13 de set de 2010

Mais uma fase para o governo tucano de yeda: a terminal

Além de ter sido pega espionando políticos de oposição e seus familiares, e extorquindo propina de  bicheiros com carro oficial do Piratini, a Casa Militar, subordinada a Yeda e ao comando-geral da BM, teve a petulância de  deixar mofando por mais de 1 hora o promotor Amilcar Macedo, autor da prisão do sargento-araponga do Piratini.  Amilcar havia agendado a visita à Casa Militar para hoje (13), mas foi desmarcada na maior cara-de-pau via torpedo pelo governo tucano.  Mesmo assim, cumprindo o seu dever e obrigação, o promotor foi ao Palácio, e só foi atendido pela intervenção do subprocurador-geral de Justiça.

Imaginem a reação do PIG, caso fosse um governo petista. A essa hora o PIG guasca já estaria retransmitindo direto para o Rio de Janeiro para aparecer no Jornal Nacional "PT bloqueia investigação em caso de espionagem  política" e por aí vai.  Gosto de acompanhar a abordagem "administrativa" que o PIG guasca faz sobre o tema, passando bem na tangente do assunto, para logo desviar para uma pauta nacional contra o PT (quebra de sigilo, a matéria da Veja, etc) 

Nossa abelha rainha, em primeira mão anuncia em seu TWITTER: " Yeda Crusius anunciou hoje uma profunda reestruturação na Casa Militar. Consta que o clima anda péssimo por lá." Clima Péssimo ? Os caras espionavam e monitoravam deputados e até seus filhos menores (crianças)  e ainda eles tem a safadeza de falar em clima péssimo? Se fosse um governo sério, o primeiro a cair seria o comandante-geral, o segundo seria o secretário-espantalho de segurança e a Casa Militar já estava FECHADA com todo a equipe de arapongas exoneradas e processadas. 

O PIG guasca mantém Yeda nos aparelhos para tentar empurrar a eleição do Estado para o segundo turno, para que as forças "VIVAS" se reagrupem contra o PT. Para isso, vão fazer de tudo nesses quinze dias para detonar Tarso, Dilma e quem quer que seja, nem que para isso precise criar mais uma fase para o governo Yeda: A FASE TERMINAL.

3 comentários:

  1. Vai ver que tinha um morto lá. Não um cadáver, mas um arquivo morto com tudo registrado e isto fede.
    Ou estava encaixotando os gravadores e degravadores, os microfones, enrolando a fiação, fazendo a mudança de tudo para a reciclagem numa fornalha. Estariam eliminando provas? Evitando uma acareação?

    ResponderExcluir
  2. Falta pouco para o FORA YEDA!!
    A propósito: alguém da RBS já foi chamado pra depor?

    ResponderExcluir
  3. Afinal: ela pode disputar uma eleição e ainda estar no governo ?
    Ou tão deixando ela concorrer porque vai perder mesmo, e ninguém questiona no TRE porque "café de loco não leva açucra" ?
    Me parece que qualquer governo que não fosse o dela isso não seria permitido.

    ResponderExcluir