18 de mai de 2009

Começa a necropsia do governo Tucano

A chance de sair a CPI da corrupção na Assembleia é de 110% e a decisão agora está nas mãos do PDT. Apenas os deputados Cherini e Kalil estão em dúvida, mas acredito que suas bases eleitorais vão clarear rapidamente suas posições (ahahhaahhaha). Com a publicação de novas denuncias, corroboradas inclusive com uma entrevista em Zé H de hoje (18) do vice-governador Paulo Feijó (DEM) que afirmou :“Tenho outros e-mails que são comprometedores”. Na opinião de nossa mídia guapa, às CPIs estão vulgarizadas , mas esquecem de dizer que foi através de uma, a CPI do Detran, que a sociedade descobriu como funcionava o submundo da corrupção no governo, tendo como "liderança" parlamentares tradicionais da terrinha e políticos de alta plumagem. Já em Brasília a criação da CPI da Petrobras tem um motivo claro para o PSDB: desgastar o governo Lula, e com a ajuda do PMDB fazer pressão para que a CPI guapa não pegue pesado com as conexões do PMDB quando às entranhas do tucano for dissecado na necropsia a ser realizada na CPI.

2 comentários:

  1. 1. O PT tem que deixar a criação da CPI da Dona Yeda para o ano que vem, colocaria toda a sujeira tucana para fora um pouco antes das eleições.

    2. Os deputados do PT deviam apoiar a CPI da Petrobrás e começar as investigações a partir do governo FHC. Só as sacanagens destes 8 anos dariam o que falar por mais 8 anos.

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo Kiko. E, de quebra, formatar a extração do pré sal pela iniciativa privada, ou algo parecido.

    ResponderExcluir