19 de set de 2010

Para Serra e FHC salário de US$ 100,00 quebraria o Brasil

Todo mundo  que tá ligado na política já notou qual será a estratégia adotada pelo PSDB, pelo PIG e  seus aliados para os próximos quinze dias: O PIG se encarrega de espalhar boatos de corrupção, roubalheira, desvios, condenando o PT e Dilma até pela morte de Cristo, e Serra fica com as promessas. 

Eu mesmo não acreditei quando ele prometeu um salário de R$ 600,00. Sim ! o mesmo Serra que defendeu o salário de R$ 151,00 no dia 03 de março do ano 2000 e uma das piores políticas de renda da classe trabalhadora. Aquele período foi chamado de mais uma década perdida, com salários miseráveis, a renda do trabalhador muito baixa e crises sucessivas na economia. O governo tucano de FHC  (que eles escondem a todo custo do programa de Serra)  praticou uma dos mais baixos salários mínimos da história, achatando o poder de compra da classe trabalhadora. No Governo Fernando Henrique, o salário mínimo do trabalhador brasileiro equivalia a US$ 56,00. O senador Paulo Paim chegava a  fazer greve de fome para que o salário mínimo no Governo FHC fosse de US$ 100, e nada. FHC e Serra sustentavam que isso quebraria a previdência social

No último ano de Lula e Dilma o salário mínimo será de  US$ 298,00,ou seja, quatro vezes mais do que no governo  tucano, e ainda é pouco e queremos mais. Aliás, o discurso de Serra e FHC sempre foi o discurso do P.I.G, : Se o valor ficar em R$ 510, o impacto nas contas da Previdência será de R$ 4,6 bilhões. Cada real de aumento representa R$ 200 milhões a mais nas despesas previdenciárias. (essa é a receita de Serra e FHC) 


A taxa média de crescimento da economia brasileira, ao longo da década tucana, foi a pior da história, em torno de 2,4%.  O patrimônio público representado pelas grandes estatais foi liquidado. A dívida interna que era  de R$ 60 bilhões, saltou para R$ 630 bilhões, enquanto a dívida externa teve seu valor dobrado.

 No Rio Grande do Sul, em quatro anos, a desgovernadora Yeda (PSDB de Serra) simplesmente acabou com o mínimo regional criado no govenro Olívio Dutra. Para quem não lembra, o salário regional era uma forma de escapar das malvadezas de FHC e sua turma, qua não davam reajuste por que a previdência ia quebrar (ahahahahah) Aliás, o PT, na sua história,  sempre lutou pelas melhores condições de vida da classe trabalhadora e por um salário digno.

Agora, além das mentiras, dos aquedutos de TV, Serra promete uma coisa que nunca defendeu: aumentar o salário mínimo  no patamar que eles nunca na história desse país fizeram. É MUITA CARA DE PAU.


Um comentário:

  1. O Globo de hoje em editorial faz pior ainda, fala em Onda Verde que levaria a eleição a um segundo turno. Devem estar fazendo estes editoriais no bar da esquina. Eles piraram, tucanos e imprensa. Mas o Lula está dando o troco em comícios pelo Brasil, denunciando quem são os verdadeiros inimigos da democracia.

    ResponderExcluir