12 de out de 2009

Agência Tucana


Essa eu peguei no site do PSDB nacional. A nota é da deputada tucana Zilá Breitenbach , engavetadora de CPIs, e de lambuja presidente do diretório do PSDB do Rio Grande do Sul. Vou pegar só um pedaço do texto porque o todo é de dar náusea.

[..a tentativa de afastar Yeda do cargo é mais uma manobra comandada por adversários políticos para desgastar a imagem da governadora junto à população.
Na opinião da parlamentar, falta à oposição um discurso político que a legitime para fazer críticas à gestão tucana no estado. "Como não podem bater nos maciços investimentos em segurança pública, educação e saúde, e no equilíbrio das contas públicas, através do déficit zero, os adversários decidiram usar como estratégia ataques pessoais a Yeda", advertiu.

Relatora do pedido de impeachment na comissão especial, a deputada disse que o documento não apresentou qualquer fato concreto que envolvesse a governadora em irregularidades. "Em nenhum momento, ela aparece participando de qualquer desvio", enfatizou...]

Fonte: http://www.psdb.org.br/

Bem ! como ninguém, roubou nada então vamos exigir do Ministério Público Federal, da Policia Federal e dos deputados da CPI do Detran que indenizem Yeda e o restante da turma do PUF.

O canto alegretense do Guri de Uruguaiana

Um relógio para o fim do governo Yeda


Yeda desapareceu, sumiu, escafadeu-se. Disse que ia para Nova Yorque, com uma escalinha na California (onde mora seu filho) com dinheiro público, mas teria ficado com medo de um golpe de seu vice, que estaria articulado com entidades de servidores do Estado(aahahahahahahaah). A direita sempre adorou um golpe, da direita é claro, e talvez esteja ai a razão de tamanho medo de feijó assumir interinamente (imagina o estrago que ele faria na dita cuja ahahahahah).

Mas isso já passou (ahahahha) hoje (12) nossa abelha rainha nos brinda com um "Como não escolher um vice", citando "divergências" entre Yeda e Feijó, e que isso não pode mais se repetir em campanhas futuras. Imaginem se cada vice da direita sai colecionado documentos de caixa 2 de campanha e depois entrega tudo isso ao Ministério Público Federal. Aí a casa cai (ahahaha). Na página 6 nossa abelha anuncia também a mais nova fase de Yeda, agora chamada de "Agenda Positiva" e com cinco dicas dos Barões da mídia de como "anular" as denuncias de corrupção. É de chorar

Ainda faltam 445 dias para o fim do governo Yeda, e segundo ela própria, felizmente ficará alguns dias desses que faltam em São Paulo. Lá, segundo ela, terá agenda lotada de convites de José Serra para atividades de governo.

Vamos montar um relógio regressivo para o fim do governo yeda. A gente poderia "sincronizar" em todos os blogs (ahahahahahhaha) e até colocar um de verdade no centro da cidade.