30 de dez de 2009

Explodindo dinheiro

Eu fico enjoado com a atitude de quando alguém explode bombinhas, rojões ou foguetes. Não suporto ouvir e nem ver que os animais ficam enlouquecidos com tamanha insanidade "humana" em explodir foguetes e "queimar" dinheiro. Daqui 100 anos alguém vai passar por aqui e dizer: " isso era completa ignorância". Pega essa grana e dá pra alguém que precisa, comprar comida para quem passa fome e ou ajuda alguém, mas comprar bombas pra ouvir zumbidos é pura insanidade mental.

Mapa do Brasil para Serra


O Portal de Luís Nassif brinca e apresenta, em uma de suas postagens, um link para montagem do Mapa do Brasil. Segundo ele, seria interessante que José Serra (PSDB) indicasse este exercício a seus subordinados da Secretaria da Educação de São Paulo. Como foi noticiado, a Secretaria distribuiu livros didáticos com erros grosseiros na composição geográfica do Brasil, além de apresentar o Mapa-Múndi com a nomeação equivocada de alguns países fronteiriços ao Brasil. Para montar o mapa corretamente Clique no Link

Governo Yeda mandou Casas Bahia embora

Que as Casas Bahia não iam lá muito bem das pernas no RS já se sabia, haja vista o fechamento de algumas lojas no interior do Estado. No entanto, fechar todas as lojas e encerrar as atividades me parece ser uma resposta, uma espécie de tapa na cara no governo Yeda em resposta aos 45 autos de infração aplicados pela Secretaria da Fazenda referente a compras com cartões de crédito, perfazendo um total de R$ 52 milhões de reais. Como pagar para trabalhar não deve estar na cartilha do ex-dono e agora sócio da empresa, o senhor Samuel Klein (ahahhaha). Provavelmente a decisão de fechar tudo deve ter sido um bom negócio para Klein aqui na terra guapa (ahahahah).

Entrei nesse assunto porque ontem (29) li Zé H discorrendo sobre a tal da falta de "gauchismo" da empresa (ahahhacofocofcof me engasguei ahahha), e que a empresa "não conseguiu superar as peculiaridades estaduais"। Achei até que era piada, já que uma empresa que fatura R$ 13 bilhões de reais anualmente e já estava por aqui há cinco anos deve saber bem do que estava falando। Se realmente o espírito do gaúcho não estava representado em suas lojas no RS (aahahha), uma espécie de corpo estranho nas entranhas do Rio Grande, porque nunca se ouviu falar sobre o assunto nas colunas de economia do jornal ? Aliás, o departamento comercial da PIG guasca nunca recusou os anuncios da empresa, e provavelmente fará falta no fechamento do faturamento do mês। Na minha opinião a matéria foi pura balela da mídia guasca para proteger o governo Yeda. As Casas Bahia saíram porque foram "expulsos de maneira moderna",talvez enxotados por intéresses ainda obscuros mas que será clareado nas listas de doações oficiais de campanha em 2010.
O que mais me deixa chateado é que mais de 600 trabalhadores perderam seus postos de trabalho e o seguro-desemprego não é pago em 17 vezes como nas Casas Bahia. Que a PIG defende o PSDB até os ossos e quer blindar a candidatura de Serra na terra guapa todo mundo sabe, agora, fazer blá-blá-blá de gauchismo para escamotear os fatos já passa dos limites.

27 de dez de 2009

Fogaça: o popular

É deveras impressionante a capacidade que os barões guascas da mídia têm de cacifar seus "escolhidos" na política e deixar os caras na mídia o maior tempo possível. O prefeito fantasma de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB), aparece em terceiro lugar como o prefeito mais popular entre nove capitais, segundo uma pesquisa feita pelo Datafolha (ahahaha). Inicialmente, o ideal seria fazer uma pesquisa na Capital para saber se a população sabe quem é o prefeito da cidade, ou se sabe quais são obras importantes da sua gestão na condição de alcaide. Digo isso porque nesses cinco anos de admistração, ou da falta dela, pouco se viu, assistiu ou ouviu falar das realizações da gestão Fogaça. Os problemas com os buracos, lixo, alagamentos e a falta de iluminação pública parece até que não são de responsabilidade de ninguém, e o tal prefeito da mudança mais parece uma entidade fantasma.
Essa estratégia de mídia e da mídia de "esconder" para não queimar até funciona por um tempo, mas assim como a mentira, chega uma hora que a população começa a ver e sentir também os frutos da competência ou a incompetência de uma gestão. No caso de Fogaça a segunda opção é a que mais se encaixa ao seu perfil. Aposto o que quiserem que mesmo na condição de candidato "novo" ao governo do RS, o nome Fogaça não é mais novidade, e seu estilo de fazer não fazendo começa a aparecer no dia-a-dia da cidade.
Além de ter sido um senador do RIO GRANDE que NÃO SE PAGOU e um prefeito incompetente, uma espécie de clone piorado de Rigotto, Fogaça consegue arrancar elogios apenas de quem tem grandes intéresses em manter-se no poder, ou seja: os mesmos que dão sustentação política para o desgoverno Yeda, fazendo o Estado crescer como rabo de cavalo, para baixo.

Fogaça é uma versão piorada de Rigotto.

26 de dez de 2009

E o Marcelo Cavalcante ?

Ainda faltam muitas explicações da polícia de Brasília sobre a misteriosa morte de Marcelo Cavalcante, ex-assessor de Yeda, que estava com depoimento marcado na Justiça Federal, alguns dias depois da sua morte. Marcelo faria um depoimento sobre supostas denuncias de corrupção e de caixa 2 na campanha tucana.Até agora ninguém conseguiu dar uma explicação convincente sobre o que ocorreu com o assessor, que apareceu boiando no Lago Paranoá. Daqui 40 dias completará 1 ano sem nenhuma conclusão definitiva sobre o que ocorreu com ele. Com a palavra a polícia.

Corrupção guasca era muito mais sofisticada

Hoje (26), em Zé H, estão publicados dois artigos de parlamentares estaduais. O primeiro é do deputado Coffy Rodrigues, relator da CPI da Corrupção, e o segundo é da presidente da mesma Comissão Parlamentar, a deputada Stela Farias (PT). Coffy ataca o Ministério Público Federal, chamando de patético e de espalhafatosos os procuradores. O deputado vai mais longe, e afirma que a Justiça Federal inocentou Yeda. Até os minerais sabem que Yeda não foi inocentada, apenas a justiça afirmou que não tinha competência para julgar a governadora, e que cabia aos deputados estaduais essa tarefa. No restante do artigo o deputado ataca o PT, acusando-o de circo midiático e que como relator fez seu papel ao investigar a Atento (AHAHAHAHAHAHA), isentando o governo de responsabilidade. Em nenhum momento o deputado destaca o papel fundamental nas denúncias e delações de corrupção que seus próprios ex-companheiros de partido tiveram. Outro fato desconsiderado pelo deputado tucano é de que três presidentes do Detran tenham caído nesse governo, sendo um deles preso pela Policia Federal e outros dois demitidos pela governadora, por não concordar em pagar uma suposta dívida de R$ 16 milhões do Detran com a empresa Atento

O segundo artigo, de autoria da deputada Stela Farias, compara os recentes casos de corrupção descobertos no governo Arruda (DEMO), no Distrito Federal, com o que ocorreu no RS. Segundo Stela , o grau de sofisticação da rapinagem do dinheiro público daqui da terrinha era muito mais elevado. Segundo ela, os esquemas de corrupção desbaratados pelas Operações Rodin e Solidária mostraram à sociedade um: "grupo criminoso, sofisticado, organizado em moldes empresariais, especializado em desviar recursos públicos para o financiamento de estruturas partidárias, de caixa 2 em campanhas eleitorais ou simplesmente para o enriquecimento ilícito dos envolvidos. Um grupo que possui poderosos padrinhos políticos, relações com cartéis de empresas e operadores dentro do aparelho de Estado."

A rapinagem, segundo a parlamentar, teria desviado pelo menos R$ 350 milhões dos cofres públicos do Estado, podendo chegar a R$ 500 milhões. A deputada confirma que a CPI da Corrupção, criada para investigar todos os fatos descobertos pela PF, foi boicotada pelos partidos que apoiam o governo Yeda Crusius. Mesmo assim, segunda ela, foi possível montar o quebra-cabeça da corrupção,expondo o método de ação de grupos acusados de integrar uma quadrilha no setor público. A deputada ao final pede que a sociedade sociedade gaúcha faça seu juízo e tome suas decisões.

Será que ficar em último lugar, abaixo do governador Arruda na pesquisa Datafolha na avaliação dos governadores já não é uma resposta da sociedade ? Aliás, o PSDB nacional parece que não quer associar a imagem da sua governadora com a de seu candidato a presidente. Porque será ?

25 de dez de 2009

A farra tucana com o fundo previdenciário


Yeda concedeu um gordo presente de natal para as empreiteiras. Os tucanos jogaram no lixo o discurso de déficit zero e vão torrar R$ 700 milhões em apenas 12 meses para tapar buracos nas estradas. Que nossas estradas precisam de manutenção ninguém duvida, mas utilizar o recurso do fundo previdenciário, que teve como origem a venda de parte do patrimônio público (Banrisul), é muita falta de coerência política. Quem não lembra dos discursos dos staf de Yeda ocupando generosos espaços na mídia defendendo austeridade com o dinheiro público, sacrificando a segurança pública, saúde pública e a ausência completa de políticas sociais ?

