19 de set de 2009

Candidato de Lula, o ficha suja


Chupando uma matéria do jornal O Estado de São Paulo, Zé H publica hoje (19), apenas na edição impressa (suprimindo a página 16 da versão html) e apenas na versão FLIP a forma mais tradicional que os barões da mídia sabem fazer para desqualificar seus adversários políticos. Utilizando a expressão "ficha suja" e "candidato de Lula" o GRUPO ataca o advogado-geral da União, José Antônio Dias Toffoli, indicado por Lula para ocupar a vaga de ministro do STJ (que tanto interesse nessas vagas ?). O escritório de Toffoli é ,veja bem, "acusado" de dar assessoria jurídica ao governo do Amapá, do governador João Capiberibe (PSB), e segundo o juiz Mário Kaskelis, o papel exercido pelo escritório deveria ser dos procuradores do Estado e afirma que o aditivo da licitação foi ilegal e blá blá. Lá no final da matéria, Toffoli denuncia que a sentença sobre a acusação foi dada três dias antes da audiência, ou seja, cerceando a defesa do acusado. O engraçado que a expressão "ficha suja" nunca foi utilizada pelo GRUPO para turma do PSDB e de Yeda, nem mesmo no auge da corrupção. Quem imagina que essa gente não tem lado, tire o cavalo da chuva. Eles têm sim ! o deles !

Nenhum comentário:

Postar um comentário