9 de ago de 2009

A imagem verdeira e frase solta de Simon


Zé H Dominical traz em sua edição dominical (09) uma matéria assinada pelos jornalistas Aline Mendes e Leandro Fontoura, com o título "O Estado em turbulência", (que deveria se chamar o Estado da Corrupção). A reportagem fala da crise institucional.

Lá pelas tantas, solta e sem foto (ahahaha) a opinião do Senador Simon: – A situação é triste e grave para o Estado em qualquer hipótese que se levantar – diz o senador Pedro Simon (PMDB). A frase é digna de alguém que anda sobre um muro largo do tamanho de uma avenida. (os outros dois senadores gaúchos estavam em destaque na foto"

Se não me falha a memória foi no governo Rigotto (PMDB) que a quadrilha do Detran se instalou, ou estou enganado ?? Na campanha para derrotar o PT e Olívio Dutra, tanto PMDB quanto o PP correram para os braços de Yeda no segundo turno, garantindo a vitória para o PSDB. Consequentemente todo o esquema de rapinagem que nasceu e se criou dentro do governo do PMDB pôde continuar livre e solto, e só vazou porque a turma do PSDB de Lair queria partilhar o Pão (ahahahaha).

Gostaria que os meus colegas fossem mais incisivos com o senador, assim como o eram na época do mensalão com os parlamentares petistas. Também gostaria que a mídia guapa entrevistasse a direção partidária desses partidos, pois foram eles que indicaram esses "quadros políticos" (ahahahah) para o Detran. Quem são os padrinhos políticos dessa gente que roubava e garante nos dias de hoje que a carteira de motorista guapa ainda seja a mais cara do Brasil ?

O silêncio e a falta de insistência da mídia é tão grande que chega a ser vergonhoso. Ontem, o deputado José Otávio Germano (PP) nem sequer foi questionado pois declarou que havia dado uma resposta através do seu Blog (ahahahahahah). Coube ao jornalista da Rádio Gaúcha apenas ler, sem comentar a falta de postura de um parlamentar diante de tão graves acusações, agora feitas pelo MPF.

A Frase dita acima pelo senador Simon diz tudo e não diz nada, poderia até mesmo se encaixar numa crítica ao Ministério Público Federal, se utilizássemos o discurso de Yeda pós-tsunami.

PARA MIM O QUE VALE É A FOTO ACIMA. ESSA SIM É A VERDADEIRA CARA DO PMDB