26 de nov de 2009

TV/AL: Marco Peixoto na sabatina para o TCE

O deputado Adão Villaverde (PT) iniciou o processo de arguição do deputado Marco Peixoto (PP) que foi indicado pelos governistas para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A sabatina iniciou por volta das 10h, na sessão especial da Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembléia Legislativa. Pela proposta da base aliada, Peixoto ocuparia a vaga do presidente do Tribunal João Luiz Vargas, que pediu aposentadoria. A Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado adverte, porém, que a aposentadoria de Vargas ainda não foi homologada, portanto, não há a vaga.

Acompanhe agora pela TV Assembleia

O pedido de aposentadoria apenas foi publicado no Diário Oficial do Estado. Além disso, ressalta que a não há comprovação de notório saber do indicado sobre conhecimentos de administração pública, jurídica, contabilidade, administração pública.Por sua vez, o deputado Daniel Bordignon (PT) ratificou os requisitos da Constituição Federal para a ocupação do cargo.

Pela lei, o postulante deve ter mais de 35 anos de idade, conduta ilibada e conhecimentos financeiros, de administração pública, jurídicos e contábeis. Como a sabatina visa a aferir o conhecimento do candidato, Bordignon pediu a Peixoto que responda as perguntas sem consultar a assessoria. “A sociedade tem o direito de saber sobre o conhecimento específico do indicado”, arrematou. A reunião prossegue tensa.

Acompanhe agora pela TV Assembleia

Fonte: http://www.ptsul.com.br/

Um comentário:

  1. Além de notório saber jurídico, fiscal e financeiro, o livreiro e alberguista deputado Marco Peixoto (PP) adora invadir (grilar) terras alheias em Santiago/RS e expulsar os leiteiros ali residentes. VER PROCESSO BAIXADOS NO TJ/RS. Ganhou no TJ, com a ajuda de advogado do palácio, assessor da desgovernada, e voto de desembargador parente. Mas a ação não terminou, foi pro STJ. Ele é moralmente idôneo, e tem reputação ilibada ... É dose!
    Dr. Alienista

    ResponderExcluir