30 de set de 2009

Guampa em cabeça de Cavalo de rabo longo

A direitona e os barões da mídia não perdem tempo e agora colocam mais um dos seus tentáculos a trabalhar pela candidatura Serra. Falo do tal Tribunal de Contas da União - TCU. O que eles puderem fazer para atrasar, confundir, atrapahar e gerar manchete em jornal, eles farão. Esse tal TCU na era FHC nunca abriu o bico para nada nas verdadeiras falcatruas e maracutaias que rolavam nos bastidores do poder do PSDB. Quantas crises fictícias eles já inventaram em menos de um ano ? De cabeça me lembro de pelo menos umas quatro.
Pesquisa divulgada pelo Instituto Methodus (29), o ministro da Justiça Tarso Genro e pré-candidato do PT tem 33,6% quando o adversário é Rigotto com (28,2%) e 35,3% quando o candidato é Fogaça (25%). Em quarto lugar, Yeda tem 8,4% e 7,9% (nem suas bases acreditam mais em tanta mentira). Mais de de 60% dos entrevistados querem ver Yeda longe. ENQUANTO OS BARÕES DA MÍDIA PROCURAM QUAMPA EM CABEÇA DE CAVALO, YEDA CRESCE COMO O RABO DESSE MESMO ANIMAL, MAS PARA BAIXO.

Um comentário:

  1. Vai sair, mas vai complicar para o pessoal que trabalha mal, não faz projeto, não paga imposto.
    O resultado acabará sendo o mesmo que as licitações da prefeitura de Porto Alegre no tempo do PT.
    E o governo federal sendo um governo de coalizão, com a participação desses caras do PMDB, é melhor que o TCU aperte a tigrada.
    O pessoal das empresas de construção se queixava que as licitações do PT eram muito "apertadas".
    Isso dito por um engenheiro que fez parte da perimetral da Carlos Gomes.
    E eu me ria, respondia que era assim que deveriam ser.
    É que o metabolismo das empresas já tinha se acostumado a viver de licitações fraudadas e que de um jeito ou de outro, mesmo em rodízio, todas as empresas vão mamar e sugar mais do que deveriam do poder público.
    Por isso que o PT é odiado. Olha só quanta gente, operários, engenheiro, contadores e empreiteiros, dependem de concorrências e licitações e se frustram em participar de certames "apertados".
    O contraponto que eles não se queixam, é dos governos neo-liberais como o do estado, que está falido.
    Com YRC e Fumaça é licitação zero, simplesmente não tem para ninguém.
    Eles perdoam seus parceiros de direita por não ter o que co-roubar, mas não perdoam quem lhes impõem licitações difíceis.
    É muito stress essa coisa de concorrência.

    ResponderExcluir