Agora, Yeda e sua turma, faltando exatos 12 meses e 7 dias para o fim do governo tucano, recebe um cheque gordo da Assembleia para torrar quase R$ 1 bilhão de reais para tapar buracos. Outro ex-governador que fez coisa semelhantes foi Antônio Britto (conselheiro de Yeda), fazendo a alegria das empreiteiras e deixando apenas placas e obras abandonadas por falta de recursos. Enquanto isso, por exemplo, o RS é um dos Estados que ranqueiam a falta de postos de urgência nos municípios .

Não é de graça que Yeda recebeu a pior avaliação entre todos os governadores do Brasil (nota 3).
Charge:Kayser

24 de dez de 2009

EnVIADO congelado

Nosso enVIADO especial a Londres, Eduardo Quadros (Bola), nos envia (ahahah) imagem de como um latino americano e sua família está se virando naquela friaca toda. Se a gente acha que o minuano é frio, imagina nevando. Bola! aqui tá um calor de 30 graus (ahahahahhaa), Feliz Natal e boas entradas (ahahahah).

23 de dez de 2009

Salário mínimo sai da C.T.I

Quando o senador Paulo Renato Paim (PT) fazia greve de fome no Congresso Nacional para exigir do governo tucano (FHC /SERRA / YEDA / AÉCIO) U$ 100 dólares, o governo do PSDB tegiversava e afirmava que não seria possível pois o Brasil não "suportaria" tamanha carga. (ahahahahahahhahaha). De 2003 a 2010 o aumento real (descontada a inflação) do salário mínimo será superior a 44%. Todos nós sabemos que o valor ainda é insuficiente, mas faz com que a lei do salário mínimo, criada por Getúlio Vargas, saia da C.T.I. Não só o governo liderado pelo PT reajustou o sálário acima dos U$ 200 dólares como transformou o Brasil num canteiro de obras em plena crise financeira internacional. Quem tem dúvida sobre qual projeto deve continuar em 2010 é porque não quer enxergar.

22 de dez de 2009

Base aliada de Yeda recua

Com a chegada do período pré-eleitoral, os deputados da base aliada de Yeda (PMDB,PP,PPS,PTB,PSDB) tiveram um ataque de sensibilidade (ahahahha) e recuaram ao retirar o caráter de urgência da votação do projeto do magistério e dos brigadianos. Na realidade sentiram que acorda estava apertando o pescoço e resolveram desapertar o nó antes que o cadafalso se abrisse (ahahahahahahha). Se fosse início do governo já estariam comemorando a aprovação e mandando professores e brigadianos às favas em nome da governabilidade (ahahahha). O certo é que com a chegada de 2010, o café de Yeda ficará mais frio a partir de fevereiro e o salve-se quem puder da base aliada vai enterrar de vez o projeto original do PSDB. Ter que dar explicação em campanha não é uma boa plataforma para nenhum candidato.

Parabéns ao deputado Álvaro Boessio

Parabéns ao deputado Álvaro Boessio (PMDB) que tem a coragem de, mesmo na condição de suplente, desafiar o governo tucano de Yeda. Boessio tomou a decisão de votar contra os projetos que prejudicam o funcionalismo público (brigadianos e professores). O preço da coerência é a perda do mandato precário pela condição de suplência. No seu lugar reassume o deputado Marco Alba (PMDB), atual secretário da Habitação. Alba votará a favor dos projetos.

Dantas de lombo liso

Tem um ditado popular que diz que rico no Brasil não vai para cadeia (bingo). No caso dos crimes de colarinho branco, e contra o erário público, essa crença é ainda mais evidente. Por isso, está mais do que na hora de a sociedade começar a contestar a justiça brasileira. São tantos recursos judiciais e saídas jurídicas que será difícil que, por exemplo,o banqueiro Daniel Dantas, do Grupo Opportunity saia de lombo liso e fazendo banana para o povo brasileiro.

É vergonhoso saber que ontem (21) uma decisão do ministro do Superior Tribunal Justiça tenha bloqueado todos os atos da operação Satiagraha, inclusive a ação penal que condenou o banqueiro corrupto a 10 anos de prisão por crime de corrupção ativa. A sentença foi determinada pelo juiz Fausto de Sanctis. Para se ter idéia do estrago que esse ministro fez, Dantas está livre da denúncia da Procuradoria da República por crimes financeiros, evasão e lavagem de dinheiro. Até julgamento de mérito, a Satiagraha está congelada e De Sanctis amordaçado e com as mãos amarradas. Ficam suspensas também o rastreamento de supostas contas do banqueiro no Exterior.

20 de dez de 2009

Marco Aurélio chama Lula de analfabeto

Um dos diversos temas aprovados na 1ª Conferência Nacional de Comunicação é o respeito às minorias e aos direitos humanos. No entanto, o pseudo cartunista Marco Aurélio, que tem uma página inteira em zé H dominical, além de não saber fazer humor tem por hábito usar o espaço para desqualificar o PT e Lula. Neste domingo, o cidadão escreve: "O ensino no Brasil tornou-se obrigatório após os cinco anos, o Lula está a sete e nada".

Chamar o presidente da república de analfabeto é no mínimo um preconceito, haja vista que nesses sete anos foi o dito presidente "analfabeto" que mais criou Universidades Federais em todo o Brasil(12 ao total), além de criar centenas de escolas técnicas. Para ficar no campo da educação, posso afirmar que foi no governo do dito presidente "analfabeto" que a educação voltou a ser prioridade, voltando a ter a importância e a qualidade que a ditadura brasileira e os governo neoliberal de FHC quase destruiu . Quantas universidades foram criadas no governos tucano de FHC ? QUAL FOI O INVESTIMENTO DO PSDB NA EDUCAÇÂO NOS OITOS ANOS DO PSDB NO GOVERO FEDERAL ? COMO ESTÁ A UERGS NO GOVERNO TUCANO DE YEDA ?

Uma opção muito interessante para verificar os investimentos públicos do governo Lula no Rio Grande do Sul é acessando o link que contém todas as ações do governo Federal no estado. Você pode procurar o assunto de seu interesse para sua região ou seu município. Só Porto Alegre, por exemplo, já recebeu 3,8 bilhões de recursos Federais, sendo 8 mil bolsas do PROUNI e R$ 457,8 milhões de reias em investimentos na área para a Capital.

O que me incomoda nesses vassalos que estão a serviço dos barões da mídia é o fato de que como já não conseguem atacar o PT, Lula e Dilma devido ao sucesso do governo, tentam desqualificar atingindo a honra e a imagem, no caso de Lula chamando-o de analfabeto. Posso afirmar que mesmo que eu possuísse dez faculdades e doutorado em Sorbone (ahahahahha), nunca chegaria no status que o presidente Lula possui hoje. Como diz o presidente Obama: LULA É O CARA

17 de dez de 2009

1ª Conferência avança e aprova importantes medidas


Centenas de propostas já foram aprovadas na 1ª Conferência Nacional de Comunicação. Nosso grupo GT4, fez aprovar, após muito debate no GT, e referendada no plenário, importantes medidas para a comunicação. Uma delas dispõe que toda a produção de conteúdo realizada por jornalistas e radialistas que atuam na mídia, excetuando o campo público, não poderá ser vendido pelo veículo para o qual trabalha sem o seu, conhecimento, consentimento e devida remuneração. Outra medida aprovada foi a isenção de recolhimento de direitos autorais para rádios comunitárias.

16 de dez de 2009

Saúde: governos tucanos são os que menos investem

Está publicado hoje (16), no jornal O Globo, na página 03, o estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - Ipea, que analisou a atuação do poder público da área da saúde. O estudo constatou que em 1.867 municípios brasileiros (33,5% ) não existe ATENDIMENTO DE URGÊNCIA. Coincidência, ou não, os piores do ranking são administrados pelos governos tucanos. Os dados apontam que Minas Gerais (Aécio) possui 21,3% dos municípios sem atendimento de emergência, seguidos pelo Rio Grande do Sul (Yeda) com 14,1 % e São Paulo (Serra) com 9,9%. A saber: Yeda investiu apenas 5,6% dos 12% obrigatórios na área da saúde, fazendo ressurgir epidemias para o RS (Febre-Amarela) e a gripe suína, da qual o RS foi o campeão em mortes.

Relatório Chapa Branca

Ninguém tem dúvida de que o relator da CPI, deputado Coffy Rodrigues (PSDB), apresentará um relatório chapa branca na CPI da Corrução, tanto é que ele já avisou que ninguém será indiciado. Aliás, é bem provável que ele apresente a desgovernadora Yeda como vítima do PT e de seus ex-aliados (ahahahahhaha)

O verdadeiro relatório será o paralelo, que será apresentado pela presidente da CPI da Corrupção, Stela Farias (PT), na próxima segunda-feira. Nele, a deputada Stela pedirá o indiciamento de até 30 pessoas. A novidade é que dos indiciados, estão, além de membros do primeiro escalão do governo estadual, a presença de secretários da prefeitura de Porto Alegre. O documento deve pedir o indiciamento também de "empresários", envolvidos em supostos esquemas de favorecimentos em licitações.

15 de dez de 2009

Um marco para as comunicações no Brasil

Os debates temáticos da 1ª Conferência Nacional de Comunicação fizeram pegar fogo o Centro de Convenções Ulysses Guimarães em Brasília. Os grupos foram divididos por eixos: Produção de conteúdo, Meios de Distribuição e Cidadania:direitos e deveres. Articulações de grandes grupos econômicos, dos movimentos sociais, de governos e da sociedade civil estão transformando a Conferência num marco para ficar na história da comunicação no Brasil. Após aprovar e sintetizar todas as propostas aprovadas, o documento será ratificado num grande debate que começará amanhã, de onde sairá um documento balizador para os grandes temas da comunicação no Brasil. Recomendo que todos os que amam a comunicação e que desejam a democratização desses meios no país que fiquem atentos ao documento final a ser produzido na quinta-feira. Todos os brasileiros sairão vitoriosos com esse debate. Tenho a convicção de que estamos fazendo história para futuras gerações.

Acompanhe ao vivo pelo site: http://www.comfecom.com.br/

Aracruz sai com rabo no meio das pernas do RS

Com um cheque de R$ 1 bilhão de reais, a Aracruz foi embora do RS com o rabo no meio das pernas. Vendida ao grupo chileno CMPC, a tal empresa que iria revolucionar a região sul e duplicar a planta de celulose de Guaíba juntou seus mijados e saiu à Francesa. A nota está publicada em Zé h de hoje (15) escondida na página 24 ente dois imensos anúncios publicitários. Vamos ver qual será a repercussão da mídia guasca e de seus âncoras e colunistas. Segundo a nota, o presidente do grupo que controla a Aracruz virá ao RS se despedir dos gaúchos e da governadora (ahahhahahahha). Espero que ele passe em Guaíba em carro aberto (ahahahahahhaa).

14 de dez de 2009

1ª Conferência Nacional de Comunicação


Estamos em Brasília para participar da 1ª Conferência Nacional de Comunicação. O evento é organizado pelo Ministério das Comunicações. O tema Central da Conferência é "Comunicação:meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital" e foi desenvolvido tendo três eixos temáticos: "produção de conteúdo";"Meios de distribuição"; e "Cidadania:direitos e deveres". São 1684 delegados eleitos nas fases estaduais e distrital, e que representam organizações sociais, empresárias eo Poder Público, além de convidados especiais e participantes. O encontro tem início hoje (14) até o dia 17, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

A primeira Confecom tem como meta global criar um ambiente para a elaboração de propostas orientadoras na formulação de uma política nacional de comunicação, garantindo a participação social em todas as etapas.

12 de dez de 2009

E agora ?

Quero ver o que as "forças Vivas" guascas vão fazer agora com a denúncia da ex-cunhada do deputado Marco Peixoto (PP,)Margot Elidia Peixoto, que tanto ela quanto o ex-marido, Paulo Gerson Peixoto – irmão do parlamentar-conselheiro –, apenas emprestaram seus nomes para que o parlamentar pudesse gerenciar a empresa Marco Construções. Segundo ela, serviam de "laranjas" ao se fazer passar por proprietário da construtora nas transações.

2010: PRBS pode lançar candidatos próprios

Os Barões da mídia guasca já estão meio cansados de tapar o sol com a peneira da corrupção mampitubiana, e segundo meus cálculos, já têm no mínimo três potenciais pré-candidatos para disputa no parlamento guasca, na Câmara e no Senado. Ana Amélia, Lasier Martins e Afonso Motta podem vir a representar os "interésses" das forças "vivas" guascas (mídia, latifúndio, agronégocio e grandes empresários). Mendes Ribeiro, José Antônio Daut, Maria do Carmo, Paulo Santa' Ana, Antônio Britto, Sérgio Zambiasi, Paulo Borges e outros tantos que nem me lembro foram eleitos pela grande exposição de suas imagens na grande mídia.

11 de dez de 2009

Gatos:eles ainda vão conquistar você

2010:Lula & Dilma

Presente de natal


No boletim informativo do PSDB que circula pela Assembleia, a desgovernadora Yeda ataca a oposição: [...venho enfrentando a oposição feroz do PT, do PSOL e do CPERS, que formam uma verdadeira confraria do mal... A ela se somam os oportunistas que escolhem esse lado para tentar obter o poder.....]

Em menos de três anos o governo Yeda já trocou quase uma centena de assessores do primeiro e do segundo escalão, a maioria vitimados pelo fogo amigo de ex-militantes tucanos e ex-colaboradores de campanha de Yeda. Muitos deles, pegos nas operações Rodin e na Solidária, da Policia Federal. Sem saída, a tucanagem correu para a justiça e ofereceu delação premiada, informando detalhes de como se dava o desvio de recursos públicos no governo Yeda, mas que teve inicio no governo Rigotto e só aperfeiçoado a partir de 2006.

Infelizmente (ahahahha) não foi a oposição a responsável pelo desgaste de yeda junto à opinião pública. Seu desgaste se deve ao descalabro ético de seu governo e a delação de seus companheiros que tinham livre acesso ao Palácio Piratini. Também escudado no govenro Yeda, o PMDB guasca cerrou mulharas e impede qualquer tipo de investigação na CPI da Corrupção (porque chega na gestão da prefeitura de Porto Alegre), mesmo tendo pilhas de provas legais.

Aliás, a moda agora é desqualificar as provas legais, afirmando que as mesmas não refletem o contexto (dolar na meia, na bolsa, na cueca). O caso Arruda é o clássico: ao ter a sua imagem veiculada na mídia, recebendo uma tora de oncinhas e beija-flores, afirmou que era para comprar panetones para o povo (ahahahaha). Outro é o deputado federal José Otávio Germano (PP), acusado de integrar a quadrilha que desviou R$ 44 milhões do Detran, que teve a cara-de-pau de contestar (mas não levou) a legitimidade da juíza Simone Barbisan Fortes, titular da 3ª Vara Federal de Santa Maria, para seguir no comando da ação de improbidade administrativa contra ele e outros sete réus.

E como grande presente de natal, a base de Yeda (PMDB, PTB, PP) presenteou a sociedade gaúcha com a eleição do deputado Marco Peixoto (PP),para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. E depois, nós guapos, falamos mal dos paulistas que já elegeram Pita,Maluf e Serra.

10 de dez de 2009

BM de Arruda arrebenta a pau os estudantes



Ontem (09) o governo Arruda mandou baixar o pau nos estudantes que protestavam contra a corrupção do Demos em Brasília.Gás lacrimogêneo,cavalaria, balas de borracha, bombas de efeitos moral e gás de pimenta.Até a imprensa apanhou e levou gás na cara. As imagens são impressionantes e lembra um certo coronel guasca. Quero ver se a imprensa livre (aahahahahhahaha) vai condenar a violência contra a imprensa promovida pela Policia Militar do Distrito Federal .

8 de dez de 2009

A raposa cuidando do galinheiro



A tropa de choque de Yeda na Assembleia aprovou a indicação do deputado Marco Peixoto (PP) ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Foram 34 votos a favor, legitimando a indicação. Peixoto assumirá a vaga deixada por João Luiz Vargas, em razão de sua aposentadoria. Os deputados do PP, PMDB, PTB e PSDB se revesaram na defesa de Peixoto, tendo como ponto alto o discurso do paladino da ética, o deputado Alceu Moreira. Imaginem essa turma toda governando com Fogaça ? Será o paraíso na terra (ahahahahahaha).
Charge:Kayser

Nomeação de Marco Peixoto pega fogo da AL

O debate sobre a nomeação do deputado Marco Peixoto para o Tribunal de Contas está pegando fogo na Assembleia Legislativa. A base de Yeda (PMDB, PSDB, PP, PTB) está firme em aprovar o nome de Peixoto para o TCE. Até agora se revezam na tribuna os deputados do PT e da base aliada de Yeda.
http://www.al.rs.gov.br/tvassembleia/

7 de dez de 2009

Quem planta vento colhe tempestade


Os barões da grande mídia e seus aliados capitalistas sempre apostaram no chamado desenvolvimento sem limites, condenando em seus editoriais os órgãos ambientais que "travavam" a economia. Agora que o bicho começou a pegar com tornados, vendavais, secas, aumentos de temperatura, destruição de lavouras e consequentemente o aumento dos alimentos,os barões fazem um mea-culpa. Eles "exigem" que no encontro de Copenhague, que inicia hoje, os governos trabalhem para impedir mudanças radicais no clima mundial. Zé H de hoje (07) lança o editorial: UMA ESCOLHA PARA A HISTÓRIA anunciando que 56 jornais de 44 países falam com uma a só voz, por meio do mesmo editorial (mas sempre foi assim ahahahhaa), exigindo técnologias limpas e defesa da natureza.

Enquanto os chamados "baderneiros" do MST denunciavam os malefícios para o meio ambiente ocasionados pelas lavouras de eucaliptos, pelo agronegócio com suas monoculturas e seus pesticidas, e pelas construção de grandes barragens que destroem centenas de hectares de terras férteis, nossos barões abençoavam o coronel Mendes e o ex-secretário do meio ambiente de Yeda— membro do "glorioso" MPE — Otaviano Brenner de Moraes, por acelerar o destravamento ambiental.

Recentemente o PL 154/2009, que tramita na Assembleia Legislativa, apresentado pela base de Yeda, descarecteriza o código ambiental do Estado, "flexibilizando a legislação" sem nenhum alarde dos barões, nem mesmo um editorialzinho contra.
Os discursos e a prática dessa gente são bem diferentes, pois eles sabem que quem sofrerá ainda mais serão os pobres e aqueles que não terão como se proteger dos efeitos climáticos.

6 de dez de 2009

Agricultores de Faria Lemos pedem socorro

Visitei neste final de semana a comunidade de Faria Lemos, distrito de Bento Gonçalves, uma das regiões de maior produção de uva da região da serra. Apesar da paisagem maravilhosa, a comunidade está apavorada com a devastação ocorrida na semana passada (03) quando um tornado destruiu grande parte dos parreirais locais, além de ter destelhados casas e pavilhões.
Os agricultores ainda reclamam da omissão e da falta de apoio do governo do Estado com o assunto, e apontam que as seguradoras se negam a pagar o prejuízo, mesmo com seguro total contra vendaval. Muitos agricultores estavam indignados, pois, segundo eles, pagaram pelo seguro total e a apólice cobre apenas granizo (AQUELAS VELHAS LETRINHAS MIÚDAS DOS CONTRATOS). Eu sou leigo no assunto,mas posso assegurar que de uma forma ou de outra as seguradoras devem arcar comos prejuízos. Se um agricultor vai ao banco fazer cobertura contra intempérie ele não sabe o que vir do tempo, por isso é de fundamental importância que ações coletivas sejam movidas para que o prejuízo não seja abraçado sozinho pelos agricultores de Faria Lemos.
Um exemplo de união da comunidade é o fato de que dezenas de agricultores do município vieram ao socorro dos agricultores de Faria Lemos, assim como a prefeitura, que colocou a estrutura local a disposição. No entanto, ainda não sabem como vão fazer para cobrir o prejuízo.
O agricultor Loreno Cristofoli, proprietário de uma qualificada cantina local, lamenta que a cada ano, mais e mais agricultores, e principalemente seus os filhos desses, estão abandonando o campo em busca de oportunidades nas grandes cidades. Loreno faz uma alerta para que o governo invista enquanto é tempo na permanência do homem no campo e na diversificação da produção como forma de garantir o alimento na mesa do trabalhador brasileiro..

Parabéns Flamengo:exacampeão brasileiro


4 de dez de 2009

Justiça condena professora a pedido do MPE

É muita falta de ter o que fazer de alguns membros do Ministério Público (MP) que moveram ação contra a professora Maria Denise Bandeira, que foi obrigada a pagar multa pecuniária para não sofrer processo penal, por ter obrigado um aluno a pintar as paredes de uma escola de Viamão que haviam sido pichadas por ele. Segundo a professora, ela aceitou pagar a multa para não enfrentar um duro processo penal. Deveriam ter dado uma medalha para a docente ao invés de criminalizar uma professora por oferecer uma punição didática ao aluno infrator.
O fato demonstra também que nosso MPE guasca realmente não corresponde mais aos anseios da sociedade. São dezenas de exemplos de omissão, descaso e alinhamento político com pessoas comprometidas nos nebulosos casos que envolvem os escândalos do governo Yeda.
No fatídico dia do assassinato de Elton Brum da Silva em São Gabriel a promotora daquela cidade afirmou na mídia que tudo tinha sido muito profissional por parte da BM. Outro membro do MP lutou e conseguiu o fechamentos das escolas itinerante do MST deixando as crianças sem aula, mesmo sabendo que os prefeitos se negam a dar transporte escolar para esses alunos. Um ex-secretário de Estado de Yeda, egresso do MPE conseguiu embaçar ainda mais a imagem da instituição ao proteger de forma velada interesses no caso Detran, e articulando a demissão da presidente daquele órgão.
Força professora ! a senhora deveria receber uma placa e uma homenagem, diante de tantos exemplos de corrupção e da roubalheira escancarada do erário público.

Oração dos corruptos, por Iotti


2 de dez de 2009

DEM manda recado para o PSDB

O anúncio tucano de rompimento com o Governo Arruda (DEM), feito ontem à tarde, deixou sem respostas algumas questões relevantes sobre o escândalo de corrupção no Distrito Federal. Sob a desculpa de que “não cuidamos ainda do diretório de Brasília”, o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), fugiu de todas as perguntas. Clique aqui para ler a reportagem

http://brasiliaconfidencial.com.br/

Dnheiro na cueca, por Iotti


1 de dez de 2009

Eu chorei ao assistir

Indústria naval já é a 6ª do mundo


Segundo sites especializados, o Brasil já é o sexto Polo Naval do planeta e já possui mais de R$ 55 bilhões em investimento e encomendas, segundo o BNDES. Em apenas sete anos, os empregos saltaram de 2.000 para 45 mil e mais cinco estaleiros se agregarão aos 25 que já existem, tendo a capacidade de gerar até 3.500 empregos.
A maior cliente das encomendas é a Petrobras, que desde pela decisão do presidente Lula exige fornecedores locais. A base industrial da indústria naval brasileira não vem do petróleo que produz menos navios, mas faz unidades mais avançadas tecnologicamente e mais caras. A amaldicionada Venezuelana PDSVA de Chaves já encomendou dez petroleiros ao Brasil e novos estaleiros serão necessários para abrigar a demanda.
Nosso maior estaleiro está no estado de Pernambuco, no porto de Suape.O polo naval gaúcho também avança, gerando empregos em todo o Estado. Nessa semana, na revista Carta Capital o presidente Lula é apresentado como o líder com a maior aprovação do planeta e, é claro, do Brasil. Quem torpedeou Lula por anos a fio, não tenha dúvidas, será afundado em 2010 nas eleições.

A reza da propina é impagável



O governador do DEM José Roberto Arruda ameça abrir a caixa de Pandora caso o seu partido tome a iniciativa de expulsá-lo (deve saber muitooooo ahahahha) . Isso significa que muita boa que sobe na tribuna para dar discursos em defesa da ética tem os pés de barro. O que eu achei mais engraçado nisso tudo foi a desculpa do governador Arruda de que aquele dinheiro seria para comprar panetone para os pobres (como eles inventam isso ?? ahahahahaha). E aquela gravação da "reza da propina" é impagávellll, assim como o dinheiro na meia e na cueca. Por aqui, o boicote à CPI impede qualquer investigação e os esquemas de corrupção provavelmente serão abafados pela base aliada de Yeda (PMDB,PTB,PPS,PP).Nossa midia escamoteia, mas o povão sabe que ficar mais quatro anos com essa gente é definir o afundamento político do Estado.


30 de nov de 2009

O pé de meia do DEM

Novas imagens revelam o presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Leonardo Prudente, recebendo dinheiro do então presidente da Codeplan (empresa do DF), Durval Barbosa. O vídeo faz parte da investigação do esquema de pagamento de propina para parlamentares da base aliada do governo do GDF. O presidente da Câmara aparece guardando as cédulas nos bolsos do paletó e nas meias.

29 de nov de 2009

ARRUDA 40%



No vídeo, o governador do DF recebe um maço de dinheiro. Durval entregou 30 videos à PF e ajudou nas investigações, depois que foi exonerado. Arruda ficaria com 40% do dinheiro, o vice-governador Paulo Otávio com 30%. O restante do dinheiro seria dividido entre secretários, assessores do governo e deputados distritais. O inquérito da PF também mostra imagens de uma mala cheia de dinheiro que seria dividido entre os envolvidos.

Com a palavra o "nosso" teu deputado federal Onyx Lorenzoni dos DEMOS. Será que a mídia quasca vai entrevistar ???? ahahahahahahahahha

DCE da UFRGS na privada

Zé H de hoje (29) garante um generoso espaço para o presidente eleito do DCE da UFRGS, Renan Pretto. Ele e sua chapa defendem o apartidarismo do Diretório Central dos Estudantes (ahahahhaha) e a iniciativa privada. também sugerem a criação de empresas juniores e auxiliar as empresas já existentes. Não sei porque esse cidadão não vai estudar em uma universidade privada, já que ele acredita tanto na qualidade e nos valores da livre iniciativa (ahahahaha). Aliás, falando em conquistas, se ele não paga um centavo de mensalidade é porque essa esquerdalha partidarizada (ahahahaha) lutou muito para que FHC e os tucanos não quebrassem a universidade e deixassem que Unibams da vida tomassem conta do campinho. Que a chapa é de direita e conservadora e só ganhou o DCE porque a esquerda rachou (ahahahha) todo mundo já sabe, agora, defender o apartidarismo militando no Partido Progressista é de doer.

Os vencidos não se entregam


A jornalista Liana Lila, da revista Carta Capital, esteve no acampamento Rosa de Luxemburgo,em São Paulo, e fez um bela matéria sobre o o dia-a-dia vivido pelos agricultores sem-terra, que esperam pela desapropriação das terras, confira:

No acampamento Rosa Luxemburgo, como em tantos outros ligados ao MST, as condições de vida são precárias. As lonas esquentam em demasia durante o dia, falta água e energia elétrica. Mas o que mais incomoda as 180 famílias acampadas nos arredores de Iaras, no sudoeste de São Paulo, são as tempestades. “Você nunca sabe se vai deitar e amanhecer em pé ou não. Tudo sai voando, eu tenho um medo terrível. Se cai granizo é pior ainda, porque você vê que a lona não vai resistir. Depois que passa, a gente sai para ver o que sobrou, todo mundo tem de se ajudar para reconstruir”, afirma Rosalina Beatriz de Oliveira, acampada há cerca de um ano.

