27 de abr de 2010

Esses índios ambiciosos

Fiquei com nojo do título utilizado por Zé H no sábado (24) passado para tratar de uma possível criação de reserva índigena na área destinada à Ford, em Guaíba. Com o título cobiça índigena o jornaleco alerta para um possível estudo de criação de reserva patrocinada pela Fundação Nacional do Índio (Funai) no terreno. Com o objetivo claramente eleitoral o PIG e sua irmandade reaviva politicamente o terreno da Ford e não perdoa nem mesmo os índios que vivem na beiras das estradas.

Aliás, chega dar dó em ver nas rodovias os acampamentos índígenas com dezenas de crianças brincando no limite do asfalto. Quem conhece a nossa história sabe que, desde o descobrimento do Brasil, o povo índigena além de ter sido explorado e roubado, por fim foi exterminado aqui e em nosso continente. A cobiça por ouro, prata e madeira exterminou mais de 160 milhões de indios nesses últimos 500 anos.

A prova de que realmente esse povo precisa de um lugar está na coluna política do PIG. Hoje (27) em Zé H nossa abelha rainha lança seu ferrão contra os índios "Os acampamentos indígenas às margens da BR-116, entre Guaíba e Camaquã, são empecilhos à duplicação da estrada, obra prevista no PAC." A palavra empecilho está interpretada dessa forma: Aquilo ou aquele que empece, que apresenta um obstáculo, que impede, estorva.

Sobre o terreno do Ford, todos nós sabemos que foi FHC e ACM que tiraram a fábrica daqui quando reabriram o já encerrado processo de guerra fiscal para instalação da fábrica, numa clara jogada política para desgastar o govenro do PT no RS. Aliás, a maior parte dos engenheiros das fábricas de automóveis não são daqui. Conheço um italiano, o Paolo, que veio para o RS especialmetne para projetar alguns sistemas automatizados da fábrica da GM. Ele recebeu em euros e sua conta é na itália. A nós caberá ficar com a sujeira,os detritos e garantir milhões de reais em incentivos para que empresas como a Ford e a GM possam lucrar e bancar o deficit público americano.

Engraçado que o PIG não fala da não duplicação da Aracruz que Yeda anunciou e não saiu. O povo gaúcho é povo mais politizado do Brasil (ahahahahhahaha)

4 comentários:

  1. Tem um cara que quer porque quer terminar de exterminar o futuro. Guaiba que o diga. Queriam renegociar o contrato o com a Ford. Deram um chá de banco nos diretores atendendo antes deles um agricultor e mesmo assim foi o FHC que tirou a Ford. É sempre a mesma lenga lenga. A Dilma não quis roubar a foto da Norma, o leitores é que entenderam errado. Sempre a culpa dos outros.

    ResponderExcluir
  2. Que eu saiba eles são os herdeiros desta terra.

    ResponderExcluir
  3. Sobre a foto da Norma:
    Norma Benguell aprova uso de sua foto no site de Dilma e a elogia: "ela é maravilhosa, uma mulher que sofreu muito. Tomara que ganhe"

    ResponderExcluir
  4. Querem saber mais sobre a Ford, seus funcionários e Guaíba? Leiam com atenção (até o fim) as duas matérias, que jamais sairia ma ZH, abaixo:

    http://www.democratas.org.br/news_view.asp?id={B93369D8-0513-4C43-B7AA-FDA3A3D5E767}

    http://www2.uol.com.br/aregiao/art/fordba.htm

    ResponderExcluir