28 de fev de 2009

Antes do naufrágio os ratos já estarão seguros


Se a desgovernadora chama uma entrevista coletiva para comunicar fatos relevantes na segunda-feira (o2/03) é porque durante esta mesma semana a chapa vai esquentar no meio político-policial. Dar boas notícias, dizer que o déficit zero é uma maravilha e anunciar investimentos em ano pré-eleitoral são marcas consagradas do PSDB (lembram da BR 101 ? - FHC Padilha). Claro que haverá grandes manchetes e grandes análises positivas feitas na colméia. Mas o fato relevante é que a partir de agora a pressão pela liberação das tais gravações denunciadas pelos PSOL sejam vistas. O procurador-chefe do MPF no Estado, Antônio Carlos Welter diz que emitirá uma certidão com as respostas em relação a interpelação de AOD, mas somente dele. Cada palavra dessa declaração deve ser bem analisada. Um "até o momento" ou "inconclusivo", pode gerar mais dúvidas do que esclarecer a trama. A verdade é que enquanto as supostas fitas na vierem atona, enquanto o PSDB e a governadora não processar o PSOL , o governo Yeda continuará sua sangria. Aqui nos pagos aguerridos a gente sabe que ao menor sinal de naufrágio do navio, os ratos começam a saltar nas boias, deixando a embarcação ao sabor da rande tempestade.

26 de fev de 2009

Bigbrother Lair, por Sátiro-Hupper

Merda pra você

Chega ! é o artigo do diretor teatral Luciane Alabarse,publicado hoje, em Zé H (26), uma pérola para Yeda e para a grande mídia: Não sei você, mas estou realmente farto desse clima de guerra civil que assola o Rio Grande do Sul. Parece que estamos divididos irremediavelmente em tribos inconciliáveis. Os últimos acontecimentos na esfera de nossa vida pública estão aí para provar o que eu desejaria fosse apenas uma afirmação exagerada. A irracionalidade humana parece ter encontrado no nosso Estado um campo propício para seu desenvolvimento incontrolável. Praticamente todos os dias, um governo politicamente inábil bate de frente com uma oposição intransigente; acusações sem provas contra nossas autoridades fazem parte do nosso cotidiano há meses; movimentos corporativos nos brindam com propagandas difamatórias, como recursos válidos de enfrentamento. Oscilamos, cansados de tantos escândalos, entre o tédio vacinado e o descrédito absoluto em relação às nossas lideranças políticas. Merda pra você clica aqui

25 de fev de 2009

PSOL vai na Assembleia Legislativa e pede apresentação de provas do MPF contra o governo Yeda

video

Esta foi a segunda reunião do PSOL com deputados na Assembleia Legislativa no dia de ontem (25), sendo a primeira com o presidente da Casa, deputado Ivar Pavan (PT). Estavam presentes Pedro Ruas (PSOL), Luciana Genro (PSOL), Gilmar Sossella (PDT), Paulo Azeredo (PDT), Dionilso Marcon (PT), Robaina (PSOL) , Bohn Gass (PT) e Raul Pont (PT). Em determinado momento a deputada Luciana Genro clama para ser processada pelo turma que o PSOL denunciou. Segundo ela, nem mesmo a interpelação judicial de AOD CUNHA tem valor processual e nem sequer chegou ao judiciário. Brincando com essa situação e sorrindo, o deputado Raul Pont afirmou que essas coisas demoram a chegar no judiciário (ahahahahha). Na condição de presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, o deputado Marcon colocou seu mandato a disposição para que essa situação venha a tona e se revele a verdade. A pergunta que não quer calar : Por que os envolvidos na denuncia do PSOL se recusam a processar essa gente mentirosa ??ahahahahahahhahahahahahahaha

Quem tem medo das escolas itinerantes ?

Hoje está publicado em Zé H (25) o artigo da Mestre em Educação, professora de escola rural multisseriada, professora Vania Grim Thies sobre as escolas itinerantes. vale a leitura. Ao ler a reportagem Ponto final para as escolas itinerantes dos sem-terra (ZH, 18/09/09), não poderia deixar de expressar minhas reflexões, indignações, dúvidas e questionamentos em relação a essa temática. Como professora de zona rural, em escola multisseriada de uma cidade do interior do Rio Grande do Sul, sempre observei o descaso do meio rural, quando comparado com o urbano. Em se tratando de políticas públicas educacionais, a prioridade, historicamente, sempre foi o urbano. Desde as primeiras leis da educação, o que se procurou destacar foi o desenvolvimento da urbanização e da industrialização, o que resultou no processo de expulsão e segregação do homem do campo. Isso pode ser observado no currículo: as escolas rurais têm um currículo essencialmente urbano, longe de ressaltar as suas singularidades. Clique aqui para ler na íntegra.

Quarta-Feira de Cinzas, por Ique


24 de fev de 2009

32ª Romaria da Terra defende meio ambiente e retorno de escolas itinerantes

Coordenada pelo Vicariato de Canoas, pela Comissão Pastoral da Terra e pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foi realizada hoje (24) a 32ª Romaria da Terra, que ocorreu neste ano em Sapucaia do Sul. O evento não se limitou apenas a defender apenas o meio ambiente e teve a participação da CUT e dos movimentos sociais. Com o tema, Água – Sangue da Terra, os romeiros criticaram a omissão dos poderes públicos em garantir o tratamento adequado de esgotos domésticos e percorreram quase 3 quilômetros a pé até o pesqueiro às margens do Rio dos Sinos, no bairro Carioca, onde morreram cem toneladas de peixes em 2006, devido a um crime ambiental causado por despejo de dejetos industriais. Na Romaria também se homenageou o deputado federal Adão Pretto, falecido no dia 05 de fevereiro e serviu para denunciar a criminalização dos movimentos sociais patrocinados pelo governo Yeda e o fechamento das escolas itinerantes que ensinavam crianças, filhos de acampados ligados ao MST. Sobre esse tema e falando da campanha da fraterniadde 2009 o bispo de Rio Grande, Dom José Mario Stroeher, concedeu em entrevista à rádio gaúcha hoje pela manhã. A Campanha da Fraternidade 2009 “Fraternidade e Segurança Pública”, “A Paz é Fruto da Justiça (Is 32,17)”, dom José defendeu a reforma agrária, criticou o governo federal pela lentidão no processo de desapropriação de terras, lamentou que o governo Yeda tenha acabado com o gabinete da Reforma Agrár. Também criticou a "infeliz idéia " de um promotor público (Gilberto Thums) de acabar com as escolas itinerantes, que atendiam crianças, filhos de pequenos agricultores acampandos, ligados ao MST. A mídia guapa, maldosamente correu em publicar a opinião da ala mais conservadora da igreja e deu grande destaque para a opinião do arcebispo metropolitano, dom Dadeus Grings, que criticou a manutenção das escolas, disparando: São escolas com pouquíssimos alunos e têm uma visão unilateral do mundo. É apenas a visão deles (do MST). Quem realmente conhece uma escola itinerante sabe da sua importância para aquelas crianças e que cada escola chega a receber até 30 alunos. Ao contrário de Grings, Dom José foi firme e criticou a posição do governo Yeda de acatar passivamente o fechamento das escolas ao invés de propor a fiscalização do conteúdo das mesmas, sem propor alternativa para a única alternativa viável de aprendizado aos filhos de acampados. Para ouvir a entrevista de Dom José é necessário ter o real player 8 instalado. caso não possua, baixe aqui Real player e vá ate o fim nos procedimentos de instalação (desabilite propostas de propagandas e add em páginas iniciais etc.