A fazenda Agrocentro, que dá lugar ao acampamento, foi declarada improdutiva pelo Incra e aguarda a conclusão do processo de desapropriação. Para chegar lá, depois de três horas pelas modernas estradas do estado, o progresso do agronegócio se faz mais tímido e grandes buracos no asfalto dificultam a circulação dos veículos. Em seguida, o carro segue derrapando na areia grossa, ao longo de 32 quilômetros de estrada de terra cercada de plantações de eucalipto e cana.
Na fazenda o pasto deu lugar aos barracos de lona que surgem no horizonte. Com o sol forte na cabeça e a terra fervendo sob os pés, o olhar insiste na busca por um abrigo, mas são poucas as árvores que sobraram. No interior dos barracos a temperatura é insuportável.

Clique aqui para ler o restante da matéria.

28 de nov de 2009

DEMOS: A CASA CAIU

A casa dos Demos caiu com a operação deflagrada pela Polícia Federal para investigar esquema de propina para a base aliada na Câmara Legislativa no governo do Distrito Federal e o envolvimento do governador José Roberto Arruda (DEM). A PF declarou que há fortes indícios de pagamento de recursos a altos servidores do GDF, por empresas que mantinham contrato com o governo distrital. Durante a operação, batizada de Caixa de Pandora, foram cumpridos 29 mandados de busca e apreensão em gabinetes de órgãos públicos, residências e empresas localizadas em Brasília (DF), Goiânia (GO) e Belo Horizonte (MG). Foram afastados dos cargos dos cargos José Luiz Valente (secretário de Educação), José Geraldo Maciel (secretário-chefe da Casa Civil), Fábio Simão (chefe de gabinete) e Omézio ontes (assessor de imprensa do governo do DF). A PF apreendeu na sexta-feira (28) o total de R$ 700 mil, US$ 30 mil e 5.000 euros na operação.

O playboy carioca e deputado federal fluminense do DEM, Rodrigo Maia (RJ), afirmou que o "governador é e vai continuar sendo uma vitrine para o DEM" (vitrine quebrada ahahahah) . O líder máximus do DEM no Senado, Agripino Maia (RN) disse achar estranho que "isso venha à tona em ano pré-eleitoral". Se fosse em ano eleitoral é que seria estranho, vocês não acham ?? Aliás, todo o ano no Brasil é eleitoral ou pré-eleitoral (ahahahahhahaha).
Vamos ver o comportamento do PIG no episódio DEMO e se a mídia guasca vai escamotar como vem fazendo no caso da desgovernadora e de seus aliados.

27 de nov de 2009

Conselheiro da impunidade

A falta de vergonha na cara dos parlamentares da base de Yeda já é conhecida, assim como a ausência de escrúpulos, mas votar e aprovar o nome do deputado Marco Peixoto para a vaga de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado é passar um atestado frio de que esse governo e seus aliados na Assembleia não estão nem ai para o gaúchos e a opinião pública. Provavelmente confiam no tempo e no esquecimento da população sobre este e outros temas cabeludos.

Abaixo estão os deputados que votaram a favor do conselheiro Marco Peixoto

Alexandre Postal (PMDB), Sandro Boka (PMDB), Adroaldo Loureiro (PDT), Silvana Covatti (PP), Pedro Pereira (PSDB), Pedro Westphalen (PP), Kalil Sehbe (PDT), Jorge Gobbi (PSDB) e Iradir Pietrosky (PTB).

26 de nov de 2009

Villaverde pede vista ao processo que indica Marco Peixoto ao TCE

O pedido de vista feito pelo deputado Adão Villaverde (PT) adiou a decisão sobre a indicação do deputado Marco Peixoto (PP) para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Os deputados voltarão a se reunir na Comissão de Finanças no final da tarde desta quinta-feira (26), após a sessão plenária.

O processo de arguição do postulante ao cargo de conselheiro do TCE iniciou por volta das 10h, em sessão especial da Comissão de Finanças e encerrou no início da tarde. Pela proposta da base aliada, Peixoto ocuparia a vaga do ex-presidente do Tribunal, João Luiz Vargas, que pediu aposentadoria.

Peixoto foi evasivo, mostrou despreparo e não respondeu vários questionamentos, entre eles o feito pelo deputado Daniel Bordignon (PT) sobre o fato de ter recebido ou não título de honra ao mérito ou grau de comendador em 22 de outubro de 2007, conforme revelado pela CPI da Corrupção. Também não soube responder com suas próprias palavras a indagação de Villaverde a respeito do conceito de presunção de inocência e de conduta ilibada.

Os petistas perguntaram a Peixoto sobre sua posição em relação a inexistência de vínculo institucional do Tribunal de Contas ao Poder Legislativo. Outro ponto abordado diz respeito às necessárias mudanças na legislação para a indicação de conselheiros ao TCE capazes de permitir que técnicos possam disputar o posto e não apenas ex-deputados.O controle público do Tribunal também foi pautado pelos petistas, que entendem ser este um instrumento de combate à corrupção, de aperfeiçoamento da análise de custos e de desempenho das entidades administrativas.

Villaverde e Bordignon frisaram que o controle interno no Tribunal poderia evitar, por exemplo, fraudes como as que ocorreram no Detran, quando a Fatec e a Fundae foram contratadas sem licitação, abrindo uma porta para o desvio de verbas públicas para bolsos particulares. Já a Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado encaminhou documento aos deputados, alertando que a aposentadoria de Vargas ainda não foi homologada, portanto, não há a vaga. O pedido de aposentadoria apenas foi publicado no Diário Oficial do Estado.

Além disso, ressalta que não há comprovação de notório saber do indicado sobre conhecimentos de administração pública, jurídica, contabilidade, administração pública.Bordignon ratificou os requisitos da Constituição Federal para a ocupação do cargo. Pela lei, o postulante deve ter mais de 35 anos de idade, conduta ilibada e conhecimentos financeiros, de administração pública, jurídicos e contábeis. Como a sabatina visa a aferir o conhecimento do candidato, Bordignon pediu a Peixoto que respondesse as perguntas sem consultar a assessoria. “A sociedade tem o direito de saber sobre o conhecimento específico do indicado”, arrematou.

TV/AL: Marco Peixoto na sabatina para o TCE

O deputado Adão Villaverde (PT) iniciou o processo de arguição do deputado Marco Peixoto (PP) que foi indicado pelos governistas para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A sabatina iniciou por volta das 10h, na sessão especial da Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembléia Legislativa. Pela proposta da base aliada, Peixoto ocuparia a vaga do presidente do Tribunal João Luiz Vargas, que pediu aposentadoria. A Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado adverte, porém, que a aposentadoria de Vargas ainda não foi homologada, portanto, não há a vaga.

Acompanhe agora pela TV Assembleia

O pedido de aposentadoria apenas foi publicado no Diário Oficial do Estado. Além disso, ressalta que a não há comprovação de notório saber do indicado sobre conhecimentos de administração pública, jurídica, contabilidade, administração pública.Por sua vez, o deputado Daniel Bordignon (PT) ratificou os requisitos da Constituição Federal para a ocupação do cargo.

Pela lei, o postulante deve ter mais de 35 anos de idade, conduta ilibada e conhecimentos financeiros, de administração pública, jurídicos e contábeis. Como a sabatina visa a aferir o conhecimento do candidato, Bordignon pediu a Peixoto que responda as perguntas sem consultar a assessoria. “A sociedade tem o direito de saber sobre o conhecimento específico do indicado”, arrematou. A reunião prossegue tensa.

Acompanhe agora pela TV Assembleia

Fonte: http://www.ptsul.com.br/

25 de nov de 2009

Bombeiros pedem socorro


As consequências do déficit zero de Yeda não para mais de dar seus frutos podres. Zé H de hoje (25) afirma que há cerca de 30 dias, a estação do Corpo de Bombeiros da Rua Silva Só, na Capital, não tem mais caminhão de combate a incêndio. O comandante dos bombeiros,coronel Altair de Freitas Cunha, não descarta a possibilidade de desativação da unidade com a chegada do verão e da Operação Golfinho.
Próximo a minha Casa, no bairro Assunção, o posto dos bombeiros foi totalmente desativado e o que restou da unidade foi transferida para o bairro teresópolis, cerca de 10 minutos da zona sul.
Existe, ainda, um pedido ao governo federal de 12 caminhões para a Copa do Mundo, de acordo com o major Nelson Matter, do 1º Comando Regional de Bombeiros. Segundo ele, são iniciativas para tentar reverter a situação de “cobertor curto” pela qual passa a corporação. Todos nós sabemos que 10 minutos faz a diferença entre a vida e a morte num atendimento emergência, e fator determinante para salvar uma pessoa em situação de risco.
Enquanto isso, a tia Yeda mandou reformar o heliponto do Centro Administrativo do Estado para poder pousar o helicóptero e não precisar mais pegar engarrafamentos e a buraqueira da cidade de Porto Alegre.
Foto: André Mags

24 de nov de 2009

DCE DA UFRGS: UM TROFÉU PARA ELITE

Por Miguel Idiart Gomes

O resultado das eleições de 2009 para o DCE da Ufrgs gerou um troféu para elite. No movimento estudantil sempre houve o debate sobre a partidarização e o aparelhamento das entidades estundantis. Nesta discussão, muitas vezes hipócrita, desgastaram-se gestões e desmobilizou a base. É sabido que estamos vivenciando uma nova etapa de lutas e formas de organização, mas não podemos deixar de mencionar que a maioria da militância estudantil está ligada a partidos políticos e isso não é ruim, pelo contrário, demonstra a liberdade do pensamento e de posicionamento e fortalece a democracia.

