15 de set de 2010

Quero estudar o Holocausto Palestino

Era só o que faltava a Câmara de Vereadores de Porto Alegre obrigar os alunos da rede municipal a estudar o "holocausto". Tema batido, saturado, ressaturado, colocado em todos filmes, noticiários, reportagens e documentários em escala mundial, durante 30 anos, sistematicamente.  Se for assim, também quero que a Câmara aprove uma lei que seja obrigatório o estudo do extermínio do povo palestino promovido  pelo governo de Israel e a ocupação sistemática de seu território por assentamentos .

Um comentário:

  1. É verdade. Basta ligar a TV que todo o dia tem filme cultivando o coitadismo, a vitimização do povo judeu. Quem pouco conhece a história pode pensar que são o único povo no mundo vítima de perseguição e extermínio. O nazifascismo foi derrotado na II Guerra as custas de 20 milhões de vidas na antiga URSS. No entanto, esse fato é cuidadosamente omitido. O extermínio dos povos originários nas Américas (que até hoje continua) é sempre menosprezado. Assim, como o massacre do povo palestino, com diversos elementos muito semelhantes as limpezas étnicas do Reich. É simplesmente inojante.

    ResponderExcluir