28 de fev de 2009

Antes do naufrágio os ratos já estarão seguros


Se a desgovernadora chama uma entrevista coletiva para comunicar fatos relevantes na segunda-feira (o2/03) é porque durante esta mesma semana a chapa vai esquentar no meio político-policial. Dar boas notícias, dizer que o déficit zero é uma maravilha e anunciar investimentos em ano pré-eleitoral são marcas consagradas do PSDB (lembram da BR 101 ? - FHC Padilha). Claro que haverá grandes manchetes e grandes análises positivas feitas na colméia. Mas o fato relevante é que a partir de agora a pressão pela liberação das tais gravações denunciadas pelos PSOL sejam vistas. O procurador-chefe do MPF no Estado, Antônio Carlos Welter diz que emitirá uma certidão com as respostas em relação a interpelação de AOD, mas somente dele. Cada palavra dessa declaração deve ser bem analisada. Um "até o momento" ou "inconclusivo", pode gerar mais dúvidas do que esclarecer a trama. A verdade é que enquanto as supostas fitas na vierem atona, enquanto o PSDB e a governadora não processar o PSOL , o governo Yeda continuará sua sangria. Aqui nos pagos aguerridos a gente sabe que ao menor sinal de naufrágio do navio, os ratos começam a saltar nas boias, deixando a embarcação ao sabor da rande tempestade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário