8 de mar de 2010

Alinhamento à direta: PIG ataca o PT e Dilma

O ataque orquestrado do PIG ao PT não poderia ter outra origem a não ser o da revista Veja. Aliás, publicação que, na condição de jornalista, eu já não tenho como referência há muitos anos. Mas a origem desses ataques são muito mais profundas, organizadas e sofiscadamente arquitetadas. Além do ranço conservador ideológico, o PIG quer alinhar suas forças conservadoras para tentar barrar a possibilidade de vitória da ministra Dilma Rousseff nas eleições presidenciais. A base desses ataques está no 1º Fórum Democracia e Liberdade de Expressão, organizado pelo Instituto Millenium.

Um velho conhecido dos nossos pagos, o filósofo Denis Rosenfield, participante desse encontro, desferiu um violento ataque ao PT:“a idéia de controle social da mídia é oficial nos programas do PT. O partido poderia ter se tornado social-democrata, mas decidiu que seu caminho seria de restauração stalinista..."

Os debatedores do Fórum Democracia e Liberdade de Expressão afirmaram que ao contrário de Lula, que possui uma “autonomia bonapartista” em relação ao PT, a sustentação de Dilma depende fundamentalmente do Partido dos Trabalhadores. E isso, por si só, já representa um perigo para a democracia e a liberdade de expressão no Brasil.

Arnaldo Jabor, outro participante do evento, disparou: “minha preocupação é que se o próximo governo for da Dilma, será uma infiltração de infinitas formigas neste país. Jabor vai mais longe com sua verborragia ideológica de direita conservadora atrasada: “então o perigo maior que nos ronda é ficar abstratos enquanto os outros são objetivos e obstinados, furando nossa resistência. A classe, o grupo e as pessoas ligadas à imprensa têm que ter uma atitude ofensiva e não defensiva. Temos que combater os indícios, que estão todos aí. O mundo hoje é de muita liberdade de expressão, inclusive tecnológica, e isso provoca revolta nos velhos esquerdistas. Por isso tem que haver um trabalho a priori contra isso, uma atitude de precaução. Senão isso se esvai. Nossa atitude tem que ser agressiva”, disse Jabor, convocando os presentes para a guerra ideológica.
Portanto, não esperem boa coisa do PIG nos próximos meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário