19 de jan de 2009

Cézar Busatto e o voo da galinha

A "desistência" de Cézar Busatto de assumir na condição de super-secretário no governo petista de Canoas teve como principal vencedor desta articulação e da queda de braço, a militância petista. Foram centenas de telefomas para deputados e até ministros. A executiva estadual do PT ficou numa saia justa e abriu as baterias contra a decisão do prefeito Jairo Jorge de nomear para seu governo um dos principais algozes do governo Olivio Dutra. Busatto foi o Homen de Ferro do governo Britto, responsável pela articulação da maioria das privatizações da década de 90 no RS, articulador da oposição ao governo Olívio Dutra na Assembléia Legislativa, e líder do governo Yeda (chefe da Casa Civil). No entanto, foi pelas mãos do vice-governador (aliado - fogo amigo) Paulo Feijó que Busatto sangrou politicamente ao ser gravado por Feijó ao fazer um desabafo de como funcionava os esquemas de campanha do PP e do PMDB no governo do Estado. O voo de Busatto deveria ser o da Fenix, que retorna das cinzas, mas ficou mesmo como a de uma singela batida de asas de um galinho carijó.

Um comentário:

  1. Te lincamos no blog: http://dialogico.blogspot.com/2009/01/busatto-desiste-de-secretaria.html
    Abraço!

    ResponderExcluir