13 de jun de 2009

Qual será o modelo de cadeia melhor para Yeda ?

Qual será o modelo de cadeia melhor para Yeda ? (ahahahha) Eugênio me ajuda ! ahahahaha. Será do mesmo modelo do governo Britto que privatizou nossas estradas e cercaram nossas cidades e em troca recebemos um lixo de estradas a preços babilônicos ? Passados mais de 10 anos, hoje vimos que aqui no Brasil o sinônimo de privatização é a "lei de Gerson", ou seja, querem levar vantagem em tudo. Li que o secretário do Planejamento do governo Yeda, Mateus Bandeira, não vê problema que o empresáriado amigo tenha lucro com os presídios. Será o paraíso, imaginem ! Não precisar pagar mais leis sociais, nem décimo terceiro, nem férias para 10 mil pessoas. Ou seja, aquelas fábricas de sapatos do vale do sinos poderão ser fechadas e seus empregados demitidos, e no lugar presídios fábricas. Todos sabemos que nossos presídios são escolas do crime e que quem entra lá sai mais profissional do que entrou,mas tirar emprego de trabalhador pra resolver o problema dos nossos "empresários" já é uma piada. O governo Yeda, assim como o governo Rigotto afundaram o sistema carcerário do RS, e agora querem achar uma saída lucrativa para a crise que fomentaram ao longo dos anos. No Paraná, por exemplo, o governador Requião reestatizou todos o presídios privatizados e hoje serve de modelo para todo o Brasil. Tia Yeda quer "agilizar" os "estudo$" com o consórcio empresarial GPA, mesma empresa empresa que fez acordo com o governo mineiro (hummm) para dar início a um projeto que servirá de modelo ao Rio Grande do Sul. Qual será o modelo de cadeia que serviria para o governo Yeda e seus aliados ?

2 comentários:

  1. Seguindo na linha dos pedáios, o assaltado vai ter que pagar o tempo que o assaltante fica em cana. Tem lógica, né?

    ResponderExcluir
  2. Pensei que o título referia-se a cadeia ideal para prender Yeda.

    ResponderExcluir