23 de fev de 2010

Pague ou proíbe

Os apostadores de Novo Hamburgo, que apostaram mas não levaram o Prêmio da Mega-Sena, devem procurar a justiça para reparar esse erro. Eu não sei qual é o entendimento da Caixa Econômica Federal sobre os bolões de apostas feitos em lotéricas, mas caso a instituição não pague o prêmio aos apostadores,então, que o Banco proíba esse tipo de procedimento nas suas concessionárias.

É comum nas lotéricas, ao se fazer qualquer tipo de aposta individual, que o funcionário ofereça um bolão com números pré-selecionados. Caso você aceite comprar esse produto recebe imediatamente uma cópia do jogo com um carimbo ou os números registrados com o selo da lotérica. Portanto, a responsabilidade da lotérica é grande e na condição de representante da Caixa Econômica Federal maior ainda. A lotérica na realidade também vende a credibilidade da instituição Caixa e não pode deixar que isso ocorra novamente.

3 comentários:

  1. E o jogo do bixo até quando a Caixa vai ser conivente com os lotéricos ...

    ResponderExcluir
  2. Juntando a dificuldade extrema de acertarmos na megasena mais o chamado "bolão" temos uma combinação explosiva e muito propensa a situações como a que aconteceu em NH. O que houve: Recolheram o dinheiro e não fizeram o jogo? Recolheram o dinheiro e só usaram parte do dinheiro? Ou simplesmente recolheram o dinheiro e embolsaram? O que chama atenção é a CEF, que vive praticamente da credibilidade, não ter proibido este tipo de procedimento envolvendo o seu jogo mais rentável! Bolão lembra confusão e não é a primeira vez que acontece algo parecido envolvendo esse tipo de "sociedade"! De qualquer forma a situação ainda é muita estranha naquela lotérica do vale dos sinos!

    ResponderExcluir
  3. Mas cadê, afinal, o comprovante emitido pelo terminal? Sem tal comprovante há aposta efetiva?

    ResponderExcluir