13 de jan de 2010

Água e comida para o Haiti

Segundo o secretário-geral da ONU Ban Ki-moon, o terremoto que destruiu a infraestrutura do Haiti, ocasionando a morte de milhares de pessoas, pode ter comprometido o trabalho de cinco anos da organização no país. Aqui no Brasil, entendo que todas as instituições brasileiras devem fazer um grande esforço para captar doações de água e de alimentos não perecíveis, e o Exército brasileiro deve ficar responsável pela logística de transporte. Também se faz urgente que a missão brasileira, que já possuia mais de 1300 brasileiros naquele país, reforce a sua posição nessa missão humanitária.
Na minha opinião é URGENTE a criação de um fundo internacional para ajudar países em situação de catástrofe (cada vez mais comum), e o fortalecimento de organismos de ajuda humanitária, tendo como exemplo a Cruz Vermelha e os Médicos Sem Fronteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário