9 de mai de 2009

Pipoca não tem antena

A corrupção todos nós sabemos que sempre existiu e sempre existirá, mas escancarada assim já é demais. O que mais me intriga aqui nos pampas é que com toda a lama já revelada no governo Yeda, nossa mídia guapa trata o assunto bem de leve, tranquila, como se tudo isso fosse normal. Parece até conversa de doido (ahahahhaa), onde o que se prova não é real para a mídia. Corrupção, repressão ao movimentos sociais, espionagem política, desgoverno, tudo isso é francamente esquecido rapidamente por nossos colunistas políticos. Aliás, mereceria uma tese de mestrado sobre o tema se fizermos a comparação da cobertura dos blogues e dos jornalões sobre o mesmo tema. Mas quero aqui não falar propriamente na política, mas sim do caso da dentista assassinada no litoral. É escandaloso pois ninguém da grande mídia cobrou do governo o assunto. Agora tem um batalhão de gente da polícia trabalhando para encontrar o criminoso, ao passo que a BM poderia ter salvo a vida da jovem. Tanto o comandante quanto o seu sub deveriam ser exonerados dos cargos ou se tivessem vergonha eles mesmos pediriam pra sair. Hoje, a mesma BM infiltrará dezenas de policiais a paisana na chamada marcha da maconha, para impedir qualquer coisa (ahahhaah) . Piada ! basta ir na esquina que a gente vê pencas de jovens fumando crack e maconha livremente, inclusive na frente da Secretaria de Segurança.
O povo mais politizado do Brasil precisa voltar à sala de aula urgente.

4 comentários:

  1. "Voltar às salas de aula" contanto que o nível não seja "padrão mariza".

    ResponderExcluir
  2. Neste desgoverno temos um secretário de segurança fantasma, pois apenas recebe sua grana no fim do mês. Os brigadianos se deitam e rolam, se imiscuem em atividades da Polícia Judiciária, não respeitando a única autoridade policial que existe no estado que é o Delegado de Polícia, pois na BM do soldado ao coronel são tão somente agentes daquela autoridade. Uma Delegada de Polícia, infelizmente acreditou neste governo e assumiu um Detran privatizado e por isto podre. O Daer que segundo o Bu$atto é uma das fontes de captação de dinheiro para campanhas, ao invés de ser extinto, pois não tem mais razão de ser, teve seu quadro de inúteis elevado em número e com salários aumentados.
    É um governo podre. Só não vê quem não quer. Pobre Rio grande. Felizmente não tenho a mínima parcela de culpa até por que sei votar e votei bem.

    ResponderExcluir
  3. Pior que nesse quadro de descontrole institucional vão se multiplicando os casos de abusos de autoridade cometidos por cabos e soldados, que se sentem protegidos pelo clima de impunidade.
    O nível cai em cima, os de baixo percebem e botam as garrinhas de fora.

    ResponderExcluir
  4. Pior ainda é prender o mesmo cara três vezes no mesmo dia.

    ResponderExcluir