4 de fev de 2009

Caso Becker soma-se a milhares sem esclarecimento

O assassinato do médico Marco Antônio Becker completa dois meses hoje (04/02), e a completa ausência de pistas que levem ao seu executor transformará o caso em mais um daqueles que possivelmente nunca serão esclarecidos. No entanto, cabe destacar que outros fatores contribuíram para esse fato. Uma rua mal iluminada, sem policiamento ostensivo, câmeras de segurança públicas estragadas, falta de controle de equipamentos militares, tudo isso é um somatório desse caso. Agora, como última tentativa, querem recolher às armas dos soldados com pistolas calibre 40. Até mesmo um aspirante sabe que alguns modelos dessa pistola não possui numeração no cano e pode ser trocado por outro, ou seja, se o o assassino for profissional nunca será descoberto. A única coisa concreta que sabemos é que nossa segurança pública é um misto de servidores públicos mal pagos, disputa de vaidades, gente graúda que usa os escudos das polícias para se beneficiar em altos cargos e a completa falta de coordenação. O caso Becker não será o primeiro e não será o último caso a não ser elucidado. Há centenas de casos desse tipo anualmente que apodrecem nas delegacias por falta de investigação, por falta de uma polícia integrada e de serviços públicos que funcionem. Enquanto isso Yeda voa para anunciar às maravilhas de seu governo e Fogaça zzzzzzzzzzzzzz

Um comentário:

  1. Êsse é o governicho que merecemos! Ainda com o acobertamento da mídia guasca! Assim fica fácil governar!

    ResponderExcluir