29 de mai de 2009

Parabéns ao Ministro da Educação

Sempre defendi que o estudante universitário que é custeado pelo governo Federal, seja na universidade pública, seja ele na privada, deveria, ao final do curso ou durante, contribuir socialmente pelo investimento público feito pelo Estado na sua formação, principalmente num país com carência de profissionais especializados. Médicos, dentistas, enfermeiros, engenheiros, por exemplo, que se formassem pela Universidade Federal, poderiam passar um semestre prestando serviço comunitário para o próprio governo. Falo isso porque o ministro da educação, Fernando Haddad tomou uma grande iniciativa: garantir que os estudantes que tomaram o financiamento estudantil para fazer cursos de Medicina ou de licenciatura possam pagar suas dívidas trabalhando no Programa de Saúde da Família, no caso dos médicos recém formados, ou lecionando em escolas públicas no caso das profi. Isso deveria ser obrigatório pois garanto que resolveriamos rapidinho o problema da falta de profissionais especializados no interior e da falta de médicos nos rincões do Brasil. Parabéns ministro por essa bela iniciativa. Aliás, pra mim, Fernando Haddad é um bom plano B para Lula em 2010 e 2014, 2018, aahahahahahha!