Obama reforça ecomomia dos EUA, Gerdau ajuda.

Os players neoliberais guascas ex: Gerdau "mais mercado, mais mercado" e seus vassalos de plantão devem estar com o coração apertado com as noticias da bolsa. Mas para eles é melhor que vá os anéis do que arranquem seus braços. Digo isso porque Obama anunciará em breve que pretende estatizar ou se tornar acionista majoritário de 350 instituições financeiras em crise. Vão injetar US$ 300 bilhões em 350 instituições financeiras do país, sendo que 20 bancos correm o risco de estatização (Um mega Proer). Um dos mais atingidos pela crise, o Citigroup, seria o maior beneficiado ao receber aporte grosso de U$$$$$. O governo elevará o controle na instituição dos atuais 7,8% para até 40%. Como lá é o berço do capitalismo e o governo americano não brinca em serviço quando o assunto é dinheiro público e fiscaliza de perto o dinheiro de seus contribuintes, é muito pouco provável que os players da especulação mundial (os que sobrarem ahahah) coloquem às mãos nessa bufunfa e voltem a ganhar gordas comissões em suas falcatruas planetárias. O grupo Gerdau, por exemplo já está ajudando Obama e a economia Yanque. Explico: Os Gerdau demitiram metalúrgicos gaúchos em suas fábricas de Sapucaia do Sul e Charqueadas. Por quê ? Ora ! para preservar os empregos dos metalúrgicos americanos, das fábricas do grupo, na América do Norte. O pensamento é simples: manter o emprego dos americanos e ganhar credibilidade por lá, por aqui se demite e sempre tem um jeitinho, um fundopenzinho, uma isençãozinha para "gerar empregos" ahahahahah.

Simon: O PMDB vai dar a quem pagar mais


Publicado hoje, no jornal mineiro O Tempo e no site O tempo e comentado no Blog do jornalista Josias de Souza o senador gaúcho afimou que o PMDB vai "dar" seu apoio para quem pagar mais e criticou os caciques do partido. Segundo Simon o declínio moral do PMDB começou em 1994, na sucessão do então presidente Itamar Franco (FHC???), o senador também torpedeou a atuação do presidente Michel Temer afirmando que ele não está "à altura" do partido, e prega uma limpa na sigla. Bem ! essa limpa poderia começar pelo PMDB gaúcho, tendo como fio da meada às denúncias que Cézar Busatto fez de que o PMDB guasca utiliza-se das estatais gaúchas e centenas de cargos para fazer suas campanhas eleitorais, no caso usando o Banrisul. Engraçado é que sobre a corrupção no Detran essa velha raposa da política ficou pianinho, e não abriu a boca para falar sobre ética na política nos pampas como o fez contra os mensaleiros. Para quem serve "agora" essa entrevista de Simon, assim como a do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), que disse , em entrevista à revista "Veja", que "boa parte do PMDB quer mesmo é corrupção" ??? . A disputa interna no PSDB entre Aécio Neves e José Serra talvez explique esse movimento. Aécio no PMDB em 2010 seria uma hipotese ? Simon criticou Sarney (que apoia Dilma) e criticou Temer (que apoia Serra). Caso o PMDB não tenha candidato (Aécio) e o senador afirma que a sigla vai apoiar quem pagar mais, qual será a exigência que um senador ético cobraria para subir num palanque presidencial, considerando Dilma e Serra como favoritos ?

23 de fev de 2009

Eminência silenciada


Segundo o que comentam "agora" os articulistas políticos guascas, a relação afetiva e política de Carlos Crusius com Yeda acabou. Carlos Crusius já não fala mais pelo governo Yeda e não é mais a eminência parda que dava às ordens no primeiro ano de governo do PSDB. Além de ter sido defenestrado do Conselho de Comunicação do governo, por discordar da nova política de imagem do governo, Crusius, na última semana, causou desconforto no PSDB ao acusar indiretamente a CPI do Detran pela morte de Marcelo Cavalcante, ex-assessor da "embaixada" do RS em Brasília. O desgaste político de Yeda antecipa o ínicio do fim do governo, assim como o debate à sucessão estadual.

22 de fev de 2009

Primeira mulher paraquedista da FAB

A 3º Sargento Vanessa Felix, de 22 anos de idade, entrou, no último domingo, dia 15, para a história da Força Aérea Brasileira como a primeira mulher a conquistar o brevê de paraquedista. A jovem realizou na manhã do último domingo, 15, o primeiro salto com a turma de 296 alunos do Centro de Instrução Páraquedista General Penha Brasil, no Rio de Janeiro. “Foi indescritível”, definiu ela, ainda ofegante, minutos depois da aterragem na Zona de Lançamento da Base Aérea dos Afonsos. Sargento de Suprimentos, a militar que trabalha no PAMA-AF há pouco mais de três anos, diz que a paixão pela missão dos pára-quedistas nasceu dentro de casa. “Tenho dois irmãos que são da Brigada”, conta. Segundo ela, a conclusão do curso no Exército é o primeiro passo para a realização de um sonho: “Um dia quero atuar em salvamento e resgate”. Veja a materia completa no site da FAB Será que aceitam reservistas ?? ahahahahhaa

Guerra das Baleias

O navio Steve Irwin da Sea Shepherd Conservation Society chegou a Hobart, Tasmânia às 17 horas do dia 20 de fevereiro. O navio foi abordado no cais por oficiais da Polícia Federal australiana, que embarcaram no Steve Irwin com um mandado que autorizava a apreensão de gravações de vídeo, áudio, material fotográfico, transcrição de entrevistas, diário de bordo, registros de sistema de posicionamento global, registros de compras, recibos, registros de operações financeiras, de viagem e informações náuticas. A série do Animal Planet, Whale Wars (Guerra das Baleias) causou enorme embaraço para o governo japonês e para a indústria baleeira japonesa em 2008. O Japão certamente vai tentar impedir a segunda temporada da série, fazendo pressão diplomática sobre a Austrália para evitar uma maior exposição de suas operações ilegais no Oceano Austral. Texto na íntegra: http://blog.seashepherd.org.br/

21 de fev de 2009

O PSDB sangra lentamente no RS

O PSDB gaúcho, a cada dia que passa, sangra mais e mais no episódio da misteriosa morte de Marcelo Cavalcante, culminando com a denúncia do PSOL sobre esquemas de caixa 2 e de desvios de recursos públicos no governo gaúcho. Aposto que neste jogo de xadrez entre o PSOL e o PSDB, o segundo perderá sua rainha no terceiro lance e ficará em xeque-mate na quarta rodada, caso o MPF libere tudo o que tem sobre o caso. Todas as peças deste jogo ainda estão no tabuleiro e tudo é muito estranho nesta história.Vejamos: Yeda vai para Brasília e reencontra Marcelo Cavalcante, alguns dias antes dele se suicidar ou ser morto; Segundo a família de Cavalcante, o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE) oferece um emprego para Marcelo trabalhar no partido (Aqui vale aquela máxima: Os inimigos devem estar mais perto dos olhos do que os amigos, pois emprego não era o problema já que estava trabalhando com um deputado do PSDB ); Após a morte, disseram pela mídia amiga que Marcelo havia brigado com a mulher; Carlos Crusius libera carta acusando indiretamente a CPI do Detran pela morte de Marcelo; A esposa de Marcelo desmente a primeira versão da briga e diz que sabia de tudo da vida do marido e que falava 20 vezes por dia com ele (Quem fala com sua mulher 20 vezes por dia ???). Todos na família de Cavalcante sabiam que ele ia depor no Ministério Público Federal após o Carnaval, menos o MPF; A PF desconfia que ele estava recebendo pressões com relação ao seu depoimento. A deputada Luciana Genro afirmou em entrevista que deseja ser interpelada judicialmente pelo PSDB ou algum membro envolvido na operação Rodin, pois assim poderá exigir que se abra a caixa-preta das provas que estão no MPF. Os acusados silenciam e só AOD interpela o PSOL (será que interpelou mesmo ?). Muitas novidades surgirão após o Carnaval.

20 de fev de 2009

Escolas itinerantes: Entrevista especial com Jacques Alfonsin

Perplexidade e revolta. Foi assim que o procurador Jacques Alfonsin definiu o significado da determinação do Ministério Público para fechar as escolas itinerantes criadas pelo MST para educar os filhos e filhas dos acampados. A IHU On-Line debateu com Alfonsin, por e-mail, as razões para essa medida e o que ela implicará tanto para as crianças, que deverão ser matriculadas em escolas regulares das cidades onde estão acampadas, quanto para os movimentos sociais e suas ações.
“O fato de se cancelar o funcionamento de tais escolas atesta, mais uma vez, em que medida o preconceito ideológico da suspeita infundada pesa sobre os trabalhadores e as trabalhadoras pobres do nosso país, não pelo que elas fazem ou dizem, mas sim pelo que são”, enfatiza Jacques, que conversou conosco também sobre a influência da determinação sobre os novos militantes, sobre as ações de Gilberto Thums contra o MST e também se seria necessária uma institucionalidade ao movimento que nasceu aqui no Rio Grande do Sul e tornou-se referência para os movimentos sociais do mundo todo. Clique aqui para ler a entrevista na íntegra

Bispo é perseguido por sionistas

O bispo britânico Richard Williamson, recebeu ultimato do governo Argentino para deixar o país em até 10 dias. Williamson afirmou não acreditar no Holocausto. Para ele apenas 200 mil a 300 mil judeus morreram nos campos de extermínio nazistas – não 6 milhões, como dizem os historiadores. O Vaticano exige retratação de Williamson sobre o Holocausto, mas ele se nega a fazer. Se os judeus não aceitam a posição do bispo, porquê se negam a aceitar que o Estado de Israel promove o extermínio de homens, mulheres e crianças na Faixa de Gaza ? Eu gostaria de ter acesso aos relatórios secretos que o Vaticano recebeu de 1940 a 1945 sobre o tema, seria esclarecedor. O tempo dirá !

19 de fev de 2009

A casa caiu ?

Seria loucura do PSOL colocar em risco os mandatos do seu vereador Pedro Ruas, recém eleito em Porto Alegre e de sua única deputada Federal no RS, ao denunciar esquemas de corrupção no governo Yeda e de caixa 2 durante a campanha ao governo do Estado feita pelo PSDB. Eles devem estar bem "calçados" para fazer tais denúncias, pois se tudo o que foi dito é verdadeiro a casa de yeda caiu. A morte misteriosa de Marcelo Cavalcante, ex-representante do Estado do Rio Grande do Sul em Brasília, segundo Luciana Genro, provocou a antecipação da denúncia. Bem ! Se não foi o MP que passou às supostas provas para o PSOL, que teria tais provas ????????? Se Calvalcante era uma arquivo vivo e foi silenciado, imagino que uma pessoa com a mesma envergadura possa ter se apavorado e chutado o balde com medo de se transformar na próxima vítima. Sobre a denúncia de que havia dado R$ 500 mil de caixa 2 para Yeda na campanha, o deputado federal José Otávio Germano (PP) enviou a seguinte nota: "É repugnante a tentativa rasteira de fazer politicagem utilizando a morte de um ser humano. A nojenta declaração é mentirosa." Já o advogado de Lair Ferst, o criminalista Lúcio de Constantino afirmou que ficou entusiasmado, porque se tiver vídeo sobre às denuncias ele utilizará na defesa de Lair. O procurador da República Adriano Raldi informou que não havia depoimento de Marcelo Cavalcante marcado; que não houve acordo de delação com Lair e Marcelo no inquérito da Rodin; que não conhece as provas que o PSOL disse estarem em poder do MPF e nega que o PSOL tenha tido acesso a qualquer informação do processo junto ao órgão. Na frente do Palácio Piratini, os repórteres se amontoam aguardando o pronunciamento oficial de Yeda, que segundo a esposa de Calvancante, se reuniu com ele junto com o presidente nacional do PSDB, alguns dias antes de sua morte. Se Yeda foi conversar com Cavalcante para lhe oferecer um cargo, por que levou o presidente nacional da sua legenda junto ?
A governadora deve uma explicação.