A ideia de grupos conservadores como a RBS e partidos tradicionais de direita sustenta um discurso baseado na despolitização, ou seja, tenta desvincular o DCE das lutas gerais que estão permanentemente em disputa na sociedade.

É assustador presenciarmos numa universidade pública o crescimento do discurso da direita da ideologia do anti-esquerdismo, também trabalhado várias vezes pelo Psol, como anti-petismo.
O papel da zh neste episódio ficará registrado na história do movimento estudantil, pois sempre foi destacado pela colunista política somente os encontros das juventudes partidárias de direita, as novas composições e lançamento de candidaturas com direito a fotos.

Hoje a matéria da página 08 da zh estampava o título: Guinada à direita – Esquerda perde hegemonia no DCE. Em Cadernos do Cárcere, Gramsci coloca que as práticas de construção e manutenção da hegemonia das classes dominantes, a importância das questões ligadas à direção cultural e moral que essas classes imprimem ao todo social. Esse estudo engloba as estruturas do Estado, enriquecendo-se com um novo conceito: o de aparelhos de hegemonia.

Para conquistar a hegemonia é necessário que a classe fundamental se apresente às demais como aquela que representa e atende aos interesses e valores de toda sociedade, obtendo o consentimento voluntário e a anuência espontânea, garantindo assim, a unidade do bloco social que, embora não seja homogêneo, se mantém, predominantemente articulado e coeso. Significando que a classe hegemônica deve ser capaz de converter-se em classe nacional, no caso estudantil capaz de envolver todos os estudantes em um mesmo projeto histórico e, capaz de assumir, como suas, as reivindicações das classes aliadas, devendo ficar bem claro, a incompatibilidade existente entre hegemonia e corporativismo.

Nesse sentido, o desenvolvimento da contra-hegemonia será necessário para desenvolver uma nova cultura no movimento estudantil, representado por lideranças de esquerda, em oposição à hegemonia da direita. Para isso a conscientização de que a superestrutura, tanto no campo dos valores e normas, como na visão de mundo, é o terreno da disputa, pois é na "arena da consciência" que as elites utilizam os seus intelectuais orgânicos para manter a dominação.

*Direção da JPT, ex-presidente do grêmio estudantil do Julinho, ex-vice-sul da UBES e ex-presidente do CASTA PUCRS. 24/11/2009

Estudantes: direita volver


A direita está eufórica com a vitória na eleição dos seus simpatizantes na chapa para o DCE da UFRGS, que agora rejeitará passeatas e segundo Zé H de hoje (24), abandonará o passado de militância.Seus integrantes fazem parte do PP, PSDB e PMDB. O presidente eleito, Renan Pretto é militante da juventude do Partido Progressista.

Há muito tempo que noto que um parte da juventude, principalmente de classe média, que dispõe de todo o conforto que as lutas sociais que gerações anteriores de estudantes lhe garantiram preferem o viés e o discurso confortável e conservador da direita, mais conhecido com apartidário (ahahahhaa).
Aprendi cedo que primeiro isso não existe, provavelmente porque quem afirma isso é de direita; segundo que quem não faz a política sofre a política e para mim não tem nada de mais que alguém seja filiado a algum partido, desde que assuma. No entanto, me causa nojo saber que militantes de partidos políticos de direita escamoteiam suas origens com um discurso de apartidário, mas afundados até o pescoço com o que há de mais atrasado e conservador na política nesse país.

O caso da jovem da Uniban que foi quase estuprada pelos estudantes universitários, para mim, foi sintomático dessa tendência conservadora e atrasada. Com a palavra os sociólogos.

23 de nov de 2009

I come in peace


Zé H(23) de hoje dá suas boas-vindas ao presidente Iraniano Mahmoud Ahmadinejad, que chega hoje a Brasília (ahahahah). O bombardeio já começa pelo editorial que denuncia o governo daquele país pela falta de respeito aos direitos humanos (ahahahahhacocofofcofofcofofcof). Pelo que sei o Estado de Israel foi condenado pelo Conselho de Segurança de Direitos Humanos da ONU por crimes de guerra cometidos durante a ofensiva contra a Faixa de Gaza em 2008. Cerca de 1.400 palestinos foram mortos na ofensiva. O editorial também condena o Irã por uma permanência ameaça nuclear devido aos seus programas e estudos nessa área. Posso afirmar o seguinte: se os iranianos não tivessem com se defender, os americanos já teriam dependurado pelo pescoço o presidente Mahmoud há muito tempo, assim com fez com seu ex-aliado Saddan Russein. O presidente da Federação Israelita do RS também dispara contra Mahmoud Ahmadinejad em seu artigo: a visita de um ditador e mais uma matéria light falando da mobilização do povo brasileiro (ahahaha) contra a visita de Mahmoud. O certo mesmo é que o presidente iraniano veio em missão de paz e que seja bem-vindo, o resto é política.

22 de nov de 2009

Clima e tempo


Já passou da hora de o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná qualificarem sua rede meteorológia de clima e tempo. Quem acompanha as notícias, mesmo que à distância, percebe a mudança climática, afetando milhões de pessoas com tempestades, ciclones ou tornados. Para a agricultura também faz falta uma rede climática e meteorológica mais confiável, que possamos antecipar a queda de granizo ou até mesmo antecipar o clima, retardando ou antecipando a semeadura e a colheita das safras,reduzindo prejuízos para os agricultores.

Outro fato que chamou minha atenção quando ocorreu a tempestade que atingiu a Capital e o RS foi a falta de fiscalização da prefeitura de Porto Alegre para obras abandonadas e na antecipação do corte das árvores sobre a fiação elétrica. Mesmo com todo aquele vento, um muro não cairia inteiro sobre a calçada, vitimando uma pessoa, se estivesse nas normas técnicas. O corte de galhos sobre a sinalização e a rede elétrica é um problema que a prefeitura simplesmente abandonou. Nas zonas arborizadas o mínimo que a prefeitura deveria ter era uma equipe dedicada para impedir que troncos caiam na rede elétrica ou sobre pessoas, dando ainda mais trabalho para os bombeiros, que são obrigados a fazer o serviço que na realidade é da prefeitura.

20 de nov de 2009

O agronegócio está extinguindo as abelhas no mundo

Não é só o clima que está mudando para pior. O chamado agronegócio que utiliza grandes extensões de terra para plantação de monoculturas, com o uso de pesticidas, associado a destruição das florestas para atender o mercado agropecuário está levando ao desaparecimento das abelhas dos continentes. Segundo os cientistas, os insetos, essenciais para a polinização, estão morrendo devido ao uso de pesticidas e o crescimento da atividade agrícola, que reduz suas fontes de alimento. A espécie pode ser completamente exterminada, o que provocaria efeitos devastadores na agricultura.
Falo isso porque descobrimos que no prédio que resido, há dentro da tubulação de esgoto uma colméia de abelhas. Entrei em contato com o especialista no assunto, o senhor João Feeburg da Casa da Abelha de Porto Alegre, que me confirmou que a pesquisa dos cientistas está correta, e alerta para a necessidade de um debate sobre o tema. Segundo Feeburg nossos bombeiros não estão preparados para atender essas ocorrências e acabam por eliminar as colméias ao invés de retirá-las com vida. O apicultor sugere que o assunto receba a atenção das autoridades de Porto Alegre e que sejam disponibilizadas áreas de entrepostos para que esses enxames sejam realocados vivos para posteriormente serem transportados em lotes maiores, reduzindo custos e salvando os enxames da morte. Segundo o especialista, cerca de 80% dos alimentos consumidos pelos seres humanos dependem da polimização das abelhas e se forem extintas a humanidade passará fome.

O RS perde espaço na economia nacional


O Instituto Brasileiro de Economia e Estatística (IBGE) divulgou nesta semana os resultados da apuração do PIB das unidades federadas. Conforme as informações apresentadas, o RS, entre 1995 e 2007, perdeu sua participação na economia nacional. Em 1995, o PIB do RS representava 7,07% do PIB nacional, esta participação em 2007 caiu para 6,6.
A indústria da transformação foi determinante para a redução da economia frente a outros estados. Entre 1995 e 2007, a participação da indústria da transformação gaúcha em relação à indústria da transformação nacional caiu (-1,6%). Também contribui a estagnação da agropecuária que permanece nos mesmos patamares, em 1995 representava 11,99% e em 2007, 11,88%.

Discurso de Yeda vai pro beleléu

O discurso de Yeda sobre déficit zero foi pro beleléu com a apresentação do projeto de lei que autoriza a tucana a gastar R$ 1 bilhão de reais em 12 meses. A maior parte desse recurso provem da venda de 40% das ações do Banrisul (privatização escamoteada).Yeda sabe que suas chances de reeleição são limitadíssimas e por isso vai torrar parte do patrimônio público com pagamento de precatórios.
Aliás, há dezenas de empresas especializadas em comprar precatórios com deságio que chegam até 70% do valor de face do papel. Essas mesmas empresas e suas ligações "políticas", utilizam esses "cheques ao portador" já com seu valor real para pagar dívidas de empresas com Estado. Se minha tese estiver correta, Yeda ainda vai reduzir juros desses devedores, dando um presente de final de ano para os sonegadores.

19 de nov de 2009

Cão ajuda no parto de gatinhos

Caos no tempo: Porto Alegre 12h 30min


FHC: com um pé na cozinha

Ontem circulou a notícia de que FHC teria outro (segundo) filho não reconhecido. Como a gente trabalha com ética na comunicação, não quis escrever sobre o tema para não correr o risco de cometer alguma injustiça. No entanto, hoje (19) o fato é publicado na coluna de Cláudio Humberto :

“Príncipe da sociologia brasileira”, FHC disse uma vez que tinha “um pé na cozinha”. Maria Helena Pereira, a negra que o impressionou pela formosura e lhe deu outro filho fora do casamento, continua com o pé na copa. A mãe de Leonardo, o filho mulato de FHC, ainda é a copeira do gabinete 22, do senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB), na Ala Teotônio Vilela do Senado. Trabalha todo dia lá, no período da tarde.
Trabalhador Leonardo, 20, o filho de FHC que esta coluna revelou ontem, também trabalha no Senado, como a mãe. É um modesto carregador

18 de nov de 2009

Presidente Mahmoud Abbas visita RS


O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, será recebido pelo presidente da Assembleia Legislativa, Ivar Pavan, neste sábado (21/11), às 17 horas. Na ocasião ele dará uma coletiva à imprensa. Abbas estará no Brasil a partir desta quinta-feira (19) e será recebido por diversas autoridades, entre elas o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Abbas estará em Salvador, na Bahia, na quinta e sexta-feira e, em Porto Alegre, no sábado e domingo.Ele vem ao Rio Grande do Sul para encontrar-se com a comunidade palestina, estimada em 20 mil. De acordo com a presidente da Sociedade Árabe Palestina do Rio Grande do Sul, Fátima Ali, o RS reúne o maior número de palestinos entre os estados brasileiros. Mahmoud Abbas chegará na capital gaúcha às 15h30 e após o encontro com autoridades participa de um jantar com a comunidade em Porto Alegre. O presidente da Palestina visitará outros países da América do Sul, como Chile e Argentina.

De acordo com informações do embaixador da Palestina em Brasília, Ibrahim Alzeben, o presidente Abbas vai conversar, em seus encontros, sobre relações bilaterais e o apoio brasileiro à causa palestina. Na Bahia, o presidente da Palestina será recebido pelo presidente Lula e o chanceler Celso Amorim e deve assinar um acordo de cooperação. Segundo Alzeben, o acordo vai abranger várias áreas, desde agricultura até esporte. Na Bahia, Abbas também se encontrará com o governador Jacques Wagner e com a comunidade palestina.

O Brasil busca ter um papel mais ativo no processo de paz entre Israel e Palestina e a ANP deseja que países emergentes importantes passem a integrar as negociações. Na semana passada, o presidente israelense, Shimon Perez, foi recebido por Lula em Brasília. Para o chanceler palestino, Riad Malki, isso mostra a importância que as duas partes no conflito dão ao Brasil.

A ANP lançou um plano para fortalecer a economia e as instituições palestinas nos próximos dois anos e garantir as bases para a criação de um estado independente. Se nesse prazo não se chegar a um acordo com Israel, os palestinos pretendem pedir ao Conselho de Segurança das Nações Unidas a declaração de independência dos territórios ocupados.

Dentro do plano de fortalecimento da economia, a ANP quer a ajuda das comunidades de origem palestina e árabe no exterior. No próximo ano, está prevista a realização de uma conferência no Brasil para apresentação de projetos nos territórios ocupados. O objetivo é fomentar parcerias empresariais para viabilizar os empreendimentos. A Palestina compra produtos brasileiros como granitos, doces e portas de madeira.

O país tem uma população de cerca de quatro milhões de pessoas e seu Produto Interno Bruto (PIB) tem como principal base o setor de serviços. A área responde por 79% do PIB, agricultura fica com 8% e indústria com 13%.

Abbas, também chamado de Abu Mazen, assumiu a presidência da Palestina em 2005. Formado em Direito e doutor em História, o presidente palestino foi, juntamente com Yasser Arafat, um dos fundadores do Fatah, facção política que atualmente governa a Cisjordânia.

* Com informações da Agência de Notícias Árabe Brasil

17 de nov de 2009

Tiger

1ª Conferência Estadual de Comunicação

A 1ª Conferência Estadual de Comunicação começa na noite desta terça-feira (17), às 19h30, e se estende ao longo de quarta-feira, quando serão escolhidos os delegados para a etapa nacional.
Sob o tema Comunicação: Meios para a Construção de Direitos e Cidadania na Era Digital, o evento acontece no Auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. P
ara hoje, o credenciamento terá início às 19h e término às 21h. No dia 18 o credenciamento inicia às 8h30 e encerra às 14h. São necessários para a sociedade civil empresarial no ato de inscrição ter a carta de indicação da empresa, da qual constem CNPJ e CNAE, a atividade principal da empresa, cédula de identidade ou documento equivalente com fotografia, cópia do CNPJ e da CNAE.
Para o poder público o representante deve ter a carta de indicação, cédula de identidade, CPF ou documento equivalente com fotografia. Para inscrição no segmento da sociedade civil é necessário a cédula de identidade, CLPF ou documento equivalente com fotografia. ProgramaçãoA mesa de abertura, que está prevista para às 19h30, terá Ottoni Fernandes Jr., da secretaria de Comunicação da Presidência da República; deputado Ivar Pavan, presidente da Assembleia Legislativa do RS; os deputados estaduais Adão Villaverde e Francisco Appio; Celso Schröder, presidente da Comissão Organizadora Estadual da Confecom; Clementino Lopes, coordenador regional da Abraço/RS; Leonardo Meneghetti, diretor regional sul Grupo Bandeirantes. Às 21h ocorrerá o encerramento das atividades. Dia 18 de novembro, às 9h, ocorre a plenária de abertura da Etapa Estadual da Conferência Nacional de Comunicação com a aprovação do Regimento Interno.
Às 9h30 começam os painéis. O painel 1, que trata do eixo temático Produção de Conteúdo, terá como painelistas Pedrinho Guareschi, professor da Ufrgs; Marco Antonio Campos, advogado da RBS; Christa Berger, jornalista e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Unisinos. O mediador será Ricardo Haesbert, assessor da Presidência do parlamento.
O painel 2 terá início às 11h e tratará do II eixo temático, Meios de Produção, que contará com José Carlos Torves, jornalistas, diretor da Fenaj; Pedro Osório, jornalista, presidente do Conselho Deliberativo da Fundação Piratini e Eduardo Krause, advogado. O mediador será João Mota, superintendente geral da Assembleia Legislativa do RS. Às 12h30 haverá um intervalo para o almoço, com a retomada dos trabalhos às 14h, com o painel 3, que trata do eixo temático Cidadania: Direitos e Deveres. Deste painel fazem parte Roseli Goffman, do Conselho Federal de Psicologia e membro da Comissão Nacional de Organização da Confecom; Celso Schröder, superintendente de Comunicação Social da Assembleia Legislativa do Estado e Ricardo Guiliani, advogado. O mediador será o deputado Miki Breier. Às 15h30min haverá um intervalo e às 15h45 serão formados Grupos de Trabalho.
A plenária final está marcada para às 17h, com a eleição de delegados à Confecom. DelegadosO Rio Grande do Sul terá 38 delegados da sociedade civil, 38 do empresariado e 10 dos gestores públicos. O término das atividades está previsto para às 19h.Já foram realizadas pré-conferências nos municípios de Passo Fundo, Sapiranga, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Canoas, Viamão, Frederico Westphalen, Gravataí, Pelotas, Horizontina, Porto Alegre, Encruzilhada do Sul, Esteio, Doutor Maurício Cardoso, Montenegro, Caxias do Sul, Nova Prata e Caçapava do Sul.

Por Sindicato dos Jornalistas do RS.

POA tá demais: a buraqueira não pode parar



Ainda não tive tempo de me dedicar ao assunto, mas hoje consegui descarregar algumas imagens que gravei ontem (16) da buraqueira, e dos desnivelamentos das ruas da zona sul deixados pelas obras das empreiteiras. Reparem na quantidade de pistas falsas que dá acesso à avenida Padre Cacique: coisa de doido.

Verdades e mentiras sobre a agricultura

Artigo do ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, publicado em Zé H (17) aprofunda a análise sobre o Censo Agropecuário 2006 e o papel fundamental da agricultura familiar no Brasil. É um banho de água fria em quem defende o latifúndio e ajuda a desmascarar o discurso de quem defende o chamado agronegócio.
Basta ver os Indicadores de Desenvolvimento Humano para constatar que onde há miséria extrema há latifúndio. A região serrana, ao contrário da fronteira oeste, já fez a sua reforma agrária, e por isso lidera o desenvolvimento econômico, social e industrial do nosso Estado.

Clique no link ao final do parágrafo para ler o texto integral do ministro Cassel

O Censo Agropecuário 2006, divulgado há algumas semanas pelo IBGE, esclarece muito sobre o meio rural brasileiro e joga luz sobre quem é quem no rural do Rio Grande do Sul. Há muito sabemos que a agropecuária tem valor significativo na economia gaúcha. Conforme estudo da Fipe/USP, 55% do PIB gaúcho vem deste setor. Mas também há muito tempo persiste entre nós a ideia de que essa é uma produção “dos grandes”, daqueles que têm mais terra, mais dinheiro, mais acesso a novas tecnologias e que produzem grãos para a exportação. Clique aqui para ler

15 de nov de 2009

A descoberta, Por Kayser


É triste a realidade de nossa querida Capital: uma espécie de abandono associado ao desleixo. Buracos, crateras, ruas mal cuidadas, semáforos queimados, pistas com sinalização confusa ou faltando, são pequenos exemplos que dia-a-dia se acumulam em Porto Alegre. Na condição de morador da Zonal Sul fico sempre em alerta porque de antemão já sei que qualquer chuva é motivo de alagamento devido a falta de limpeza do bueiros.
Outra dificuldade que tenho de entender é porque a prefeitura abre tantos buracos nas ruas e calçadas e os abandona ao sabor do tempo. Quando a prefa é forçada a fechá-los (ahahahahah) , o fazem de maneira que o trabalho realizado mais parece uma profunda cicatriz do que um reparo.
Nossas tampas de bueiro poderiam fazer parte de alguma obra de arte ao ar livre, pois cada uma é diferente da outra em profundidade, e fazem a alegria dos mecânicos da Capital. Sobre nossas calçadas deveríamos exigir que o atual secretário de obras (quem nem sei quem é ) viesse ao trabalho de ônibus e tivesse apenas por um dia a privação da visão para que pudesse sentir a dificuldade de acessibilidade devido a quantidade de buracos e de obstáculos nos passeios públicos.
Quem chega ao centro pelo acesso da avenida Mauá tem a sensação de que adentra num bairro abandonado. A pista de rolamento da Mauá mais parece um campo minado já detonado, tendo motoristas de ônibus Kamikaze te apertando contra o muro, além é claro, da clássica falta de zelo com a limpeza e a poluição visual da inútil sinalização guapa. Como diz um amigo: A SINALIZAÇÃO DE PORTO ALEGRE APENAS ME AVISA QUE JÁ PASSEI OU QUE JÁ ERREI O CAMINHO.
Outra situação que me deixa intrigado é a qualidade da informação prestada pelo cidadão da Capital ao visitante. Experimente pedir uma orientação de um caminho que você já conheça de antemão para três pessoas diferentes: verá que no mínimo uma delas te mandará pelo lado oposto (ahahahahha). Se realmente desejam ajudar e não sabem dar a informação, por favor digam NÃO SEI.
Antigamente tinha orgulho de Porto Alegre e de seus indicadores de qualidade de vida e de seus serviços públicos, isso acabou. Hoje, ao ler que mais uma criança foi vítima de atropelamento da Vila Chocolatão, tenho certeza, já avançamos a passos largos para voltar a mesma cidade decadente da década de 1980.

A vaga do TCE

Pouca gente recorda, mas um deputado Partido Progressista (PP) guasca esteve envolvido em outro escândalo, só que desta vez com recursos que os parlamentares destinavam para entidades e ou estudantes, as famosas bolsas-auxílio. Essa mutreta criada na época da ditadura foi extinta, mas até um tempo atrás cada parlamentar na Assembleia tinha o direito de indicar essas entidades e ou estudantes para receber uma fatia desse auxílio.O valor total da verba à época era de R$ 25 mil reais e alguns deputados destinavam parte ou a integralidade do valor para entidades filantrópicas ligadas a parentes. Recordo esse episódio porque esse parlamentar do PP esteve envolvido nesse esquema, e hoje é candidatíssimo ao cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, na vaga aberta por João Luiz Vargas.
Ou parte dos políticos do Rio Grande perderam sua referência ética, ou na realidade nunca a tiveram, e fomos obrigados a engolir durante décadas os Barões da mídia, que bradavam e publicavam que o RS era a terra mais politizada e ética do Brasil.

14 de nov de 2009

Agricultura: RS possui o menor índice de produtividade do Brasil


Os latifundiários guascas saltaram com pipoca em panela quente com a divulgação da pesquisa de Embrapa de que os produtores rurais (latifúndio) produzem a metade do que produzem estados como os do centro-oeste. A Embrapa analisou as variações climáticas em cinco Estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul e concluiu que no Centro-Oeste os agricultores conseguem colher até quatro mil quilos de soja por hectare, enquanto que no RS o Estado chega apenas à metade.

O presidente da Farsul, e representante do latifúndio, Carlos Sperotto (foto), disse que não foi informado sobre o estudo e que questiona os dados da pesquisa, dizendo que estão distorcidos e fora da realidade. (ahahahahhahaahahahaha). A Embrapa apenas mostra o que todo mundo já sabia: os latifundiários daqui não produzem nada mesmo e por isso a gritaria pela não atualização dos índices de produtivodade da terra, que se caso fosse atualizado, deixaria grande parte das terras do Rio Grande do Sul passíveis de reforma agrária.

Enquanto a reforma dos índices não vem, nossos "produtores rurais" entopem as Casas de entertenimento noturnas de Porto Alegre e arredores (ahahahaha) num esforço coletivo para melhorar o desempenho, regado a boas garrafas de "cachaça escocesa 20 anos" ahahahaha, além é claro de suar suas camisas no lavoro em suas vistosas SUVs com ar condicionado eletrônico (ahahahahahaa)

13 de nov de 2009

Padilha quer silêncio na CPI


Quero ver o que a PIG guasca vai dizer amanhã de seu amigo de todas as horas,o deputado federal Eliseu Padilha (PMDB), que tentou evitar judicialmente que a CPI da corrupção apresentasse os áudios onde ele aparece conversando com pessoas investigadas na Operação Solidária, e de lambuja tentar bloquear a veículação das gravações nos meios de comunicação das gravações (nem precisava tanto ahahahah). O deputado alegou no Tribunal de Justiça o chamado foro privilegiado e peticionou que a presidente Stela Farias devolvesse o material sigiloso que foi encaminhado pelo Tribunal Regional Federal da 4° Região.

Pedágios: ela não desiste

Yeda não desiste mesmo e achou uma maneira, antes de sair, para conceder os pedágios comunitários ao custo de R$ 20 milhões ano, agora com o eufemismo da tercerização de serviços. É como ganhar numa megasena e pagar alguém para gastar seu dinheiro. Posso imaginar que daqui seis meses o custo da tercerização estará dando um suposto prejuízo para os tercerizados (ahahaha) e eles vão entrar na justiça pedindo reparação judicial. Povo que não tem virtude acaba por ser escravo.

12 de nov de 2009

DOE: Yeda aposenta João Luiz Vargas

Meu amigo Miguel Idiart me envia abaixo a cópia do Diário Oficial do Estado de hoje (12) onde a governadora Yeda, no uso de suas atribuições (ahahahaha), aposentou o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado João Luiz dos Santos Vargas, devendo receber proventos integrais e mensais, correspondente ao subsídio, acrescido de parcela completiva (alguém sabe me dizer o que significa completiva ??) Ou seja R$ 22.111,00 + a completiva (ahahaha)

11 de nov de 2009

A queda da Uniban



NUNCA VI TAMANHA INTOLERÂNCIA. DEVERIAM SER TODOS, EU DISSE TODOS, EXPULSOS.O MEC TEM A OBRIGAÇÃO MORAL DE CAÇAR ESSA UNIVERSIDADE. VERMES !

Golpe de Mestre

A coluna do carteiro do PIG guasca de hoje(11) é simplesmente uma piada. O carteiro abre sua coluna com um título bombante "Golpe de mestre" e discorre sobre o "revolucionário projeto de Yeda para os professores (ahahahaha) e já no primeiro parágrafo dispara: [...Notícias que me chegam do Interior dizem que uma verdadeira euforia tomou conta das professoras, que nunca tinham tido um reajuste de tal proporção em seus salários.] e quase ao final abre seu coração [....Nunca houve algo igual no Estado. Eu fui funcionário público e sei quanto isso influi e de que maneira no espírito dos servidores. A governadora vai virar ídolo para eles.] Segundo Il Postino, com essas medidas, Yeda asfalta definitivamente sua reeleição.
Bem ! Na minha opinião, golpe de mestre realmente a turma dela deu, mas foi no Detran e no desvio dos recursos da merenda escolar de Canoas na gestão do PSDB. Golpe de Mestre é a imprensa encobrir um governo que não resistiria a uma simples acareação na CPI da Corrupção com a presença de ex-membros de seu governo. Golpe de Mestre é um Estado que deixa de investir metade dos recursos da saúde e que não tem nenhum, repito, nenhum programa social em atividade; Golpe de mestre é ter uma Casa comprada, e que até hoje paira dúvidas sobre a origem do dinheiro; Golpe de mestre é ter um governo que fecha escolas em nome do déficit zero;Golpe de mestre é ter um governo que gasta R$ 150 milhões em propaganda apenas em 2008; Golpe de mestre é ter um governo que deixa a segurança pública a mercê da bandidagem; Golpe de mestre é ter um telefone 190 que não atende; Golpe de mestre é ter estradas estaduais esburacadas; Golpe de mestre é propor que os pedágios fossem prorrogados por mais 20 anos; Golpe de mestre é se eleger com o discurso de redução de impostos e pedir tarifaço 15 dias depois; Golpe de mestre é ter pessoas do seu próprio governo denunciando atos de corrupção e de uso de caixa 2 na campanha eleitoral e a PIG "esquecer".
Enfim, em apenas três anos fomos realmente golpeados por essa turma com a ajuda do PIG.