resultado: em oito anos, saltamos de 140 escolas técnicas – criadas ao longo de um século – para 354 (uma expansão de mais de 150%; no governo do “príncipe dos sociólogos” apenas oito novas escolas técnicas federais foram criadas), 16 novas universidades federais e 124 novos “campi” pelo interior do país, a maior expansão educacional já realizada por um governo em nossa história. Parece incrível, mas como o PSDB não aprende com seus erros e não vê a educação como política estratégica para o desenvolvimento e construção da cidadania, um deputado federal tucano de São Paulo fez de tudo para impedir a aprovação dessa iniciativa do presidente Lula na Comissão de Educação da Câmara. Felizmente, ele e seu PSDB foram derrotados pela maioria.

Voltando a São Paulo, onde a Educação regrediu em todos os aspectos, é lamentável que pais e mães olhem para um filho que sai do 3º ano do Ensino Médio tendo conhecimento equivalente ao do último ano do Ensino Fundamental. É triste verificar que toda uma trajetória profissional e de vida pode estar comprometida pelo tratamento inadequado dado à principal política pública com a qual um governo deve se preocupar.

Falo com a autoridade de quem, quando prefeito de São Carlos, aplicou 33% do orçamento municipal em Educação e o resultado foi tornarmo-nos a campeã brasileira de proteção à juventude, com o menor índice de vulnerabilidade juvenil do país (segundo o Ministério da
Justiça e o Fórum Nacional de Segurança Pública).

A última que os tucanos aprontaram foi a estapafúrdia idéia do chamado “vale-presente”, pelo qual a Secretaria da Educação daria R$ 50 a alunos que, em dificuldades com matemática no fim do Ensino Fundamental, não faltassem às aulas de reforço a serem dadas por outros alunos do 2º e 3º anos do Ensino Médio intitulados “tutores”. Ante à gritaria generalizada da sociedade, o secretário Paulo Renato recuou e engavetou a proposta para 2011 alegando que “é um projeto que está muito cru”.
Que triste legado! É imperativo a reversão de tal quadro. Educação é coisa séria e não pode ser tratada de forma amadora, afinal de contas é a vida e são os sonhos de milhões de jovens que estão em jogo.

 *Ex-reitor da Universidade Federal de São Carlos, e prefeito daquela cidade por duas vezes. Um dos maiores especialistas em educação, ciência e tecnologia no Brasil, Newton Lima é candidato a deputado federal pelo PT em São Paulo.

Aborto é armadilha da direita

Aborto é armadilha da direita

Por Altamiro Borges

Nas manchetes dos jornalões e nos monólogos da televisão, a direita tenta forçar a candidatura Dilma Rousseff a discutir unicamente o tema do aborto. A mídia evita tratar dos grandes temas nacionais, das diferenças abissais de projetos entre os dois concorrentes no segundo turno, e se esforça para impor uma pauta carregada de ignorância, preconceitos e dogmas religiosos.

A armadilha é visível. Na campanha, Dilma tratou o tema como uma questão de saúde pública, evitando visões simplistas. Já o demotucano Serra até poderia ser mais facilmente prejudicado pelos preconceitos. Como ministro da Saúde de FHC, ele liberou o uso da “pílula do dia seguinte”. Em 1998, ele também foi demonizado pela cúpula da Igreja Católica por normatizar a realização do aborto nos casos previstos em lei. Agora, ele simplesmente foi poupado pela direita e sua mídia.

A demonização de Dilma

Entre as baixarias da campanha da direita, muitos avaliam que este tema foi um dos responsáveis pelas surpresas nos últimos dias do primeiro turno – queda de Dilma Rousseff, identificada com as lutas feministas, e crescimento de Marina Silva, evangélica e conservadora. Serra, blindado pela mídia, acabou se beneficiando da polêmica travada entre as duas candidatas mulheres.

O jogo sujo foi pesado. A Regional Sul da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que contempla São Paulo, divulgou documentonas missas em que “recomenda encarecidamente” que não se vote em Dilma por ser “contra a vida”. Pela internet, um culto da Igreja Batista de Curitiba, visto por quase 3 milhões de pessoas, mostra cenas fortes de fetos mortos e despedaçados e o pastor pedindo que não se vote na petista, que “defende o aborto e o casamento gay”.

Campanha fascista de boataria

O impacto desta boataria foi corrosivo. Marcelo Déda, reeleito em Sergipe, garante que “a queda de Dilma e o crescimento de Marina no final se deveu ao recrudescimento do fundamentalismo religioso. É o efeito do púlpito nas igrejas”. No mesmo rumo, Eduardo Campos, reeleito em Pernambuco, afirma que “nos últimos 15 dias, especialmente, houve uma campanha fascista de boataria”. O senador Marcelo Crivella, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, lembra que “o pastor pode ter dificuldade para conseguir votos dos fiéis. Para tirar voto, o efeito é inverso”.

Apesar de vários alertas – o blogueiro Rodrigo Vianna foi um dos primeiros a advertir sobre os estragos nas bases católicas e evangélicas –, a comando de campanha de Dilma, sempre muito hermético, não percebeu o efeito nefasto da onda de boatos. Agora, finalmente ele reconhece que subestimou o tema. “Foi uma campanha perversa, com inverdades sobre o que penso, o que digo. Vamos fazer um movimento no sentido de esclarecer com muita tranqüilidade nossas posições... A gente percebeu tarde, mas percebeu”, explica a candidata.

Da cegueira ao exagero

O comando de campanha afirma agora que a reconquista destes votos passou a ser prioridade no segundo turno. Ou seja, de um extremo ao outro – da cegueira ao exagero. De fato, é necessário esclarecer a sociedade, principalmente os setores religiosos mais conservadoras. Mas este não é o principal tema da campanha, nem sequer para os movimentos feministas mais lúcidos. Deve-se evitar a armadilha imposta pela direita. O que está em debate na sucessão é o futuro do Brasil.

6 de out de 2010

Os inimigos de Dilma By cloaca

Primeira fila - Otávio Frias Filho, Mônica Waldvogel, Ricardo Boechat, Reinaldo Azevedo, Nélson Sirotsky, Arnaldo Jabor, Fernando Mitre
Segunda fila - Diogo Mainardi, Eliane Cantanhêde, Alexandre Garcia, William Waack, William Bonner, Lucia Hippolito, Josias de Souza
Terceira fila - Augusto Nunes, José Nêumane Pinto, Joelmir Betting, Merval Pereira, Clóvis Rossi, Miriam Leitão, Carlos Alberto SarDEMderg
Quarta fila - Boris Casoy, Renato Machado, Roberto Civita, Ricardo Noblat, Ali Kamel (o ator)

5 de out de 2010

Filhotes da ditadura: a campanha suja contra Dilma


Meu amigo Saul de Oliveira Candido, do município de Caraá, Litoral Norte do RS,  me envia esse panfleto apócrifo, distribuído a rodo no dia das eleições. Esse panfleto estava jogado no chão, em frente aos locais de votação. A ficha pelo visto é do Dops, orgão ligado a ditadura, encarregado de torturar, assassinar e perseguir militantes de esquerda da década de 70. 

Além da manipulação do PIG que virá, aguardem muito mais, pois, um tsunami de mentiras tentará encobrir a canditatura de Dilma, e somente com a força da militância é que conseguiremos mostrar para esses filhotes da ditadura — como dizia Leonel Brizola —  que o tempo deles acabou.

 Já falei nesse espaço que o público feminino precisa ser melhor trabalhado, pois é muito sensível a esse tipo de campanha  suja, e na minha opinião, Santa Catarina e Paraná serão o grandes centros das atenções nesses trinta dias.Ali é a zona do agrião.

4 de out de 2010

P36, o descaso tucano com o meio ambiente

crime ecológico: Isto foi aqui no Brasil, na era tucana
Não acreditem nesse lenga-lenga de Marina ouvir Serra e  Dilma pro segundo turno pra tomar decisão.  Tô pagando pra ver ! Aposto uma nota de 100 reais que a cúpula do PV vai apoiar Serra de corpo e alma. No entanto, a base do PV sabe o lado que está a classe trabalhadora.

Aliás, foi na era das trevas de FHC/Serra (2001) que aconteceu um dos maiores desastres ambientais brasileiros, com a afundamento da plataforma P36. A plataforma afundou no dia 20 de março, em uma profundidade de 1200 metros e com estimadas 1500 toneladas de óleo ainda a bordo. Segundo a agência nacional de petróleo (ANP) do Brasil, o acidente foi causado por "não-conformidades quanto a procedimentos operacionais, de manutenção e de projeto".

