16 de out de 2009

Camponesas do RS comemoram 20 anos de Luta, Conquistas e Resistência


A atuação das mulheres do campo nas lutas populares se dá a partir dos anos 80, por ocasião da luta pelos direitos de reconhecimento da profissão de trabalhadora rural e conseqüentemente pela documentação e direitos previdenciários. Neste período há toda uma discussão a cerca da Constituição Federal de 1988, com muito trabalho de base, articulação, caravanas para Brasília e coleta de assinaturas para abaixo-assinados. O ano de 1989 é o marco simbólico na organização de um movimento autônomo de mulheres do campo, denominado inicialmente como Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Rio Grande do Sul.

A data para a comemoração destes 20 anos será dias 17 e 18 de outubro de 2009, no Parque Municipal de Exposições Telmo José Schardong, em Palmeira das Missões.Durante os dias as camponesas farão estudo sobre a conjuntura atual e os desafios para a agricultura camponesa e as mulheres. Comemorarão sua história num show com cantores populares e farão uma feira, onde levarão produtos da agricultura camponesa para venda, troca e mostra. Para maiores informações acesse: http://www.mmcbrasil.com.br/

Burguesia guasca toma conta da orla de Porto Alegre e de Eldorado do Sul


A burguesia guasca aos poucos começa a tomar conta da orla pública do guaíba, aos moldes do que já ocorre no litoral do nordeste (quem já foi lá sabe do que estou falando), só que agora é do outro lado do rio. Como se não bastasse a tentativa de erguer espigões residênciais no Pontal do Estaleiro, na Zona Sul de Porto Alegre, agora, a especulação imobiliára ataca na vizinha Eldorado do Sul, hávida por "desenvolvimento". O projeto chama-se o Ponta da Figueira Marina e terá apenas 305 lotes de, no mínimo, 600 metros quadrados, com valores a partir de R$ 290 mil.
Segundo o próprio anúncio a infraestrutura indoor contará com brinquedoteca, salão de jogos, lounge com bar, restaurante, sauna seca e úmida, spa, piscina coberta com raia semi olímpica, boate, salão de festas, fitness, área de ginástica, estética, office e loja de conveniência. Na área outdoor terá quadras de tênis cobertas e aberta, padle, cancha de futebol e poliesportiva, pista de skate, bocha, quiosques para churrasco e salão de festas infantil. Playgrounds para crianças estarão espalhados pelas praças do empreendimento (poderiam começar a falar inglês no tal empreedimento)
Do outro lado da BR-290, centenas de moradores estão sendo enxotados para longe porque ocupam há 30 anos o local que o Ministério Público Estadual (sempre eles) entende que lá está o Parque Estadual Delta do Jacuí . No entanto, nesse mesmo lado, estão dezenas de mansões com marinas, e lá, para o MPE, está tudo certo.