7 de dez de 2008

Sem Terra não é problema de meio ambiente

Oitocentas famílias foram selecionadas dentre 13 acampamentos do MST existentes no RS e serão assentadas em áreas desapropriadas pelo governo federal nos municípios de São Gabriel, Santa Margarida do Sul e Alegrete, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Ao contrário das lavouras de eucalipto da falida Aracruz , os assentamentos da reforma agrária trarão uma função social para às terras. Produzirão comida saudável para a população, movimentarão o comércio local e contribuirão no desenvolvimento social da população e da região. No dia 18 de dezembro, será realizado um ato público na fazenda Southall, em São Gabriel, para comemorar sua desapropriação e o assentamento das famílias. Assim como a fazenda Anonni, situada ao norte do Estado, a Southall será mais uma referência da reforma agrária para o país, colocando uma pedra no sapato daqueles que acham que os agriculores e agriculturas sem terra são um problema de meio ambiente, conforme afirmou Tarso Teixeira, presidente do Sindicato Rural de São Gabriel ao jornal Zero Hora deste Domingo (o7/12).

Nenhum comentário:

Postar um comentário