25 de jan de 2010

A mudança não pode parar

Esta imagem foi tirada hoje ( 25) do viaduto da Borges de Medeiros. Em toda a sua extensão , além da sujeira e do abandono, também há o risco para o pedestre. As grades (são quatro em cada vão) e que fazem escoar a água da calçada foram destruidas, retiradas ou roubadas e quem andar descuidado pode cair no buraco e quebrar o pé, ou até mesmo rolar pela escadaria. Acessibilidade ? esqueça ! além do viaduto desse jeito, nossas ruas estão atrolhadas de buracos nas calçadas e o rebaixamento do meio-fio não existe. Outra situação triste é a falta de placas de identificação das ruas, assim como o abandono das praças. Quem vier para o FSM 2010 vai levar um susto com o estado de degradação das nossas praças, em especial às do centro da cidade.