Déficit zero de Yeda em iniciativas de combate à crise


O governo Yeda, passados quase quatro meses da implosão econômica de centenas de Players Globais, até agora não apresentou nenhuma medida econômica para amenizar os efeitos da crise global aqui nos pagos. Os efeitos da crise na economia gaúcha refletem na queda de 39% nas exportações gaúchas, redução na produção industrial, diminuição do emprego. Mas como Yeda não agiu e nem agirá, ontem, a bancada do PT na Assembleia Legislativa apresentou 22 sugestões para o governo Yeda de combate à crise. Os eixos principais passam pelo cumprimento dos percentuais constitucionais para saúde e educação, a retomada do Simples gaúcho com redução das alíquotas das pequenas empresas, antecipação do reembolso do ICMS pagos na compra de máquinas e equipamentos para a produção e suspensão do Fundopem das empresas que estão demitindo trabalhadores. Como Yeda se afunda com sua bandeira e discurso do déficit zero, provavelmente deixará dezenas de empresas quebrarem, sem tomar nenhuma atitude. Aliás , o discurso da crise serve muito bem para Serra em 2010 e o quanto pior melhor será a plataforma do PSDB nas próximas eleições.

18 de fev de 2009

BR 101: Zé H "conseguiu" comparar FHC e Lula

Com o título Conclusão das obras na BR-101 fica para 2012 , hoje (18) Zé H, de forma sutil e maliciosa conseguiu numa mesma reportagem comparar o incomparável. Colocou FHC (que prometeu e inaugurou apenas placas da duplicação da BR 101 , juntamente com o então ministro dos transportes Eliseu Padilha em 2000 ) e Lula (que até 2010 entregará a duplicação de todo o trecho gaúcho e grande parte do trecho catarinense). Aliás, parte dos atrasos na sobras se deve a falta de documentação de comprovação de propriedade de centenas de lotes irregulares que precisaram de um batalhão de advogados do governo para que as terras fossem regularizadas antes de serem desapropriadas. A sacanagem não termina por ai, Zé H escreve uma segunda matéria sobre o mesmo tema, denominado PROMESSAS SEM FIM. Ali Zé H destila o veneno: Há mais de uma década, a BR-101 motiva uma sucessão de promessas que depois não se confirmam. Como assim cara pálida ? Jogar para a opinião pública de que aquele mega canteiro de obras com mais de 500 quilômetros de extensão é apenas uma promessa é brincar com o bom senso dos gaúchos e catarinenses.

17 de fev de 2009

A carta de Carlos Crusius é lamentável

É lamentável que o o professor Carlos Crusius, marido da governadora Yeda Crusius tenha associado a morte do ex-representante do governo Yeda Crusius em Brasília, Marcelo Cavalcante às investigações da CPI do Detran da Assembleia Legislativa, que culminaram com o afastamento de Calvalcante do cargo de "embaixador" do RS na Capital Federal. Marcelo atualmente assessorava o deputado federal do PSDB gaúcho, Cláudio Diaz . Na semana passada eu estava em Brasília, no encontro de prefeitos e prefeitas e testemunhei o trabalho de Calvalcante na condição de assessor de Diaz junto a uma audiência com o ministro da Agriculcultura, Reinhold Stephanes (aquela que Yeda levou uma sapatada). Sentei ao lado de Marcelo Cavalcante e ,por vários momentos, assisti a desenvoltura de Marcelo como assessor. Bem articulado, Marcelo parecia muito bem fisicamente e mentalmente. Fez várias ligações e durante a audiência disparou vários telefonemas para assessores de ministros. A carta de Carlos Crusius é leviana e quer aproveitar a morte de seu companheiro para faturar politicamente para Yeda, uma vergonha para o PSDB.

Yeda loca veículos para BM e estoca carros novos na Acadêmia

Para quem passa diante da Academia de Polícia da Brigada Militar, na III Perimetral, em Porto Alegre, vale a pena conferir os 449 veículos novos da Brigada (Prisma 1.4 ) estacionados no pátio da Academia. Os veículos estão parados há mais de 30 dias e, enquanto isso, o Estado utiliza um amplo sistema de locação de automóveis, com um custo de R$ 90,00 a unidade para mais de 200 veículos. Por que o Estado fez esse tipo de locação se tinha veículos novos estocados ? Porque não distribuiu esses veículos, economizando recursos públicos ? Quais empresas foram beneficiadas ?

Fórum de Servidores avança na campanha

O Fórum Estadual dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul — CPERS/Sindicato, Sindicaixa, Ugeirm/Sindicato, Sindisepe, Simpe, Sindiágua, Semapi, Sindjus-RS, Sindet e Federação dos Bancários do RS — dá prosseguimento na mobilização por meio da segunda fase da campanha em defesa dos serviços públicos. Em frente ao Palácio Piratini foi colocado um quadro gigante com foto, nome e bancada de cada deputado Estadual que votou pelo abono das faltas dos dias de paralisação dos servidores. O projeto foi vetado pela governadora e está de volta na Assembléia para apreciação. Caso seja rejeitado o veto, o servidores terão suas faltas abonadas, provocando uma derrota política para Yeda e em especial para a secretária de Educação Mariza Abreu. Caso seja aceito veto, parte dos parlamentares que votaram pelo projeto terão que dar explicações em suas bases, principalmente por ser um período pré-eleitoral e te nos professores uma das classes mais atingidas pela rejeição do projeto.

O mensageiro de "deus" e a borboleta

Dizem que o emissário de "deus" aqui na terrinha é o jornalista PAULO SANT’ANA. Seria como se fosse o abelha-operário responsável em passar às ordens de seu superiores ao resto da colmeia. A idéia de Pablo em publicar a carta da governadora Yeda na edição de hoje (17) de Zé H em que ela faz uma perfeita redação de vestibular com direito a comparar seus governo com filmes e transforma-se em vítima dos famigerados sindicatos, do PT e dos movimentos sociais chega ser um a piada de mal gosto. Segundo o "desabafo" Yeda, seu governo significa a "boa política no tempo das tão más políticas". Bem ! o que dizer de um senhora que se elegeu dizendo que não aumentaria impostos e o propôs por duas vezes; que tinha várias "rapozas da política" cuidando do galinheiro; que não investe nem a metade do minímo exigido pela Constituição na saúde e na segurança pública para justificar o déficit zero. Yeda ainda vendeu 40% do Banrisul, mas prometeu na campanha que não o venderia (não ao estilo Britto ahaha); se associou às papeleiras e entregou a pasta de meio ambiente aos donos do agronegócio e aos seus interesses; massacrou os movimentos sociais; pegou empréstimo de R$ 1 bilhão de reais; deixou voltar a febre amarela depois de 50 anos por falta de prevenção e investimento. Por fim, quer comprar jato pra divulgar às maravilhas de sua administração. Yeda colhe aqui o que plantou e também no restante do país. Em Brasília, a figura da governadora é persona não grata entre ministros do PMDB e do P.....

16 de fev de 2009

O custo da campanha, por Eugênio

Yeda Reforça a Base e PSDB Nacional acende luz amarela no RS

O PSDB gaúcho joga todas as suas cartas neste ano de 2009. O reforço parlamentar do partido de Yeda na Assembléia Legislativa indica que outras importantes batalhas serão travadas no ambiente do Parlamento gaúcho. O estrago feito por Yeda na imagem do partido e na do RS aqui e lá fora fez que o PSDB Nacional acendesse a luz amarela nos pagos. A mudança na estratégia leva em conta a corrida presidencial em 2010 e o tempo que o PSDB tem, junto com a grande mídia, de "bombar" a imagem de Serra e o modelo do PSDB para o mundo, para a galáxia. O grande tesão da secretária de Educação Mariza Abreu, por exemplo, seria implantar, de forma geral, ainda em 2009, os chamados "contratos de gestão" , tais como no governo Britto fez para privatizar empresas estatais. Os contratos são instrumentos de planejamento largamente utililizados na Europa e por grandes estatais brasileiras tais como a Petrobras. Aqui no RS, a Corsan, a CEEE, a Procergs e a Sulgás utilizam esse modelo há anos para garantir a qualidade e produtividade. Yeda e Mariza farão "laranjas de amostra" sobre o tema, para não precisar discutir com os educadores a necessária contrapartida do Estado em infraestrutura e salários dignos. Como o tempo urge, e o tempo político de Yeda se esgota, Zé H precisa de resultados rápidos para dar capas "bombantes" para José Serra e ao modelo de gestão PSDB.

14 de fev de 2009

Governo Yeda loca carros para a segurança pública

Eu nunca vi coisa parecida nos pagos e achei muito estranho que muitos veículos de policiamento do litoral estavam todos brancos e apenas com adesivos da BM e um giroflex, ao contrário do que mostra a imagem acima. Fui averiguar e descobri que o governo do Estado "locou" dezenas desses carros para a Brigada Militar para fins patrulhamento. Pode não ser ilegal, mas é no mínimo estranho que um Estado que possui uma fábrica de automóveis e diz que está com "déficit zero" não consiga fazer o planejamento para licitação de viaturas, principalmente quando se sabe que a maioria das fábricas estão com estoques abarrotados de veículos. Qual será o custo de diária desses veículos ? quais empresas participam ? que tipo de licitação foi realizada ? O Ministério Público Estadual investigou em 2008 o desvio de verba que teria ocorrido em convênios firmados entre o Detran e a FENASEG - Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização. O dinheiro repassado, em torno de R$ 17 milhões entre 2003 e 2007, devia, por lei, ser aplicado em programas educativos de trânsito. A suspeita do MP é de que verba pública gerenciada pelo Detran tenha sido utilizada para campanhas eleitorais, em especial na locação de veículos. Foto ilustrativa : http://www.brigadamilitar.rs.gov.br/

12 de fev de 2009

Se a governadora yeda estiver eu não vou, diz o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes


Testemunhei uma verdadeira sapatada do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes na governadora Yeda. O ministro respondeu com a seguinte frase o convite feito pelo prefeito de Pelotas, Fetter Júnior, para que participasse da Expoarroz no município de Pelotas: "Se a governadora yeda estiver eu não vou". A sapatada certeira, em plena reunião, desferida em Yeda deixou os deputados federais Fernando Marroni (PT), Claudio Diaz (PSDB), Afonso Hann(PP), Busatto (PTB) e prefeitos da região sul perplexos. A comitiva foi tratar da liberação de recursos para os municípios atingidos pela catástrofe que atingiu Região Sul no mês passado. A justificativa de Stefani para não ir ao RS foi a descortesia que Yeda fez ao ministro na sua última viagem aos pagos, para participar de evento da agricultura . Ao discursar, segundo ele, Yeda falou por quase duas horas somente sobre os problemas do governo do Estado em um evento de agricultura, sem sequer falar sobre o foco do encontro. Stefani foi mais longe, disse que se levantou e foi embora e a governadora nem sequer notou a sua saída. Pelo visto o governo Yeda também está plantando sementes de tempestades no Planalto Central.

11 de fev de 2009

Lula e Dilma em fotos virtuais com prefeitos

Estúdio oferece montagem de fotografias ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra Dilma Rousseff, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, onde ocorre o encontro de prefeitos de todo o Brasil. O prefeito da cidade de Timbiras (MA), Raimundo Nonato Pessoa (dir.), terá sua imagem incluída digitalmente ao lado dos dois
fonte: www.terra.com.br

Lula abre fogo contra a grande mídia


Diante de quase 5 mil prefeitos o presidente Lula fez uma desabafo na frente de 5 mil prefeitos e prefeitas. Visivelmente irritado, Lula torpedeou a grande mídia, que condenou o governo por promover o primeiro encontro de prefeitos e prefeitas, dando a entender que o objetivo do evento foi articulado para beneficiar Dilma Rousseff. Lula disse : "disseram que este ato eu ia fazer o pacote da bondade e que o presidente vai dar dinheiro para prefeito bandido. Como é fácil julgar as pessoas. Não deram nem sequer a oportunidade para vocês [prefeitos] mostrarem que não são os ladrões que escrevem que vocês são." Lula também sentou a ripa em FHC dizendo que os prefeitos e prefeitas antigamente eram recebidos com cassetete e cachorros em Brasília e agora são recebidos como estrelas, como verdadeiros protagonistas. Lula valorizou a figura dos prefeitos e o trabalho desenvolvido por eles nas suas comunidades, aumentando a participação dos municípios. Lula também destacou os avanços e a democratizando serviços federais, facilitando a vida dos prefeitos e impedindo atravessadores de verba pública. Tenho certeza que Lula marcou um golaço ao defender os prefeitos, no entanto, Paulo Ziulkoski, presidente da CNM (Confederação Nacional de Municípios), foi deselegante com Lula, descarregando cobranças e exigências por mais recursos Federais e menos tributação. Lula foi elegante ao dizer que "nunca na história desse país" ahaha os prefeitos e prefeitas foram tão valorizados e respeitados e que dinheiro todo mundo quer, mas na hora de pagar impostos os ricos não querem pagar nada e mobilizam mundos e fundos contra os governos para se livrar da tributação enquanto que os pobres pagam a conta.

Câmara promove nova homenagem para Adão Pretto


No dia de ontem(10/2) o deputado Marcon (PT) fez o Grande Expediente na Assembléia Legislativa do RS em homenagem ao deputado Federal Adão Pretto, falecido no dia 05/02. Com a presença do presidente Michel Temer, o deputado Adão Pretto recebeu hoje (11/02),em Brasília, na Câmara dos Deputados, mais outra merecida honraria. Foi realizado um ato ecumênico com a presença de diversos parlamentares de todo o país, movimentos sociais, entidades, e variadas representações religiosas. Os deputados também apresentaram um projeto de resolução para que um dos plenários da Câmara receba o nome de Adão Pretto, para que fique marcado no Congresso a sua história de lutas pelos trabalhadores. Seu filho, Edegar Pretto, veio a Brasília representar a família em mais uma dentre tantas homenagens que Adão recebeu e ainda está recebendo.

Lula abre fogo contra a grande mídia

Diante de quase 5 mil prefeitos o presidente Lula fez uma desabafo na frente de 5 mil prefeitos e prefeitas. Visivelmente irritado, Lula torpedeou a grande mídia, que condenou o governo por promover o primeiro encontro de prefeitos e prefeitas, dando a entender que o objetivo do evento foi articulado para beneficiar Dilma Rousseff. Lula disse : "disseram que este ato eu ia fazer o pacote da bondade e que o presidente vai dar dinheiro para prefeito bandido. Como é fácil julgar as pessoas. Não deram nem sequer a oportunidade para vocês [prefeitos] mostrarem que não são os ladrões que escrevem que vocês são." Lula também sentou a ripa em FHC dizendo que os prefeitos e prefeitas antigamente eram recebidos com cassetete e cachorros em Brasília e agora são recebidos como estrelas, como verdadeiros protagonistas. Lula valorizou a figura dos prefeitos e o trabalho desenvolvido por eles nas suas comunidades, aumentando a participação dos municípios. Lula também destacou os avanços e a democratizando serviços federais, facilitando a vida dos prefeitos e impedindo atravessadores de verba pública. Tenho certeza que Lula marcou um golaço ao defender os prefeitos, no entanto, Paulo Ziulkoski, presidente da CNM (Confederação Nacional de Municípios), foi deselegante com Lula, descarregando cobranças e exigências por mais recursos Federais e menos tributação. Lula foi elegante ao dizer que "nunca na história desse país" ahaha os prefeitos e prefeitas foram tão valorizados e respeitados e que dinheiro todo mundo quer, mas na hora de pagar impostos os ricos não querem pagar nada e mobilizam mundos e fundos contra os governos para se livrar da tributação enquanto que os pobres pagam a conta.

9 de fev de 2009

Prefeitos invadem Brasília

Centenas de prefeitos de todo o Brasil começam a chegar na Capital Federal para o primeiro encontro de prefeitos e prefeitas. A maratona de audiênciais já ocorre em ritmo frenético em todos os ministérios. Prefeitos e secretários trazem demandas das demais diversas. Agricultura familiar, pesca artesanal, projetos de infraestrutura e de combate a fome. O grande dia do evento será amanhã 10/02, com a presença de Lula na abertura do encontro, junto com Dilma e outros ministros. Cada Ministério montou estandes, e organizou equipes de assessores que ficarão no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, para dar todas às informações aos prefeitos sobre projetos federais de cada pasta.

8 de fev de 2009

Lula reúne prefeitos e prefeitas de todo o Brasil

Estarei em Brasília, nos dias 10 e 11 de fevereiro, para cobrir o 1º encontro de prefeitos e prefeitas do Brasil. O mega evento tem o objetivo de fortalecer as relações federativas, em especial do governo federal com os municípios. A abertura será feita pelo presidente Lula às 14h do dia 10, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A atividade terá a presença de vários ministros-palestrantes: Fernando Haddad (educação), José Gomes Temporão (saúde), Patrus Ananias (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), Guilherme Cassel (Desenvolvimento Agrário), Márcio Fortes (Cidades), Carlos Minc (Meio Ambiente) e Dilma Rousseff (Casa Civil). Também palestrarão os presidentes(as) do Banco do Brasil, Antônio Lima Neto e da Caixa Econômica Federal, Maria Coelho. Os temas fundamentais do encontro serão a mortalidade infantil, a falta de registro civil, o analfabetismo e a desigualdade social. Também serão firmados compromissos e um roteiro para a execução das obras do PAC e dos programas sociais, além de um Plano de Desenvolvimento. Também será foco do debate os municípios menores e às regiões mais distantes do país. Para maiores informações sobre o evento clique neste link . Hoje (08) em Zé H, há um artigo do presidente Lula sobre o tema. Para acessar o conteúdo do documento clique aqui

6 de fev de 2009

A despedida de Adão Pretto comove o Brasil


Não há palavras para descrever o adeus ao deputado Adão Pretto (PT) ocorrido hoje (06/02) no cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre, com a presença do presidente Lula. A emoção pulsava a cada minuto diante de cada depoimento. O presidente Lula foi às lagrimas por várias vezes. Para ouvir a fala do presidente clique na foto ou aqui. Edegar Pretto, filho de Adão Pretto emocionou a todos ao contar a relação do pai com a família, a sua simplicidade de agricultor, o carinho e amor que dedicava ao ser humano e aos animais. Deputados, ministros, autoridades, todos visivelmente emocionados e abalados com essa perda irreparável para o Brasil. O deputado Dionilso Marcon (PT) fará nesta terca-feira(10/02) às 14h, na Assembléia Legislativa, o grande expediente em homenagem a memória de Adão Pretto no Parlamento Gaúcho.

Uma boa semeadura de Pretto para o futuro

Centenas de pessoas que estavam no salão Júlio de Castilhos, na Assembléia Legislativa, onde está sendo velado o corpo do deputado Federal Adão Pretto (PT), foram às lágrimas quando o deputado Raul Pont, ou Raul Ponts, com Adão o chamava, não conteve a emoção ao finalizar seu depoimento sobre a vida, obra e história de Adão Pretto e sua dedicação às causas sociais. Logo em seguida o companheiro de jornada de Adão Pretto, Severiano Telles, acompanhado dos Cantadores da Luta do Povo prestaram homenagem ao petista cantando músicas que ambos tocavam e cantavam em seus roteiros pelo interior. O presidente do PT/RS, Olívio Dutra, estava visivelmente emocionado e fez questão de destacar a "boa semeadura" que Adão Pretto plantou ao longo de sua vida e que ela deu e dará bom frutos para o futuro. Edegar Pretto, filho de Adão Pretto e o deputado Marcon foram os escolhidos para representar a família e os mandatos junto aos amigos e aos companheiros nas honras que a família está recebendo de todo o país e de vários lugares do mundo. Caravanas de todo o Estado chegam na Assembléia Legislativa para prestar a última homenagem a o homem que dedicou sua vida a um Brasil mais justo.Cabe agora, aos principais seguidores da semeadura de Adão Pretto, dar continuidade a esta grande obra que este lutador das lutas do povo deixou de patrimônio ético, moral e de compromisso com o país e o nosso Estado.
O sepultamento será às 10h no cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre.

5 de fev de 2009

Tomba o guerreiro Adão Pretto


É com pesar que posto neste blog a notícia que ja foi veiculada nesta manhã (05/02) do falecimento do deputado Federal Adão Pretto (PT), ocorrido hoje (05/02) às 7h45min. A história da trajetória do pequeno agricultor Adão Pretto se confunde com a luta pela reforma agrária e a defesa dos trabalhadores do campo e da cidade. Adão foi fundador do PT, do MST, do Movimento dos Pequenos Agricultores, do Movimento dos Pescadores, dentre tantos outros, Adão Foi deputado Constituinte estadual e estava no seu quinto mandato de deputado federal, representando os movimentos sociais no Congresso Nacional e era o atual presidente da Comissão de Participação Popular da Câmara. Adão deixa nove filhos e um grande história que será contada por muitas gerações em nosso país.

Vai guerreiro ! que Deus ilumine teu caminho nesta outra jornada.

Adão Pretto, um Guerreiro da justiça social no Brasil

Ontem pela manhã estive no hospital Moinhos de Vento levando solidariedade aos familiares e amigos do deputado Federal Adão Pretto(PT). Adão está na CTI e em estado grave, com pancreatite aguda e passou na madrugada de ontem (04) por uma cirurgia de emergência para retirada do pâncreas. A luta pela pela conquista da terra e a reforma agrária no Brasil e no Rio Grande do Sul se confunde com a luta deste grande guerreiro. Um homem como poucos, defensor nos pobres e daqueles que lutam por justiça social no Brasil. Sua saúde vai melhorar ! É o que todos nós desejamos e oramos, mas seu nome já está escrito na história desse imenso Brasil.
Tenho orgulho de conhecer este homem.

Senti vergonha de Jacques Wainberg

Ontem (04/02), ao assistir um debate pela UNITV sobre o conflito entre o Estado de Israel e os palestinos, senti vergonha de ter sido aluno do professor e pesquisador Jacques A. Wainberg da Faculdade dos Meios de de Comunicação Social da PUC-RS. Jaques é doutor em ciências, mestre em jornalismo e outros renomados títulos, no entato, jogou toda o seu currículo no lixo ao abraçar a causa sionista, defendendo o massacre ao povo palestino. Jacques vai mais longe, afirmou que é impossível ao Estado de Israel não responder os foguetes do Hamas e seus homens-bomba. No debate também estava o professor de História Mario Maestri que ironizou a posição de Wainberg afirmando que aquelas terras onde Israel construiu irregularmente cidades são do povo palestino e que os métodos utilizados pelo governo sionista sãos mesmos utilizados pelos nazistas contra os judeus. O debate foi mediado pelo professor e jornalista Juremir Machado da silva e a participação de mais dois outros professores. Vivendo e aprendendo.

4 de fev de 2009

Caso Becker soma-se a milhares sem esclarecimento

O assassinato do médico Marco Antônio Becker completa dois meses hoje (04/02), e a completa ausência de pistas que levem ao seu executor transformará o caso em mais um daqueles que possivelmente nunca serão esclarecidos. No entanto, cabe destacar que outros fatores contribuíram para esse fato. Uma rua mal iluminada, sem policiamento ostensivo, câmeras de segurança públicas estragadas, falta de controle de equipamentos militares, tudo isso é um somatório desse caso. Agora, como última tentativa, querem recolher às armas dos soldados com pistolas calibre 40. Até mesmo um aspirante sabe que alguns modelos dessa pistola não possui numeração no cano e pode ser trocado por outro, ou seja, se o o assassino for profissional nunca será descoberto. A única coisa concreta que sabemos é que nossa segurança pública é um misto de servidores públicos mal pagos, disputa de vaidades, gente graúda que usa os escudos das polícias para se beneficiar em altos cargos e a completa falta de coordenação. O caso Becker não será o primeiro e não será o último caso a não ser elucidado. Há centenas de casos desse tipo anualmente que apodrecem nas delegacias por falta de investigação, por falta de uma polícia integrada e de serviços públicos que funcionem. Enquanto isso Yeda voa para anunciar às maravilhas de seu governo e Fogaça zzzzzzzzzzzzzz

3 de fev de 2009

Lula bate recorde, a mídia silencia e Serra arranca os cabelos

Um mês após assumir o governo, em janeiro de 2003, o presidente Lula foi avaliado no auge de sua popularidade e obteve 83,6 % de aprovação em pesquisa de opinião pública. Em janeiro de 2009 o presidente Lula foi novamente pesquisado e obteve 84% de aprovação na avaliação pessoal, um recorde. o governo do PT recebeu avaliação positiva por 72,5% dos entrevistados e 21,7% avaliaram o governo Lula como regular. O que chama a atenção é o fato de que estamos apenas no início da segunda metade do governo Lula e a pesquisa deveria apontar uma redução da popularidade e não o aumento, caso comparássemos a série histórica de pesquisas presidenciais. Outro fato relevante é que 70% da população apoia às ações do governo no que se refere à crise financeira mundial, ou seja, Lula tem o apoio popular esmagadora. Dando uma escaneada nos principais saites de notícias (terra, uol, globo) a pesquisa nem consta como destaque e o tema principal é o foco na desgraceira da crise. Pelo visto o discurso da "crise" é a aposta inicial do PSDB e da grande mídia para tentar derrubar Dilma, mas terá que atravessar por uma barreira de 84 pontos de aprovação do presidente Lula. Se o Serra ainda tem cabelo, a está hora já deve estar careca (ahahahahha).

