7 de mar de 2009

Sabe aquele churrasquinho de domingo ?

Pois é, sabe aquele "saboroso" churrasquinho de domingo que a família adora ? Parte dele vem do abate clandestino de gado aqui nos pagos. Segundo levantamento feito na Assembleia Legislativa cerca de 4,6 milhões de cabeças de gado (35%) dos dos 13 milhões de reses do RS são abadidos de forma irregular. O esquemão é milionário e envolve frigoríficos, compradores, logística, transporte, abatedouros, e a corrupção de servidores públicos. Sempre tem gente graúda querendo colocar a matança clandestina na conta dos trabalhadores, mas o furo é bem mais em baixo. O esquema envolve grandes empresários guascas, venda de carne e de peles para atacadistas e curtumes da Região Metropolitana de Porto Alegre. O governo Federal prepara uma grande ofensiva contra esses quadrilheiros e lançará em breve o Pronasci Abigeato no RS. Tá na hora da PF chegar junto dessa gente.

3 comentários:

  1. Todo abate é clandestino. A crueldade no consumo de carne permite uma relação amorosa e cínica com a vítima: churrasquinho, franguinho, peixinho, filezinho, costelinha, porquinho, ovelhinha. É um "inho" nojento. Quando vai acabar essa mania de matar? Por minha vontade, a indústria da carne, seus derivados e toda a cadeia (im)produtiva, poderia falir irremediavelmente. Que merda!

    ResponderExcluir
  2. Se o mundo tiver mais "frescos" e menos "paulos" teus netos e bisnetos viverão melhor. Bocó!

    ResponderExcluir