25 de jun de 2014

O SUS, a Geni dos vira-latas



"Geni e o Zepelim" é uma canção, composta e cantada por Chico Buarque que fala de uma travesti (segundo representado na "Ópera do Malandro"), que era hostilizada na cidade. Porém, diante de uma ameaça de ataque de um Zepelim, o comandante se encanta com os dotes de Geni, que acaba sendo provisoriamente tratada de um modo diferenciado pelos seus detratores. Passada a ameaça, ela retorna ao seu dia-a-dia normal, no qual as pessoas a ofendiam e excluíam, revelando o caráter pseudo-moralista e hipócrita da sociedade.

Pois é assim que todo o jornalista Vira-Latas e qualquer imbecil que não entende nada de política de saúde pública abre a sua boca para falar mal do SUS. O primeiro mantra idiota que o songa monga repete é a crise no SUS. Aliás, o mesmo refrão é reproduzido pela classe médica, a mesma que se nega a ir para periferia com estão fazendo os médicos estrangeiros do Mais Médicos e não deixa transparente as centenas de casos de erros médicos cometidos no Brasil..

Será que o vira-latas e o coxinha não sabem que quando ocorre um acidente grave o SAMU, criado por Lula no Brasil seguindo o modelo Frances, é 100 % SUS ? Será que eles não sabem que as campanhas de vacinação contra doenças e gripe para crianças, idosos, gestantes, presos e servidores da saúde é 100 % SUS ? Será que eles "esquecem" da Farmácia Popular, sistema que o  trabalhador compra medicamentos por  até 90% do preço praticado nas farmácias é SUS ?? Esquecem dos HPS, das UPAs, dos 90 % dos transplantes feitos pelo sistema da maioria dos tratamentos de quimio e radioterapia são pagos pelo erário ?

Os vira-latas latem grosso contra o SUS mas "esquecem"de dizer que o direito universal à saúde não existe no pais que eles mais amam, os Estados Unidos. Lá quem não paga seguro não tem direito a tratamentos. Falam do SUS, mas não falam das responsabilidade das prefeituras e dos governos estaduais. NO RS, pela primeira vez o governo investe 12% na saúde contrastando com o 6,4 % do governo anterior..

Existem desafios ? Sim. É possível e necessário que exista planos privados ? Sim, até porque quem pode pagar e deseja atendimento diferenciado deverá ter esse direito, mesmo sabendo que hoje, o atendimento às vezes é inferior ao SUS em algumas situações.

23 de jun de 2014

Dilma sanciona 10% do PIB para educação nesta quarta-feira

A presidenta Dilma Rousseff sanciona, nesta quarta-feira o Plano Nacional de Educação (PNE). Com a medida, 10% do Produto Interno Bruto (PIB) será destinado para educação. O PNE estabelece metas a longo prazo para a educação e devem sere cumpridas nos próximos dez anos. O PNE estabelece meta mínima de investimento em educação de 7% no quinto ano de vigência e de 10% no décimo ano.

21 de jun de 2014

Sim ! nos torcíamos pela cavalaria americana. Sabe porquê ??


Quem no final da década de 1970 não assitia maravilhado os enlatados americanos que falavam da bravura dos soldados americanos, desbravadores da América, contra os malvados índios. Qual o menino daquela geração não sonhou em ter um Forte Apache onde a gente improvisava soldadinhos de plastico numa guerra sangrenta e imaginária contra aqueles malvados amarelos ? Pois isso chama-se indústria cultural, talvez a maior e mais poderosa de todas, que julgo superior até mesmo à máquina de vender armas americana.

Essa mesma  industria cultural e de entretenimento no Brasil está nas mãos dos barões da mídia e, dessa vez, a utilizam como nunca contra o governo através de programas de humor, variedades e musical. Atores,comunicadores, apresentadores e humoristas se revezam na rádio, TV, Jornais e internet na arte de atacar com sua cavalaria aqueles que realmente defendem sua terra, haja vista o recente fracasso da mídia contra a Copa do Mundo. 


Tenho certeza que nossa juventude não vai torcer pela cavalaria  como fizemos naquele tempo, onde nossas mentes eram manipuladas fazendo torcer contra aquele que defende nossa terra.

17 de jun de 2014

Governo Tarso aprova desvinculação dos Bombeiros da Brigada Militar


Compromisso de campanha do governador Tarso Genro, foi aprovada, nesta terça-feira (17/06), a desvinculação dos Bombeiros da Brigada Militar através de Proposta de Emenda à Constituição. A demanda é uma reivindicação histórica dos bombeiros do Rio Grande do Sul

Os deputados Luis Fernando Mainardi, Adão Villaverde e Miriam Marroni defenderam a proposta do governo. Mainardi argumentou ser esta uma luta de décadas, de fortalecimento de uma política de prevenção. Lembrou o velho ditado “mais vale prevenir do que remediar” para sustentar a prioridade que o governo do Estado deu à proposta. Villaverde definiu este dia como histórico. “Estamos dando um salto extraordinário, os bombeiros têm um papel fundamental, de defender a vida, e devem atuar fortemente em uma política de Defesa Civil que deverá ser implementada no próximo período”, afirmou, lembrando que o PT tinha este compromisso firmado no programa que levou Tarso Genro ao Piratini. Miriam destacou a dificuldade enfrentada dentro da corporação de compreender a necessidade desta separação e que o processo terminasse com consciência e sem atritos. “Foi um desafio enfrentado com coragem e determinação pelo nosso governo, agora temos uma tarefa importante para definir o modelo de gestão e autonomia da nova corporação”.

Para a bancada do PT, a Brigada Militar não ficará menor e o Corpo de Bombeiros se fortalecerá com esta medida. Atualmente, apenas os Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul mantêm este atrelamento; Bahia e Paraná estão em fase avançada de desmembramento. A ligação com a Brigada Militar traz problemas ao Corpo de Bombeiros. Hoje, a formação do bombeiro é mais próxima a do policial militar e não prevê uma série de conhecimentos e instruções específicas necessárias ao melhor exercício da profissão. A falta de um orçamento próprio também acumula as razões para a separação. Os currículos dos soldados de policiamento e bombeiros foram unificados e mais de 70% do conteúdo do Curso Básico de Formação do Soldado Bombeiro é matéria de policiamento. Por isso, a importância de corrigir esta situação.

Fonte: www.ptsul.com.br

13 de jun de 2014

A rebeldia da geração Mc lanche Feliz



Quem já não cruzou ou entrou numa lancheria do Mc Donalds e viu pais compra os Mc Lanche feliz para seus filhos com direito aos binequinhos ? Pois bem ! os moleques cresceram. Basta assistir o vídeo acima onde se trava um diálogo entre um pai e seu filho Black Bloc com idade não superior a 16 anos.O filho branco, bem cuidado, bem nutrido diz estar lutando por saúde e educação e seu pai diz: vai reivindicar quando tu tiver um emprego, eu pago tua educação.Pelo que noto, grande parte são jovens da classe média, na maioria com educação em escola particular, casa, comida, roupa lavada e uma boa banda larga para jogar FIFA 2014 no Playstation on line.

Sua justas utopias de mudar o mundo estão sendo canalizadas, manipulados e cooptadas de forma inteligente pelo o que há de mais escroto, conservador, tanto da extrema esquerda quanto da direita, com o objetivo de gerar o caos social. Esquecem esses jovens, ou talvez não se deem conta, que serão eles as primeiras vítimas quando a direita tomar o poder. Ontem (12), na manifestação em Porto Alegre, assisti populares parando carros da Policia Militar rogando que a PM atirasse para matar e passasse com a cavalaria por cima dos black Blocs.

São jovens que não viveram as agruras dos jovens das décadas perdidas dos anos de 1980 e 1990 assim como seus país viveram  e não têm a mínima noção dos avanços sociais e econômicos da última década, conquistas essas que garantiram os seus pais e de outros milhões de brasileiros o direito de poder trabalhar e dar uma vida digna às suas famílias. Há ! mas o Brasil ainda tem muito problemas ! Sim ! tem, mas qual o país que não tem. Avançar é preciso.

Sobre a Copa do Mundo no Brasil só tenho a dizer que no mundo só existem três eventos que chamam a a atenção planetária para uma única nação: (Guerras, Olimpíadas e Copa). Temos as duas últimas e espero nunca que os extremos não nos leve para a primeira opção.  


12 de jun de 2014

DEM e o PSDB levam a medalha de Ouro e de Bronze da Corrupção.

De forma hipócrita, a  mídia suja fez de tudo para associar a imagem do PT e do governo Dilma com a corrupção e colar isso tudo ao evento Copa do Mundo no Brasil. Quem tinha ou tem complexo de vira-latas e engole, rumina e vomita tudo o que a mídia diz sem nem mesmo verificar a verdade. 

Se pegarmos como base os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral,  o partido com maior número de parlamentares cassados por corrupção é do DEM, com 69 cassações e o PSDB tem medalha de Bronze com 58 cassados. Portanto, não reproduza mentiras. Quer saber em que lugar o PT está ?? Olha abaixo.


11 de jun de 2014

O que eles querem ? que volte o FHC ?

Ao questionar a vendedora ambulante na Capital porto-alegrense sobre a venda de bandeiras, apitos e vuvuzelas com as cores do Brasil  e da seleção brasileira, ela disse que graças a Deus estava saindo como água e que estava torcendo para que o Brasil ganhe a Copa. Ela disse que não entendia a razão de tanto mal humor de algumas pessoas e disparou: O que eles estão querendo ?? Que volte o FHC ?? Enchi a sacola com meus produtos e fui embora com um sorriso nos lábios.

O que os turistas vão pensar disso ??


Dilma faz pronunciamento pela realização da Copa do Mundo no Brasil

Em pronunciamento, nesta terça (10), Dilma afirmou que o Brasil venceu os principais obstáculos e está preparado para a ‪#‎CopaDasCopas‬. Ela comparou a organização do Mundial com uma partida na qual resultado e celebração final valem o esforço, esclareceu detalhes da preparação, e mostrou que investimentos em saúde e educação são 212 vezes maiores que os feitos em estádios




10 de jun de 2014

O que importa é ...

Lembro que há dois anos a mídia criticou a oposição por não ter capacidade de articulação contra o governo Dilma e muito menos contra Lula. Pois bem ! Agora ficou claro que quem assumiu esse papel foram os Barões da Mídia, que diariamente levantam palanques eletrônicos em rádios e programas de televisão.  Faustão, Luciano Hulk, funcionários miliardariamente bem pagos  para fazer o serviço sujo.

Não importa se nessa guerra a marca Brasil será destruída, o que importa é destruir o PT; não importa a verdade, o que importa é destruir o PT; não importa destruir a Petrobras, o que importa é destruir o PT; Não importa que não tenha água na Cantareira e vai falta o líquido em São Paulo, o que importa é destruir o PT; não importa dizer que o Brasil cresce mais que o país que eles moram de verdade, o que é destruir o PT; Não importa o pleno emprego, o que importa você já sabe.

5 de jun de 2014

Milionários no Congresso precisam de salário ou querem outra coisa ?



O jornal da Band fez ontem (04/06) uma reportagem e a propaganda de livro, baseado em reportagem sobre parlamentos europeus, que em alguns casos são bem espartanos, sem salário para deputados e muito nada de mordomia. Em tese eu concordo se o Brasil não fosse ainda tão desigual e se aplicada a mesma norma, tornaria o país ainda mais desigual. O problema é que contaram apenas a metade da historia. 

Primeiro, existe vários milionários no Congresso e estão em cinco partidos políticos: três do PMDB, dois do PR, do PP e do PSDB e um do PTB. O que esses milionários querem ?? ganhar R$ 29 mil ??
Assim como esses, existem outra dezenas de parlamentares riquíssimos que estão se lixando para a "merreca".

 Sabe o que eles querem ??? PUUUUUUDERRRRR. 


Segundo, não disseram, por exemplo, que a maioria dos parlamentares que hoje estão no Congresso nacional representam uma plutocracia, pois são financiados pelos grande empresariado, o latifúndio,empreiteiras, a banca internacional e o cartel da medicina e para esses grupos devem favor ou são os próprios donos dessas empresas. 

A guerra que os tucanos travam para voltar ao poder não é para o povo, mas para manipular orçamentos e concentrar ainda mais o poder e os meios de comunicação nas mãos dos mesmos que há 500 mandaram. 

Vejam o caso do senador Blairo Maggi (PR), chamado de o rei da soja, que também ganha o salário de R$ 29 mil no Congresso. Seu nome está na lista de bilionários da Forbes, portanto também não precisaria de salário e nem de benefícios do erário.

O senador Tasso Jereissati (PSDB) e sua família são donos do grupo Iguatemi (do segmento de shopping), emissoras de tv, rádios e dono da fábrica da Coca-Cola no Ceará e possuem patrimônio avaliado em R$1,5 bilhão de reais, e em tese também não precisaria de salário do Congresso.

Mas o ponto que quero chegar é que aqueles que realmente defendem a classe trabalhadora no Congresso precisam do salário para sustentar seus mandatos. Portanto, para mudar isso é preciso de reforma política profunda.

De qualquer forma eu aceitaria um parlamento espartano por imposto de 75% sobre grandes fortunas no Brasil com é na amada França que a burguesia brasileira tanto ama, mas não declara renda lá.