24 de jul de 2009

Honduras se prepara para a guerra civil


Se ninguém fizer nada contra o governo golpista de Honduras, muita gente vai morrer numa sangrenta e desnecessária guerra civil. Bastaria os Yanques largar meia duzia de bombas no palácio de governo, bloquear as contas dos golpistas no exterior e colocar uns dois porta-aviões rondando a costa Hondurenha para a coisa se resolver. Como lá não tem petróleo e o governo deposto é alinhado com Chaves, a coisa vai bemmm devagar até que desapareça da mídia. O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, deu início à segunda tentativa de retornar ao país natal.Uma caravana saiu da capital da vizinha Nicarágua, Manágua, em direção à fronteira. Um golpizinho aqui, um puxãozinho de tapete lá. Será que os Yanques voltaram seus olhos para a América Latina e Caribe novamente ? Quando o fizeram na década de 1960 nosso continente mergulhou na ditadura. Uma boa pergunta a fazer para o Obama é quando ele vai mandar tropas para Honduras para reestabelecer a democracia, ou ele já se sente representado ?

Um comentário:

  1. O problema é que parte considerável da população hondurenha apoia o golpe. E Zelaya estava com popularidade em baixa. E ai como fica? Mas o golpe não se justifica. Não gosta do governo? Espera até a próxima eleição e muda. As manifestações populares pró golpe são muito maiores daquelas contra o golpe. E o populista do Zelaya sabe disso.

    ResponderExcluir