13 de set de 2009

Enquanto ela trabalha eles a perseguem


Nossa mída dominical nos brinda com mais uma avalanche de "boas noticias" de yeda nesse final de semana. Segundo Zé H, Yeda reagirá ao Impeachment com obras e viagens (ahahahahhaa). A matéria vem até com reloginho digital (enquanto ela trabalha eles a perseguem)

Pelo que entendi no enunciado toda a bandalheira será combatida com meia duzia de obras "laranjas de amostra" de um governo que já está no seu final legal ? Sim ! porque politicamente já morreu há mais tempo. Pelo que resumi da matéria então é o seguinte: graves denuncias de corrupção e os indiciamentos da Policia Federal e do MPF se combate com obrinhas ?(quaquaquaquaquaqua). Esse então será o novo markentig adotado para mudar a imagem da governadora ? Muita mídia, muito bla bla bla e pouca ação concreta ?

Na região do vale dos vinhedos, na serra gaúcha, centenas de pequenos produtores de uva e de vinho estão à beira de cerrar às portas, pois o chamado novo Simples Gaúcho, adotado por Yeda e seus aliados, enquadram pequenos, médios e grande produtores de vinho numa mesma alíquota, colocando em xeque o futuro da agricultura familiar daquela região e a produção de vinhos. Se Yeda deseja investir o que ainda não investiu , poderia começar por fazer uma força tarefa para acelerar a reconstrução dos presídios que foram abandonados pelo seu governo e pelo seu antecessor, e que hoje são comandados pelas facções criminosas. Ou até poderia também recomeçar pela reforma das estradas que mais parecem um campo lunar, tamanha a buraqueira. Poderia voltar a investir na saúde pública, que a cada ano de seu governo bancou apenas 50% do que é determinado pela Constituição (12 %). Nossas escolas públicas foram abandonadas e poderiam ser relembradas por Yeda , pois nossos professores trabalham com a infraestrutura mínima.
Sobre a agenda da governadora, vão me desculpar, mas o que ela mais fez foi viajar, e a passeio, tendo como principais trechos (São Paulo, Brasília, Canela, e Estados Unidos). Em quase todos os casos para tratar de assunto particulares, descansar, tratar de sua defesa política ou rever parentes no exterior, isso quando não convidada a se retirar pela população.

Um comentário:

  1. Se ela asfaltar as 36 entradas de município ainda carentes de estrada boa, começando por Arambaré, já posso fazer de conta que não sei da casa dela.
    Mas acho que o meu asfaltinho ela deu para a GM.

    ResponderExcluir