8 de jan de 2009

Vermes: eles matam a todos

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou nesta quinta-feira (08) que suspendeu todas as atividades humanitárias na faixa de Gaza para evitar que seus funcionários sofram os ataques israelenses, depois que um comboio da agência da ONU para refugiados palestinos (UNWRA, na sigla em inglês) foi atingido. "Nossas instalações foram atingidas, nossos funcionários foram mortos, apesar do fato de as autoridades israelenses terem as coordenadas sobre nossas instalações e de todos os nossos movimentos serem coordenados com o Exército israelense", acrescentou. "É com grande pesar que a UNWRA foi forçada a tomar essa difícil decisão".

Yeda, Aod, Febre Amarela e o choque de gestão


Desde 1966 o Estado não registrava mortes causadas pela Febre Amarela. Isso mesmo, desde 1966, mas isso acabou. Depois de confirmar duas mortes por febre amarela o maravilhoso, esplendoroso governo Yeda saltou como pipoca na grande mídia avisando que irá fazer uma campanha de vacinação às pressas em 99 municípios. A própria informação veiculada no jornal Zero Hora de hoje (08/01) entrega o jogo da total falta de vigilância sanitária do governo do déficit zero .." Nos 99 municípios das regiões Noroeste e Central foram encontrados, desde outubro do ano passado, mais de 300 bugios mortos com sintomas da doença, que é transmitida aos humanos por mosquito..." Se morreram 300 animais em menos de um ano e o governo Aodiano não foi capaz de fazer uma ação preventiva, imaginem como anda o resto.

Olha o papo calavera do nosso secretário Osmar Terra depois da morte de 300 bugios " Nossa preocupação é que estão aparecendo mais animais mortos e deve aumentar a região de risco" . Quantos centenas a mais de Bugios precisavam morrer então para que o secretário tomasse providências ? Aliás ! o secretário-deputado não tinha assumido seu mandato como deputado Federal até semana passada ? Coordenava de Brasília suas ações ? ahahahaha

Agora adivinhem de onde virão mais de 1 milhão de doses de vacina contra a febre amarela para "salvar" o governo Aodiano da epidemia ? Simm ! do sacana governo Lula, o mesmo governo que Yeda não confia mais por causa da sacanagem que Lula aprontou em não deixá-la ampliar em 15 anos às concessões de pedágios. Vivas ao Novo Jeito ! Vamos exportar já esse modelo para o mundo, quem sabe para Israel.

PT condena terrorismo de Estado do governo de Israel

Os ataques do exército de Israel contra o território palestino, que já causaram milhares de vítimas e centenas de mortes, além de danos materiais, só podem ser caracterizados como terrorismo de Estado.

PT condena ataques criminosos

Não aceitamos a "justificativa" apresentada pelo governo israelense, de que estaria agindo em defesa própria e reagindo a ataques.

Atentados não podem ser respondidos através de ações contra civis. A retaliação contra civis é uma prática típica do exército nazista: Lídice e Guernica são dois exemplos disso.

O governo de Israel ocupa territórios palestinos, ao arrepio de seguidas resoluções da ONU. Até agora, conta com apoio do governo dos Estados Unidos, que se realmente quiser tem os meios para deter os ataques.

Feitos sob pretexto de "combater o terrorismo", os ataques de Israel terão como resultado alimentar o ódio popular e as fileiras de todas as organizações que lutam contra os EUA e seus aliados no Oriente Médio, aumentando a tensão mundial.

O Partido dos Trabalhadores soma sua voz à condenação dos ataques que estão sendo perpetrados pelas forças armadas de Israel contra o território palestino e convoca seus militantes a engrossarem as manifestações contra a guerra e pela paz que estão sendo organizadas em todo o Brasil e no mundo.

O PT reafirma, finalmente, seu integral apoio à causa palestina.

Ricardo Berzoini
Presidente nacional do PT
Valter Pomar
Secretário de Relações Internacionais do Partido dos Trabalhadores