25 de jul de 2015

Para os vassalos, defender empresas brasileiras no exterior virou crime

Antes da definição da compra de caças para a Força Aérea Brasileira, Hillary Clinton, Sarcozy (França) e Vladimir Putin, vieram ao Brasil defender os produtos das empresas de seus países. Lula não ! esse é criminoso por vender nossos produtos, gerando milhares de empregos no Brasil. Criminalizar Lula é condenar o Brasil a voltar ao passado, se subordinando aos interesses das grandes empresas internacionais. A saber, no Brasil, um dos ramos da Odebrechet é equipamentos de defesa, industria que movimenta bilhões de dólares e é dominada pelos americanos. Talvez resida aí um dos motivos para que os vassalos de plantão queiram acabar com Lula e a Odebrechet. Na foto, míssel desenvolvido pela Odebrechet para o exército. Superfície-Superfície Anticarro MSS 1.2 AC


Nenhum comentário:

Postar um comentário