12 de out de 2010

Dilma dá surra política em Serra e PIG acusa o golpe

 Quem assistiu o debate da Band sabe que Serra levou uma surra política no que diz respeito ao  conhecimento de assuntos do Brasil. Todos viram o despreparo do tucano, que apenas tangenciava ou mancheteava de forma genérica os assuntos. Quando o tema foi privatizações e venda de patrimônio público o tucano se borrou todo, assim como no quesito segurança pública e drogadição.

Por isso, o PIG que pichar a marca de agressividade em Dilma porque sabem que ela foi ela mesma no debate, foi tecnicamente perfeita, (ahahahah). 

No debate, Serra abandonou até a sua mulher, quando Dilma acusou-a de fazer campanha suja contra sua candidatura (matadora de criancinhas). Aliás, os blogueiros poderiam aprofundar na relação estreita de Serra com a bela  Daniela Ferraz Saad, herdeira do grupo Band, nomeada para um cargo comissionado na Secretaria de Comunicação do governo Serra. Daniela foi "acompanhante" oficial de Serra (ahahaha) em Copenhague, na Dinamarca, a pretexto de participar da Conferência do Clima. (o clima deve ter sido bem quente por lá)

Aliás, eu não ouvi o PIG condenar a agressividade de Marcelo Madureira, integrante do Casseta & Planeta chama o presidente Lula de picareta e vagabundo no programa Manhattan Connection,  e quando um dos seus âncoras, Diogo Mainardi, ergue o braço de Madureira num claro sinal de aprovação do que aquele pulha havia dito. Tenho a convicção de que estamos diante da mais suja e agressiva campanha dos últimos anos para presidente da república. Isso tinha que ser usado no programa político e mostrar pro povão o que é a verdadeira agressividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário