22 de set de 2009

Golpistas não aceitam a volta da democracia em Honduras.

Militares de Honduras cercaram a embaixada brasileira em Tegucigalpa, onde permanece o presidente deposto, Manuel Zelaya, e passaram o rodo nos manifestantes que passaram a noite em frente ao edifício. A direitona delá e daqui já contesta a posição do Itamaraty de receber Zelaya na embaixada, mas não fala que esse governo é golpista. Confira as transmissões ao vivo da Rádio Globo Honduras (nada a ver com a globo), há eminência de conflito e invasão da embaixada brasileira: http://www.radioglobohonduras.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário