26 de nov de 2008

Ninho tucano na RBS

Após passar por grandes dificuldades financeiras no final do governo FHC (Dólar 4 real 1 ) o grupo RBS se viu obrigado a se desfazer de "ativos" para escapar das garras do mercado. Um dos novos "colaboradores" e salvadores do grupo foi o tucano de alta plumagem e minstro do apagão de FHC, Pedro Parente. Parente foi guindado ontem (25) a integrar o Conselho da RBS na condição de vice-presidente executivo do grupo. Outro conselheiro (sócio) é Luiz Henrique Fraga, representante do Gávea Investimentos, tem alto grau de parentesco com Armínio Fraga, outro tucano, que já possui 12,6428% no capital da RBS Comunicações SA, holding dos negócios do grupo (não é pouco).Os tucanos estão bem aninhados aqui no RS, bem no alto do morro Santa Tereza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário