30 de nov de 2010

Sarah Palin, a miss neofita do ano

Sarah Palin, além de ser uma reaça de extrema direita norte-americana, também demonstra que inteligência não é o seu forte. Palin, no inicio da semana, deu uma barriga fenomenal ao se referir aos norte-coreanos, e não sul-coreanos, como aliados dos Estados Unidos. “Obviamente, temos que ficar ao lado de nossos aliados norte-coreanos”, afirmou a ex-candidata à vice-presidência republicana durante um programa de rádio apresentado por outro ícone dos conservadores, Glenn Beck.

O apresentador imediatamente corrigiu a entrevistada e Palin repetiu: “Isso. E nós igualmente temos que manter prudência e ficar ao lado de nossos aliados sul-coreanos, sim”.

Agora, a miss neofita quer que o fundador da Wikleaks, julian Assange, seja caçado como terrorista por divulgar cetenas de e-mails confindenciais da diplomacia americana, fazendo estragos em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde "entregou" o cabo Anselmo de luxo, fazendo articulações de vassalagem com os norte-americanos.

Claro que o vazamento deve ter o dedo podre da CIA e da ultraconservadora direita americana. que estão fazendo de tudo pra encaçapar Barak Obama, mas pedir a cabeça de um ativista é dar o prêmio de burra do ano a essa criatura.


Nenhum comentário:

Postar um comentário