23 de jun de 2009

Sobre o diploma

Sobre o tema: obrigatoriedade do diploma para exercício da profissão de jornalista, recomendo a leitura do artigo publicado hoje em Zé H (23), de autoria da minha querida professora e colega, jornalista Magda Rodrigues da Cunha, diretora da Faculdade de Comunicação Social (Famecos), da PUC/RS).

Muitos são os debates desde o dia 17 de junho, quando o STF decidiu pela extinção da obrigatoriedade do diploma para exercício da profissão de jornalista. Fala-se em retrocesso histórico, manutenção de qualidade de parte das empresas, garantia da liberdade de expressão prevista na Constituição, comparação com outras categorias profissionais e até com arte e literatura. Mas quem estuda para ser jornalista aprende o quê? E este é um foco pouco iluminado até agora e que é papel das instituições de Ensino Superior esclarecer. Neste texto, falamos do lugar do ensino de Jornalismo, que existe há aproximadamente 60 anos no Brasil, quando o diploma sequer era obrigatório Clique aqui.

Um comentário:

  1. Uma professora de uma universidade defendendo o diploma de jornalista é mais "imparcial" que um torcedor que narra o jogo de seu time em que?

    ResponderExcluir