Voa tucana, voa


Enquanto a governadora Yeda Crusius (PSDB) passeia pelo país, brincando de divulgar o déficit zero com dinheiro público para tentar remendar a imagem negativa que ela mesma criou do RS nestes dois anos, os trabalhadores, os investidores e empresários esperam. O governo com "coragem de fazer" não teve coragem de anunciar até agora nenhuma medida econômica ou social que colabore com o enfrentamento da crise. O silêncio do governo do PSDB é vergonhoso, e até o momento não se pronunciou sobre a proposta do empresariado de reduzir o ICMS de alguns produtos da cesta básica com o objetivo de manter o nível da atividade econômica no RS. A grande mídia guapa deu meia página de Zé H para Yeda divulgar o "fim da crise", e coloca na linha de tiro apenas o governo Federal como único capaz de gerar iniciativas de combate a recessão. O governo Lula tem se desdobrado desde o final do ano passado para enfrentar a crise internacional (investimentos da Petrobras, empréstimos do BNDES, aumento do bolsa-família, aumento do seguro-desemprego, redução do IPI dos carros populares, redução de aliquota do imposto de renda ufa....., faltou ar, investimento no PAC, recursos para projetos estaduais e municipais)
Aqui, Yeda partiu, ontem (02/02), num jato executivo locado com destino a Brasília e com outros roteiros ainda não definidos. Anuncia o fim da crise no RS (ahahahahha) e tem uma missão espinhosa: desmanchar a imagem podre que seus próprios marqueteiros caseiros criaram sobre o Estado,para que a imagem do PSDB não apodreça no RS antes de 2010, prejudicando a candidatura de Serra.

2 de fev de 2009

Na Caça aos baleeiros

A caça de animais em extinção é um vergonha internacional, principalmente se praticados por paises que o fazem por puro luxo e prazer, no caso o japão. clique em www.rsurgente.net para acompanhar a luta daqueles que lutam pelo futuro da humanidade e da preservação das espécies.

O PMDB dá às cartas



As duas Casas do Congresso elegerão hoje (02/02) seus novos presidentes para o biênio 2009/2010. Na Câmara dos Deputados o favorito é Michel Temer (PMDB-SP). No Senado Federal, a disputa é entre os senadores Tião Viana (PT-AC) e José Sarney (PMDB-AP), mas Sarney é o favorito. Também serão escolhidos os membros da nova Mesa Diretora das Casas. As Mesas Diretoras ditam a pauta dos plenários e designam os relatores das propostas. Como se vê o PMDB vai dar às cartas nestes próximos dois anos nas duas Casas e influenciará a sucessão de Lula e nos governos estaduais. Mesmo não possuindo candidatura própria para a presidência da República o PMDB demonstra que será o grande vencedor na disputa de 2010, independente de quem coloque a faixa (Dilma ou Serra). Se eleitos, Sarney no Senado e Temer na Câmara, ambos ditarão o ritmo das votações e a tramitação das principais pautas do governo Lula em 2009, inclusive verbas do orçamento e do PAC. Alguns deputados federais PMDB que ocupam cargos de secretário em seus estados já trabalham há meses na candidatura de Temer. Esse é o caso do secretário de saúde Osmar Terra (PMDB-RS), que abandounou a luta contra a febre amarela para se dedicar integralmente à eleição.

1 de fev de 2009

PT na presidência da Assembleia com 20 anos de espera

Para entender como funciona a roda da política - que é quadrada -, o Partido dos Trabalhadores, mesmo com sucessivas e expressivas bancadas, sendo hoje a maior do parlamento gaúcho, e tendo representação na Assembleia Legislativa desde 1987, nunca assumiu a presidência da Casa nestes vinte anos. O problema nem mesmo está na composição dos partidos, porque se fosse assim, o PT já teria assumido a presidência várias vezes. O problema sempre foi às articulações dos partidos conservadores ou de centro-direita. Esses sempre se revezaram para impedir, de forma estratégica, que o PT assumisse sistematicamente um dos maiores poderes do Estado, seja do ponto de vista político, seja o econômico, em função dos cargos e de seu orçamento. Claro que o que sempre norteou de forma concreta esses partidos foi a garantia dos melhores cargos para seus correligionários e o poder que isso acumula tanto para o PMDB de Pedro Simon, ou no Partido Progressita de Jair Soares, ou do PTB de Sérgio Zambiasi. O PP, por exemplo, que já foi a Arena, que já foi o PDS, teve vários e poderosos presidentes , dentre eles o deputado federal José Otávio Germano (indiciado na operação Rodin da PF no caso Detran) e o agroboy Frederico Antunes. Aliás, foi dos importantes cargos que esses partidos distribuiram que surgiram figuras conhecidas da sociedade gaúcha: macalão (PTB), Lair Ferst (PSDB) e Antônio Dorneu Cardoso Maciel (PP=ARENA=PDS=PPR). Vinte anos se passaram e a eleição de Ivar Pavan não representa apenas uma vitória petista, mas sim uma vitória da democracia sobre o conservadorismo. Ivar Pavan será efetivamente por um ano o 72º presidente da Casa, mesmo que em 2007 o deputado Fabiano Pereira (PT) tenha ocupado a Presidência, mas com um mandato tampão de apenas um mês. A grande mídia com certeza estará de olhos bem arregalados e com lupas do tamanho do telescópio Huble na gestão petista, afinal, se não se pode ter boas notícias do outro lado da rua (Piratini), fabricar noticias ruins contra o PT é uma especialidade do PRBS, que está em plena campanha eleitoral, rumo a 2010.

Foto: Marcelo Bertani - ag. AL/RS