30 de set de 2010

Serra,o ligador

Disk Gilmar Mendes

Os internautas mandaram essa :

Você ligou para “diskgilmarmendes”,
tecle 1 para habeas corpus;
tecle 2 para pedido de vistas;
tecle 3 para chamar presidente às falas;
tecle 4 para segundo habeas corpus;
ou espere um segundo para falar com o próprio Gilmar Dantas

Gilmar Mendes e Serra precisam abrir o sigilo telefônico

O STF não tem outra alternativa, para não cair no descrédito, se não a de pedir que seu ministro Gilmar Mendes abra o seu sigilo telefônico. De outra forma,  tem que processar a Folha de S. Paulo. Caso seja comprovado que ele recebeu o telefonema, o STF deve "aposentar" esse ministro por ter aceitado sugestão de uma das partes que poderiam ser beneficiadas com o seu voto no Supremo.

O cartel de transportes da Região Metropolitana

Porto Alegre é uma cidade circundada por um belo rio navegável, no entanto, alguns políticos gananciosos e um cartel de transportes rodoviários da região metropolitana impede há vários anos que haja transporte público de pessoas entre Guaíba e Porto Alegre e para outros municípios da região. No Rio de Janeiro, por exemplo, além do transporte rodoviário entre Rio e Niteroi também existe os ferry boats (como o da imagem acima), que desafogam o transito e ajudam a massificar o transporte público. Espero que essa máfia seja desmantelada no próximo governo e consigamos sair da inercia, afinal temos um potencial enorme que não damos bola. 

Não adianta a Metroplan publicar edital de concorrência se existe um cartel que controla o transporte público na Região Metropolitana. Se Yeda e Fortunati realmente quisessem, imporiam o transporte via Carris num primeiro momento, e depois liberaria para concessão de outras empresas.

É uma vergonha que o governo do Estado e a administração de Porto Alegre vire de costas para o rio e para a população, não oferecendo uma alternativa de transporte para milhares de pessoas, numa grande saída para desafogar o trânsito caótico de Porto Alegre e  da Região Metropolitana.

A ligação de Serra para Gilmar Mendes

Foto: Moacyr Lopes Junior
Os jornalistas Moacyr Lopes e Catia Seabra afirmam hoje (30) na F.S.P que após receber uma ligação do candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes interrompeu o julgamento de um recurso do PT contra a obrigatoriedade de apresentação dos dois documentos na hora de votar.

Sob protestos de outros ministros, Mendes pediu vista (mais prazo para análise), adiando o julgamento. Sete ministros já haviam votado pela exigência de apresentação de apenas um documento com foto, descartando a necessidade do título de eleitor.


A obrigatoriedade da apresentação de dois documentos é apontada por tucanos como um fator que beneficia Serra. Dilma  tem o dobro da intenção de votos de Serra entre os eleitores com menos escolaridade.

"MEU PRESIDENTE"

Segundo a matéria, após pedir que o assessor ligasse para o ministro, Serra recebeu um celular das mãos de um ajudante de ordens, que o informou que Mendes estava na linha.
Ao telefone, Serra cumprimentou o interlocutor como "meu presidente". Durante a conversa, caminhou pelo auditório. Após desligar, brincou com os jornalistas: "O que estão xeretando?"

Depois, por meio de suas assessorias, Serra e Mendes negaram a existência da conversa.
Para tucanos, a exigência da apresentação de dois documentos pode aumentar a abstenção nas faixas de menor escolaridade.

Se o Supremo não julgar a ação a tempo das eleições, no próximo domingo, continuará valendo a exigência. 

ESSE É O NOSSO MINISTRO GILMAR MENDES, O MESMO QUE TIROU A EXIGÊNCIA DO DIPLOMA PARA OS JORNALISTAS E OUTRAS MALDADES.