22 de out de 2009

Nunca antes na história do Brasil


A energia elétrica está para nossa nós, assim como o fogo estava para os homens que viviam nas cavernas. Imaginem para quem está acostumado a chegar em casa e não poder ligar uma simples lâmpada, uma geladeira, uma TV, um rádio. Pois essa realidade ainda estava distante de milhões de trabalhadores nas áreas rurais de nosso imenso Brasil. O vídeo abaixo é do Programa Luz para Todos do governo Lula. Esse é o maior programa de inclusão elétrica que o Brasil já fez e tem a meta de fazer chegar energia elétrica para mais de 10 milhões de pessoas.

O material foi rodado no municipio de Erval Grande, perto de Erechim, no noroeste gaúcho. O vídeo tem 7 minutos e conta a história da família de Itacir Ramon, que em pleno século XXI dependia de velas e lampiões para iluminar sua residência. Não vamos nem falar da geladeira e de outras coisas cotidianas que usamos na cidade grande, como o simples ato de conservar um alimento ou um medicamento. Este era o caso da agricultora Maria de Lourdes Pinheiro de Oliveira, 59 anos, da localidade de Cerro da Gaudência, em Piratini. Ela recorria a um método pré-histórico de refrigeração para manter os medicamentos do tratamento do diabetes, transformando uma cacimba em geladeira. Ontem, ao ouvir o discurso de Lula, avisando a oposição de que vai inaugurar muitas obras, lembrei desse programa, que somente no Rio Grande do Sul já tirou da escuridão 2,2 milhões de gaúchos. São nesses mega-projetos de inclusão social que residem o grande pavor da direitona Brasileira e de seus aliados.

Yeda faz autovitimação midiática

O deputado Raul Pont, entende que o discurso da desgovernadora Yeda, ontem (21), tem o objetivo de promover sua autovitimação para sensibilizar a opinião pública. Segundo ele, há inúmeras evidências que mostram que, no mínimo, a governadora se omitiu em relação ao esquema montado no Detran,. Outro fato que chama a atenção são as inúmeras versões apresentadas para a compra da Casa.
Já o deputado Dionilso Marcon (PT) lamentou que a base do governo Yeda (PMDB,PSDB,PP,PTB,PPS) tenha rejeitado o pedido de impeachment da governadora Yeda Crusius, apresentado pelo Fórum dos Servidores. Para Marcon, o verdadeiro impeachment da governadora e dos deputados que votaram pelo engavetamento do processo virá das urnas, em outubro de 2010.
Essa nova fase de yeda nada mais é do que um belo esquema de markenting pensado pela nova agência paulista de imagem, contratada por Yeda recentemente. Vocês acreditam que ela viaja pra São Paulo e some porque foi convidada para alguma agenda com Serra ? Foi lá decorar o texto (ahahah)