3 de out de 2010

Há 20 anos

Revirando "meus guardados" (ahahaha) , achei essas relíquias. Essas que têm o Lula e o Olívio são da campanha pro Tarso Prefeito , mas não lembro o ano (92 talvez ??)( A turma da foto era o Elton e o Edegar, e nesta época o Lula era só o presidente do Partido, e petista comia criancinha. A última é de 1986, em frente ao meu querido colégio Protásio Alves.

2 de out de 2010

O dia "D" chegou

Barbada ! Vai lá e vota. a colinha tá no lado

Paim despeja potência com o V13.1 e lidera senado

Eu cantei a pedra na semana passada que Paim ultrapassaria Ana Amélia na quinta-feira e até domigo seria o senador mais bem votado dos gaúchos, BINGO ! Isso não é jogo de adivinhação,é pura militância política dos petistas e o acerto na campanha que casou Abgail e Paim, sufocando Rigotto. Não se surprendam se Abgail encostar em Rigotto amanhã !  

Pesquisa

Na mais recente pesquisa Datafolha para o Senado no Rio Grande do Sul, o candidato do PT, Paulo Paim, aparece na liderança isolada pela primeira vez. O petista tem 53% das intenções de voto contra 48% de Ana Amélia Lemos (PP) e 37% de Germano Rigotto (PMDB).

O espelho da sociedade: dê um voto de confiança à classe política

Operários da construção civil, médicos, padeiros, donas de  casa, faxineiras, dentistas, porteiros,engenheiros, motoristas e até os adevas (ahahaha), enfim, todo mundo no dia 03 de outubro vai lá na urna com a expectativa de eleger governos comprometidos com os anseios da sociedade brasileira  e até um Congresso melhor do que o anterior, numa caminhada sem fim rumo ao crescimento e ao desenvolvimento de nosso país. Por isso, se voce não decidiu em quem votar, está em dúvida em quem confiar, ou quer anular o voto, páre, pense melhor. Pesquise a vida dos candidatos e sua história política (isso conta muito) e de um voto de confiança à classe política. Ela não é a das melhores, mas é o espelho fiel da nossa sociedade.

1 de out de 2010

CGU inocenta Erenice Guerra, mas PIG silencia

Quem acompanhou o debate final na Globo pôde assistir o silêncio de Serra e de Marina sobre  "escandaloso" caso Erenice Guerra. Eles já sabiam que a Controladoria-Geral da União (CGU) concluiu todas as auditorias em contratos mencionados no escândalo que derrubou Erenice Guerra da chefia da Casa Civil. O resultado da CGU blinda Erenice, ao não apontar qualquer indício de ligação dela com os episódios investigados. No máximo, admite que ela já foi sócia de um escritório contratado pelo governo.

O PIG destruiu a vida pessoal e profissional de uma pessoa e de sua família, numa guerra suja para tentar levar Serra para o segundo turno, com apoio do PSDB e do PV, e agora silenciam num sínico silêncio, o mesmo silêncio que ronda o STF sobre o telefonema de Serra para Gilmar Mendes no dia da votação da obrigatoriedade dos dois documentos para votar. Alguém tem dúvida de que esse STF está contaminado pelo virus da corrupção ?  VERMES QUE SÓ FAZEM PESO NA TERRA.  

TCU condena ladrões de merenda do PSDB de Canoas

Lembro um dia em que o deputado Marcon subiu a tribuna da Assembleia para falar sobre o desvio de recursos  da merenda escolar de Canoas na gestão tucana, e como lhe é peculiar, usou uma expressão que adotei: "ladrões de merenda". Pois bem, ontem o Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Canoas Marcos Ronchetti (PSDB), o ex-secretário municipal da Educação Marcos Zandonai e a empresa SP Alimentação a pagar R$ 4 milhões aos cofres públicos. Além de direicionar a licitação da merenda e fornecer quantidade menores, esses filhos da #*&*@$%!#  ainda forneciam um alimento de baixa qualidade nutritiva para os alunos. Não bastava roubar, tinham que sacanear as crianças. Espero que a população de Canoas faça uma faxina nessa turma no dia 03 de outubro.