5 de ago de 2009

2008 e 2009, os anos que não terminaram

Yeda desapareceu ! (ahahaha) ontem, na única agenda marcada — lançamento da Expointer — e era justamente junto com seus principais aliados, a Farsul e os latifundiários, ela não deu às caras. O certo é que o chamamento que o Ministério Público Federal fez, ao anunciar uma entrevista coletiva para hoje, às 15h com a força-tarefa do MPF responsável pelas investigações vai confirmar o que todo mundo já esperava: o ajuizamento bem fundamentado (ahahaha) de ação civil pública contra autoridades com fórum privilegiado – deputados e ex-secretários de Estado. Isso deve ter apavorado grande parte da base do governo Yeda e de seus aliados. Pelo jeito, 2009 também será outro ano que não terminará para Yeda e seus aliados, assim com 2008.

2 comentários:

  1. Não sei se os latifundiários e FARSUL são os principais aliados da desgovernada. Pelo cheiro de churrasco que a passagem de Feijó deixou pelo interior do Estado, é capaz de eles terem mudado de lado há algum tempo.

    ResponderExcluir