21 de mai de 2016

...Ministérios da Ditadura eram de alto quilate, diz o hipócrita Davi Coimbra ao defender Temer


"....A ditadura militar não precisava agradar aos políticos. Assim, os ministérios da ditadura eram de alto quilate....." Essa foi uma das pérolas do hipócrita e jornalista David Coimbra para justificar a formação do ministério golpista de Temer, que possui sete investigados na Lava a Jato. Sobre a escolha de Romero Jucá como ministro, Davi suavemente diz que a escolha de Temer foi uma da "opções políticas duvidosas", mas logo emenda que todo o ministério poderia ser formado de homens brancos ou de negros, tanto faz, desde que trabalhe bem.

Hipócrita, não diz que a Ditadura Militar entregou uma dívida pública astronômica para o governo civil, a corrupção era em escala geométrica, a educação pública foi dizimada e as ferrovias cederam lugar aos carros e ao asfalto, enriquecendo multinacionais, empreiteiras e políticos da Arena/PDS  (hoje PP e DEM).

Hipócrita, fala em Negros em todos os ministérios ?? Não brinca Davi. Os brancos da casta política brasileira reproduzem o que seus antepassados da Casa Grande sempre fizeram, lugar de negro e pobre é na favela e na senzala e não na Universidade ou em aeroporto.


Hipócrita, na ânsia em defender Pedro Parente como "sagaz administrador de crises" esbarra na verdade que o tempo deixa marcado na história: foi o ministro do apagão de FHC, período que afundaram uma plataforma marítima (P36) avaliada em US$ 1 bilhão de dólares além da morte de 21 pessoas. Pedro Parente administrou o caos no sistema elétrico, que por falta de investimento obrigou o governo a administrar apagões. Parente diz que não vai admitir político na Petrobras  kkkk. Seu discurso foi claro: vou cuidar da Petrobras para seus acionistas, ou seja, para dar lucro para os grandes investidores que compraram ações em baixa  da Petrobras no pico da Lava a Jato e agora vão ganhar bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário