18 de dez de 2008

Reforma Agrária: Caiboaté já é do povo


Choro, lágrimas, emoção: falei a pouco com o repórter fotográfico Eduardo Quadros, que está em São Gabriel, fazendo a cobertura da entrega de título de posse para quase 600 famílias ligadas ao MST e que estavam acampadas à beira das estradas no RS. São as primeiras imagens do assentamento Caiboaté (Nome dado em homenagem ao índio Sepé Tiarajú , morto na Batalha de Caiboaté, uma das mais sangrentas batalhas da Guerra Guaranítica, na qual cerca de 1.500 índios Guarani perderam a vida confrontando o exército espanhol, incluido o líder Sepé Tiaraju ).

Segundo relato, a emoção tomou conta de integrantes do governo Lula, deputados e agricultores. para o MST a conquista da Caiboiaté está na mesma grandeza da Fazenda Anoni, no norte do Estado. Assentar quase 600 famílias de pequenos agricultores e suas famílias, somente num município, representa uma grande conquista política para Lula e um tapa de luva em integrantes do Ministério Público do RS e no governo Yeda. Yeda não assentou e nem assentará nenhuma família nos seus quatro anos de mandato e sua política é para outras esferas. Mas isso é uma outra história. Agora a ordem é trabalhar e produzir na terra.


Fotos: Eduardo Quadros.
contato: 51 96952575

Nenhum comentário:

Postar um comentário