12 de abr de 2009

Isto tem que ter fim

Criada com pompa e circunstância pelo governo Yeda , a Secretaria Estadual de Irrigação e Usos Múltiplos da Água, até hoje não mostrou a que veio a não ser "colar" em obras de construção de barragens com recursos do governo Federal. Vários municípios gaúchos estão em situação de emergência devido a estiagem, e a defesa civil do Estado, ligada ao gabinete da governadora, demora demais em elaborar, homologar e enviar os laudos ao governo federal para que os agricultores atingidos possam acessar recursos a fundo perdido e do seguro rural. Falo isso porque vejo que o titular da pasta da irrigação, senhor Rogério Ortiz Porto, está sob investigação da Polícia Federal em um inquérito envolvendo a construção das barragens dos arroios Jaquari e Taquarembó e ao lado dele está nosso conhecido deputado Eliseu Padilha (PMDB). Imaginem que apenas a investigação da Policia Federal na operação Rodin desencadeou uma séria de ramificações de outras investigações paralelas, fisgando peixes graúdos da ética politica guapa. Engraçado que vira e mexe sempre que aparece essas falcatruas, são sempre nomes conhecidos da politica, os amigos da grande mídia. Esse políticos sempre recebem generosos espaços em rádios, jornais e na TV e são ovacionados pelo colunismo político guasca. O problema é que com a entrada da PF em monitorar obras Federais e os blogs bombando por ai, não tem como esconder ou disfarçar. A saída, e aposto meu segundo dente siso (o outro eu já arranquei ahahahah), é que dentro do projeto de poder de muita gente em 2010, está o aniquilamento da Policia Federal. Aliás, os candidatos à presidência poderiam firmar um pacto de não alterar os recursos de investimento, cortar verbas ou rebaixar os salários dos policiais, tudo isso como compromisso de campanha, pois tem muito político por ai que afirma: Isso tem que ter fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário