23 de mar de 2009

Espionagem Sim !

Fiquei enojado com a entrevista do chefe de gabinete da governadora Yeda Crusius (PSDB), Ricardo Lied concedida ao jornalista Giovani Grizotti que foi ao ar no programa Gaúcha Atualidade nesta manhã (23). Em alto e bom som, Lied diz que não espionou ninguém, que não fez nada de anormal. Até mesmo o mundo mineral, ouvindo às gravações, consegue entender que o governo Yeda "levantou" de forma ilegal a ficha do ex-deputado Luis Fernando Schmidt: Ricardo Lied: Não tem nada o Luis Fernando. Não tem nada na ficha dele; nada, nada, nada; eu tenho comigo, não tem nada; ele só tem uma perda de documento. Nunca teve nada na ficha.
Se isso não é espionagem política e uso da máquina pública para intimidar e até mesmo chantagear possíveis adversários então eu não sei o que isso significa. Tenho certeza que o nosso "bravo" Ministério Público saberá o que fazer com essa gravação (ahahahaha)

3 comentários:

  1. Kiko,

    Perguntas pra fazer a casa cair:

    Qual o MP que mais blinda o desgoverno do RS? O do Mauro Renner ou o Federal?

    Qual a influência de Gilmar Mendes, Daniel Dantas e do pessoal ex-FHC ligado à RBS nessa artimanha?

    Quando falo em casa, é toda a estrutura, não apenas as paredes da ala sul.

    []'s,
    Hélio

    ResponderExcluir
  2. Kiko,
    Acho que a atuação da Governadora quando, juntamente com a base aliada na Assembleia Legislativa, concedeu aumento salarial a carreira do Ministerio Publico - equiparação salarial prevista, com a esfera federal - ainda no ano de 2008, ja estava pagamento por serviçõs prestados...

    Junior

    ResponderExcluir
  3. - POR MUITO MENOS, NIXON COM O ESCÂNDALO "WATERGATE"FOI DEFENESTRADO DO PODER.

    ResponderExcluir