23 de out de 2009

Torre de Petróleo em Porto Alegre

Ontem (22), foi reinaugarada e reinstalada em Porto Alegre, a "Torre de Petróleo", localizada na Praça da Alfândega, inicialmente inaugurada em 1963, pelo movimento estudantil da Capital. Naquele tempo nossas elites, associadas aos especialistas americanos afirmavam que "não havia petróleo no Brasil" (pelo visto não mudaram muito em cinco décadas ahahahha).
O ato foi promovido pelo Comitê Gaúcho em Defesa do Pré-Sal e contou com a participação de entidades sindicais, políticas e estudantis. Segundo o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ivar Pavanesta é uma campanha que resgata a luta do povo brasileiro nos anos 50 pela nacionalização das riquezas naturais do País", destaca.
A torre também foi um símbolo de resistência contra a ditadura e ponto de encontro dos movimentos estudantis na década de 60 (Uma espécie de Esquina Democrática). Os militares sabendo dessas simbologia retiraram a torre na década 70 e a colocaram num depósito. Com a redemocratização, e no governo Alceu Collares na prefeitura, a torre foi recolocada.
Recentemente, na gestão Fogaça, novamente foi retirada a pedido do Projeto Monumenta, por estar sobre um sítio arqueológico. Infelizmente a torre não foiu devolvida ao seu lugar de origem e nem a outro qualquer, e foi abandonada no parque saint'hilaire , em Viamão. Petroleiros, estudantes, sindicalistas e parlamentares se mobilizaram e exigiram que o monumento fosse reposto. O Ato também demarcou os 55 anos do inicio das operações da Petrobras e a nova luta em defesa do monopólio estatal da extração do petróleo e do pré-sal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário