27 de mai de 2010

O PIG quer manter o fator previdenciário

O PIG está louco pra ver o presidente Lula vetar o reajuste de 7,72% concedido aos aposentados pelo Congresso, e vai entrar em orgasmos múltiplos se o governo vetar o fim do fator previdênciario, criado em 1999 por FHC. Afirmar que o Estado terá déficit caso as aposentadorias sejam corrigidas junto com o salário mínimo é papo de neoliberal.

Se o governo tem dinheiro para emprestar a fundo perdido para os Gerdau, para a GM, Ford e outras multinacionais,então tem dinheiro suficiente para pagar uma aposentadoria digna aos seus trabalhadores. Aliás, o presidente Lula poderia fechar seu governo com chave de ouro ao determinar o fim do fator previdenciário, derrubando mais um dos símbolos do atraso econômico e social do Brasil. Ainda bem que temos o senador Paim (PT), que além de defender os interesses do Rio Grande no Senado, é também um dos grandes guerreiros dos aposentados no Congresso Nacional, e um dos maiores lutadores pelo fim do fator previdenciário no Brasil.

O Congresso Nacional, ao contrário do que o PIG afirmou, tomou uma das maiores e melhores decisões dos últimos tempos a favor dos brasileiros, em especial para aqueles que ainda não se aposentaram. Se eu fosse o Lula assinava com muito gosto o fim dessa chaga criada no governo das trevas de FHC. Se queremos erradicar a pobreza no Brasil, vamos começar dando dignidade aos nossos aposentados.

Um comentário:

  1. Mas não era o PT que afirmava que o Fator previdenciário era um mecanismo neoliberal criado pelo FHC para prejudicar os trabalhadores aposentados? Porque são contra seu fim agora? Onde está a coerência? É por esta e por inúmeras outras que eu afirmo: Petralhas nem pensar. Prefiro votar num poste a votar em petralha de duas caras. Uma usada na oposição e outra na situação.

    ResponderExcluir