11 de mai de 2010

Faz um SUL21

Ontem estivemos no lançamento do jornal eletrônico SUL21. Achei fantástica a idéia de ter um espaço, mesmo que só eletrônico, para o debate político, mas sem as hipocrisias do PIG. Segundo o editorial de abertura, está garantido o contraditório a todas as correntes políticas, desde que defendam a democracia como um valor inegociável.

Segundo o Sul21, no mundo político inexiste neutralidade. Nenhum jornalista ou proprietário de jornal é neutro. e por honestidade com seus leitores, ressalvadas algumas divergências, apoiam o projeto de desenvolvimento em andamento no país, com diminuição das desigualdades regionais, econômicas e sociais. O editorial também avisa que mesmo esse projeto será visto criticamente pelo jornal eletrônico, pois a independência e a autonomia são indispensáveis para quem está assumindo um compromisso com a verdade e a democracia na informação. O editorial avisa que ninguém espere um alinhamento automático e incondicional do Sul 21, pois o compromisso é com princípios e não com as simplificações maniqueístas muitas vezes presentes no jogo político.

O SUL21 é um jornal veiculado exclusivamente através da internet e é propriedade de uma empresa formada por um grupo de profissionais liberais (advogados), que, juntamente com a jornalista Vera Spolidoro, editora-chefe, compõem o seu Conselho Editorial.

A materia de abertura é com O cineasta Jorge Furtado, que discute o isolamento cultural e político do RS

5 comentários:

  1. ué, tá fora do ar desde manhã o sul21...
    será um ataque raquer do PIG?

    ResponderExcluir
  2. José Renato Moura11 de maio de 2010 16:16

    Báh! Também não consegui visualizar nehuma vez o Sul 21. Mas vou continuar tentando.

    ResponderExcluir
  3. As dez horas da manhã eu consegui visualizar, e achei o site muito bom...
    Parabénss ao sul21 pela iniciativa

    ResponderExcluir
  4. É o revide do império?O Graff-Vader está agindo?

    ResponderExcluir
  5. Puta merda. Contamos mt com o novo jornal, mas podiam começar sem dar um 'intelectuaço'. De cineasta dando pitaco já chegava a anta do Jabor.

    ResponderExcluir