30 de dez de 2010

Minha Casa Minha Vida é cidadania e dignidade

O presidente Lula tem bom motivos para sorrir de orelha a orelha ao final de seu segundo mandato. Sua popularidade bate recorde a cada dia que passa; elegeu sua candidata; inaugura obras de infraestrutura em todo o Brasil e a economia vai muito bem. Os programas do governo Federal criados nos oito anos do governo Lula  são um sucesso (Prouni,Fome Zero, Bolsa Família etc.) e são marcas que ficarão na memória de milhões de trabalhadores, em especial àqueles que se beneficiaram . Foi por meio desses programas sociais que o povo brasileiro teve a oportunidade de mudar de vida, e para melhor. O programa Minha Casa Minha Vida é um exemplo disso, pois viabilizou o sonho de 1 milhão de famílias, dando a oportunidade para que saíssem do aluguel ou da sub-habitação e passassem a pagar por algo que fosse seu. 

Ter um lar, uma casa própria com toda a infraestrura necessária (água, esgoto,ruas calçadas, escolas e parques),  eleva a auto-estima do brasileiro, pois será ali,naquele lar, que se darão suas relações sociais, onde seus filhos e netos serão criados, onde os amigos dos teus filhos serão recebidos. Quando vamos abrir um crediário, a primeira coisa que pedem é o endereço da tua residência, é o símbolo maior de cidadania que um trabalhador ou trabalhadora pode ter. Quando terminamos mais uma jornada de trabalho são para nossas casas que nos dirigimos, da mesma forma quando estamos viajando e sentimos saudade do aconchego do nosso lar, por mais humilde que ele seja.

Quando uma pessoa não tem um lugar, um endereço  para chamar de lar, tenho a certeza que parte da sua cidadania é afetada, assim como sua dignidade e  de toda a sua família.  Ontem (29), o Minha Casa Minha Vida finalizou a entrega de 1 milhão casas, dando a milhões de famílias a garantia de uma vida digna. São programas como esse que fazem da palavra cidadania o sinônimo de dignidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário